Alice in Chains: Cantrell fala sobre a perda de Cornell e Bennington

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Francisco Silva Júnior, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

Em uma entrevista com "The Rich Eisen Show", o guitarrista da banda ALICE IN CHAINS, Jerry Cantrell, foi perguntado sobre a morte do cantor Chester Bennington (LINKIN PARK), apenas dois meses após do suicídio do cantor Chris Cornell (SOUNDGARDEN, AUDIOSLAVE).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Esse ano está sendo horrível e é realmente lamentável ter perdido esses caras", disse Cantrell. "Porque eles eram duas grandes pessoas, amigos muito bons e talentos incríveis. Ainda não parece real".

publicidade

Jerry, cuja banda perdeu seu vocalista original, Layne Staley, devido a uma overdose de drogas em 2002, completou que as famílias de Cornell e Bennington estão tendo que "lidar" com as perdas de pessoas amadas. "É uma coisa inesperada", disse ele. "E nós passamos por uma situação parecida, então nós sabemos o que é isso. Tudo o que você pode realmente fazer é deixar todos saberem que você os ama e seguir a vida por eles. E também para lembrá-los com alegria. Porque eles tiveram grandes vidas e eram pessoas de qualidade".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Tivemos muitos momentos históricos na vida junto com Chris. Não conheci Chester muito bem, mas fizemos muito trabalho de caridade com ele e a instituição de caridade de sua banda. É realmente muito triste ver esse tipo de coisa acontecer. Você apenas tenta levar adiante o seu legado e ser solidário".

Cantrell também reforçou a importância de se apoiar em pessoas queridas para evitar se sentir sozinho.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu acho que todos têm pensamentos obscuros", disse ele. "Eu acho que a depressão, o vício e muitos outros problemas estão todos ligados. Eu tenho alguns deles. Eu também sou alcoólatra, então eu tenho lidado com muitos desses problemas e perdi muitos amigos e companheiros de banda por isso. Mas há muitas pessoas que conseguem superar situações como essas, e então acho que basicamente, nós temos que tentar chegar até aqueles que amamos e também ser um exemplo de "você pode superar isso". Porque muitas pessoas estavam lá conosco quando passamos por fases difíceis. Isso é família, dói, e eu realmente vou sentir falta deles".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Capas: 10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhosCapas
10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhos


Sobre Francisco Silva Júnior

Francisco é natalense, casado, pai de um filho, doutor em Engenharia Elétrica e trabalha como professor da área de computação desde 2006. Seus maiores hobbies são o rock e o futebol. É corintiano fanático, colecionador de CDs e fã de muitas bandas de rock e metal, dos mais variados estilos, como Nirvana, Oasis, Muse, Pink Floyd, Iron Maiden, Metallica, Megadeth, Judas Priest e outras. Atualmente tem se interessado mais por bandas de metal extremo como Belphegor, Inquisition, Deicide, Incantation, Marduk, Dark Funeral e outras.

Mais matérias de Francisco Silva Júnior no Whiplash.Net.

Cli336 WhiFin Goo336 Goo336 Cli336