Festivais: A História Contada Desde Os Primórdios - Anos 90 (EUA)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leandro Da Silva Rico, Fonte: Sites oficiais e Wikipedia
Enviar Correções  

Agora um panorama geral do que de melhor aconteceu nos anos 90.

Nos anos 90 temos o surgimento de importantíssimos e tradicionais festivais nos Estados Unidos (os nascidos "itinerantes" Ozzfest e Lollapalooza, e o "single-destination" Coachella), bem como de alguns dos principais festivais europeus de verão da atualidade. Nesta primeira parte vamos abordar os festivais norte-americanos, que foram (e continuam sendo) parte das vidas de mais de uma geração de norte-americanos, e que chegaram ainda a visitar (no caso dos itinerantes) alguns outros países em outros continentes, como América do Sul, Europa, Oriente Médio e Ásia, além de seu vizinho Canadá.

Vamos a eles.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

LOLLAPALOOZA

Festival americano idealizado em 1991 por PERRY FARRELL, vocalista do JANE'S ADDICTION, inspirado em eventos produzidos pelo produtor de concertos e apresentador de TV Bill Graham, em especial o festival "A Gathering Of The Tribes" ("Um Encontro Das Tribos", uma expressão indígena do final do século 19 e início do 20 usada quando chefes de várias tribos se reuniam em conferência), co-produzido por IAN ASTBURY (vocalista do THE CULT), realizado nas cidades californianas de Costa Mesa e Mountain View (na Costa Oeste dos Estados Unidos) no ano anterior, e que é considerado o precursor do LOLLAPALOOZA.

Cradle of Filth: Chimbinha, do Calypso, usando camiseta?

Carlos Eduardo Miranda: "Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"

Começou como um "Touring Festival" ("Festival Itinerante"), visitando cidades por todo o país e também do Canadá, e assim foi até 2003, tendo passado a ser um "Single-Destination Festival" ("Festival de Destino Único") à partir de 2005.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O nome Lollapalooza vem de uma expressão americana, também oriunda dos séculos 19 e 20, seu significado é "extraordinária ou incomum coisa, pessoa ou evento", e foi ouvida por FARRELL, que se apaixonou por sua sonoridade, num filme dos Três Patetas.

É produzido desde 2005 (quando mudou seu formato) em parceria com a produtora C3 Presents (antiga Capital Sports & Entertainment, empresa co-detentora dos direitos do festival, residente em Austin, no estado do Texas, sudoeste dos Estados Unidos) e a agência de talentos e entretenimento William Morris Agency, tendo FARRELL como líder criativo e a C3 cuidando da logística.

O festival é voltado ao rock alternativo, indie rock, música eletrônica, punk, hip hop, pop, heavy metal e rock em geral. Apresenta ainda eventos paralelos, como dança, comédia, jogos e diversão, teatro, pintura, artesanato, conscientização social e ambiental, e oratória.

A área do festival possui tendas com vários serviços oferecidos aos visitantes, como a "Camelbak Filling Station" ("Estação Abastecedora De Água Da Camelbak", fabricante de garrafas pet, mochilas e acessórios para acampamento em geral); a "F.Y.E. Autograph Tent" ("Tenda De autógrafos Da F.Y.E.", em parceria com a For Your Entertainment, rede de lojas que vende, compra e troca produtos de entretenimento de media, como CD'S, DVD's, discos de vinil, Blu-Ray, videogames e livros, onde o fã pode, além de conseguir autógrafos e produtos de grandes nomes do festival, fazer upload de suas fotos tiradas no Lolla para o Instagram, que é uma rede social de compartilhamento de fotos e vídeos, e assim concorrer a prêmios); a tenda "Mophie Relax & Recharge" ("Relaxe E Recarregue (na) Mophie", onde o fã pode relaxar, carregar seu celular e conseguir uma capa protetora com bateria pré-carregada da Mophie, para estender a vida de seu celular durante o festival); a "Thorny Rose Wines" ("Vinhos Thorny Rose", onde pode-se degustar os vinhos Thorny Rose, um dos patrocinadores oficiais do Lolla); a tenda da "Recycled Paper Greetings" ("Saudações Em Papel Reciclado", onde o fã pode fazer cartões de visita e mandar cartões postais do festival fabricados pela empresa, impressos em cartões com papel 100% reciclado); o "XRT Lounge" (Lounge XRT", em parceria com a famosa rádio de Chicago "XRT, Chicago's Finest Rock" ("XRT, O Melhor Rock De Chicago", onde o fã pode relaxar numa sala vip enquanto recarrega seu celular); e o "VH1's #BestLollaEver" ("#Melhor Lolla De Todos Os Tempos Da VH+1", canal de televisão por assinatura especializado em música e entretenimento, que assim como a MTV é parte da MTV Networks, onde o fã pode conferir comentários sobre o festival nas mídias sociais postados no mural da emissora, e através do Tweeter ou Instagram ver a si mesmo no telão).

O fã pode chegar ao festival de todas as partes do país, chegando em aeroportos, rodoviárias e estações de trem e encontrando todas as alternativas de transporte público oferecidas pelas autoridades de Chicago, destinadas exclusivamente ao festival. Caravanas de ônibus e pacotes turísticos chegam de todas as partes do país e também do Canadá, antigo membro da família do Lolla desde a época de festival itinerante.

O festival conta ainda com a "Green Street" (Rua Verde), com três áreas distintas: a "Green Street Art Market" ("Mercado De Arte (da) Green Street"), com todos os tipos de manifestações artísticas, como roupas, jóias, desenhos, pinturas, e arte em geral; a "Lolla Cares" ("Lolla Se Importa"), com organizações de conscientização social, como a "Rock The Vote" ("Agite O Voto"), que orienta os jovens que vão começar a votar, e a "Urban Habitat Chicago" ("Habitação Urbana Chicago"), entre outras; e a "Environmental Efforts" ("Esforços Ambientais"), com campanhas e organizações de conscientização ambiental, como a "Rock & Recycle" ("Agite & Recicle"), programa que recruta fãs para ajudarem na reciclagem, e a "Carbon Offsets By Green Mountain Energy" (programa contra a emissão de carbono em parceria com a empresa provedora de energia renovável Green Mountain Energy (Energia Montanha Verde).

Além de sua constante luta pela preservação do meio-ambiente e dos recursos naturais a nível global, e por uma sociedade mais justa e auto-sustentável, FARRELL foi um dos maiores visionários do rock alternativo dos anos 90 e sempre foi um dos maiores incentivadores da cena e da cultura alternativa norte-americana, fazendo questão absoluta da inclusão de bandas e músicos "não-mainstream" e "underground" (menos conhecidos e menos estruturados) de todas as vertentes em seu festival, tendo sido exatamente no Lollapalooza que ele viria a criar a expressão "Nação Alternativa", que se tornaria simbólica e marcante no movimento.

O Lollapalooza foi criado, inicialmente, para ser um festival itinerante que seguiria a turnê norte-americana (Estados Unidos e Canadá) de despedida da banda de FARRELL, o JANE'S ADDICTION, porém o estrondoso sucesso o levou a ser organizado anualmente até 97. No ano seguinte (1998) o festival seria cancelado, e em seguida abandonado, devido a vários fatores, como a baixa popularidade do festival (que já havia levado os produtores a incluir música eletrônica e até mesmo country na escalação), a baixa venda de ingressos (os altos preços de ingressos, bebidas e alimentos sempre foram motivo de muita reclamação por parte do público), a dificuldade para encontrar uma atração principal adequada ao festival, além do crescente desgaste da cena alternativa. O cancelamento do festival foi um duro golpe para a popularidade do movimento, que assim entrou em pleno declínio.

A primeira edição do LOLLA, como ficou carinhosamente conhecido entre os fãs, teve sua estréia no dia 18 de julho de 1991, em Tempe (cidade próxima à capital Phoenix), no estado do Arizona, e se encerrou no dia 28 de agosto, em Washington. Suas entradas foram vendidas a 25 dólares (cerca de 56 reais hoje, uma pechincha para os padrões atuais, e nem sequer existia a maldita pista vip ou premium), e a escalação contou com 9 bandas num único dia (as cidades com mais de uma data tinham as mesmas bandas se apresentando nesses dias) e num único palco. Como atração paralela um circo com animais de zoo e outras atrações excursionou junto com o festival.

A turnê contou com 26 datas (a maioria delas com lotação máxima, mesmo em meio à recessão do início dos anos 90) e percorreu 20 cidades em 18 estados, sendo eles: Tempe (Arizona), Chula Vista (California), Irvine (California / 3 datas), Mountain View (California / 2 datas), Bonner Springs (Kansas), St. Paul (Minnesota), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), Clarkston (Michigan), Cuyahoga Falls (Ohio), Toronto (cidade e capital da província de Ontario, no Canada), Mansfield (Massachusetts / 2 datas), Stanhope (New Jersey / 2 datas), Saratoga Springs (New York), Reston (Virginia), Raleigh (Carolina Do Norte), Atlanta (Georgia), Orlando (Florida), Dallas (Texas / 2 datas), Greenwood Village (Colorado) e Enunclaw (Washington).

Em sua segunda edição (92) foi incluído um segundo palco, o "Side Stage" ("Palco Secundário"), para alternar shows com o "Main Stage" (o "Palco Principal"). As entradas se esgotaram horas após o início das vendas e novas datas tiveram que ser agendadas. Era o auge do movimento "grunge" e o PEARL JAM e o SOUNDGARDEN (assim como o RED HOT CHILI PEPPERS, que estava no auge) atraíram fãs em todo o país, e assim como o número de datas, o número de bandas na escalação também se expandiu. O festival se expandia junto e novas atrações paralelas surgiram, como jóias e bijuterias feitas a mão, tecidos trazidos de todas as partes do terceiro mundo, comidas étnicas e estandes para colocação de piercings.

Também estiveram presentes representantes de organizações como "Greenpeace" ("Paz Verde", organização não-governamental com sede em Amsterdam (capital da Holanda), cujo propósito é a preservação ambiental), "Refuse & Resist", ("Recuse & Resista", ONG com sede em Nova York, cidade do estado de Nova York, no nordeste dos Estados Unidos, cujo propósito é a não-proliferação nuclear, em especial campanhas anti-mísseis e pró-desarmamento) e do "Rock The Vote" ("Agite o Voto", orientando, engajando politicamente e ajudando os jovens a preencherem formulários de registro de eleitor para a eleição presidencial que aconteceria naquele ano e que elegeria Bill Clinton presidente dos Estados Unidos).

A escalação contou com 29 bandas e DJ's (algumas poucas diferenças entre as cidades) em agora dois palcos e um dia de duração (as cidades com mais de uma data tinham as mesmas bandas se apresentando nesses dias). Como atração paralela as extravagantes e exóticas apresentações do "The Jim Rose Circus Sideshow" ("O Show À Parte Do Circo Jim Rose").

Foram 36 datas, entre os dias 18 de julho e 13 de setembro, visitando 29 cidades em 20 estados, sendo eles: Mountain View (California / 2 datas), Vancouver (cidade da província Columbia Britânica, no Canadá), Bremerton (Washington), Greenwood Village (Colorado), Maryland Heights (Missouri), Cincinnati (Ohio), Cuyahoga Falls (Ohio), Clarkston (Michigan / 2 datas), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), Saratoga Springs (New York), Barrie (cidade da província de Ontario, no Canada), Mansfield (Massachusetts / 2 datas), Wantagh (New York / 2 datas), Stanhope (New Jersey), Reston (Virginia), Scranton (Pennsylvania), Burgettstown (Pensylvannia), Raleigh (Carolina Do Norte), Atlanta (Georgia / 2 datas), Miami (Florida), Orlando (Florida), Charlotte (Carolina Do Norte), St. Paul (Minnesota), East Troy (vilarejo localizado no condado de Walworth, estado de Wisconsin), New Orleans (Lousiana), Rosenberg (Texas), Dallas (Texas), Phoenix (Arizona) e Irvine (California / 3 datas).

A edição de 1993 ficou marcada por ter sido co-encabeçada por PRIMUS e ALICE IN CHAINS (uma decisão ousada de FARRELL, que via no PRIMUS o representante perfeito para a crescente expansão do movimento "Alternativo"), e pelo protesto dos membros do RAGE AGAINST THE MACHINE (que entraram nus no palco da Philadelphia) contra o Parental Music Resource Center (P.M.R.C. / Centro de Recursos Musicais dos Pais), um comitê formado em 1985 por esposas de importantes políticos norte-americanos com o objetivo de censurar e protestar contra músicos e canções que supostamente faziam apologia a sexo, drogas, bebidas alcoólicas e ocultismo.

A escalação teve 31 bandas e DJ's (algumas poucas diferenças entre as cidades) em dois palcos e um dia de duração (as cidades com mais de uma data tinham as mesmas bandas se apresentando nesses dias).

A turnê teve início no dia 18 de junho, em Vancouver, no Canadá, e se estendeu até o dia 7 de agosto, na California. Foram 35 datas no total e 30 cidades visitadas em 25 estados, sendo eles: Vancouver (cidade da província Columbia Britânica, no Canadá), Georgetown (Washington), Portland (Oregon), Mountain View (California / 2 datas), Ogden (Utah), Greenwood Village (Colorado), Des Moines (capital do estado do Iowa), St. Paul (Minnesota), Maryland Heights (Missouri), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois / 2 datas), Noblesville (Indiana), Antioch (Tennessee), Newark (Ohio), Milan (Michigan), Barrie (cidade da província de Ontario, no Canadá), Stanhope (New Jersey / 3 datas), North Kingston (Rhode Island), Philadelphia (Pennsylvania), CharlesTown (West Virginia), Burgettstown (Pensylvannia), Raleigh (Carolina Do Norte), Charlotte (Carolina Do Norte), Atlanta (Georgia), Miami (Florida), Orlando (Florida), New Orleans (Lousiana), Houston (Texas), Dallas (Texas), Tempe (Arizona) e Irwindale (California / 2 datas).

A próxima edição (94) estava previamente programada para ser encabeçada pelo NIRVANA, o grande representante tanto do movimento grunge quanto do movimento alternativo, porém a banda desistiria de se apresentar no festival no dia 17 de abril, e no dia seguinte KURT COBAIN seria encontrado morto, vítima de overdose, deixando milhares de fãs órfãos de sua música. COURTNEY LOVE se apresentou em diversas cidades da turnê, tocando e discursando sobre a vida e música de seu marido. A responsabilidade pelo fechamento do festival recairia então para o SMASHING PUMPKINS (outro digníssimo representante da cena alternativa) e o não menos importante BEASTIE BOYS, com seu Hip-hop alternativo, chamado de Rap Rock (ou Rap Metal).

Novas atividades recreativas foram introduzidas, como as cavalgadas em realidade virtual e telas interativas de computador (moderníssimos para a época). Tivemos também, como atração paralela, a adição de um palco mais intimista, destinado à leitura de poesia e apresentações de um grupo de dança de monges tibetanos.

Foram 32 bandas e DJ's (mais o GREEN DAY, que se juntou à turnê na segunda metade), dois palcos principais e um dia de duração (as cidades com mais de uma data tinham as mesmas bandas se apresentando nesses dias).

Essa edição ficou marcada por ter tido a turnê com maior número de datas, 42 no total. Foram ao todo 32 cidades visitadas (entre os dias 7 de julho e 5 de setembro) em 25 estados, sendo eles: Henderson (Nevada), Greenwood Village (Colorado), Bonner Springs (Kansas), St. Paul (Minnesota), Milwaukee (Wisconsin), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois / 2 datas), Maryland Heights (Missouri), Columbus (Ohio), Cincinnati (Ohio), Noblesville (Indiana), Clarkston (Michigan / 4 datas), Montreal (cidade da província de Quebec, no Canadá), Barrie (cidade da província de Ontario, no Canadá), Saratoga Springs (New York), North Kingston (Rhode Island), New York (New York / 2 datas), CharlesTown (West Virginia), Raleigh (Carolina Do Norte), Charlotte (Carolina Do Norte), Atlanta (Georgia / 2 datas), Miami (Florida), New Orleans (Lousiana), Houston (Texas), Dallas (Texas / 2 datas), Phoenix (Arizona), San Diego (California), Mountain View (California / 2 datas), Surrey (cidade da província Columbia Britânica, localizada na região metropolitana da cidade de Vancouver, no Canadá), Georgetown (Washington / 2 datas) e Carson (California / 2 datas).

1995 foi o ano das mulheres no Lolla. Grande parte das atrações possuía performers femininas em sua formação. O SONIC YOUTH (um ícone do rock alternativo), com sua vocalista, baixista e guitarrista KIM GORDON, encabeçou todas as 29 datas da turnê, precedido pelo HOLE (banda da guitarrista e vocalista COURTNEY LOVE, recém-viúva de KURT COBAIN) e por SINÉAD O'CONNOR (que foi substiuída no meio da turnê pelas meninas do ELASTICA devido à sua gravidez), no palco principal, além de BLONDE REDHEAD (com sua vocalista e guitarrista KAZU MAKINO), YO LA TENGO (com sua baterista e vocalista GEORGIA HUBLEY), LAIKA (com sua vocalista MARGARETH FIEDLER) e a ícone do punk rock PATTI SMITH, no palco secundário.

Foram ao todo 44 bandas e DJ's (algumas poucas diferenças entre as cidades) em dois palcos principais e um dia de duração (as cidades com mais de uma data tinham as mesmas bandas se apresentando nesses dias).

As 29 datas da turnê ocorreram entre os dias 4 de julho (feriado de aniversário da Independência dos Estados Unidos) e 18 de agosto, com 26 cidades visitadas em 21 estados, sendo eles: Georgetown (Washington), Vancouver (cidade da província Columbia Britânica, no Canadá), Greenwood Village (Colorado), Bonner Springs (Kansas), Maryland Heights (Missouri), Noblesville (Indiana), Columbus (Ohio), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), Cincinnati (Ohio), Clarkston (Michigan / 2 datas), Cuyahoga Falls (Ohio), Barrie (cidade da província de Ontario, no Canadá), Mansfield (Massachusetts), Hartford (capital do estado de Connecticut), New York (New York / 2 datas), Camden (New Jersey), Burgettstown (Pensylvannia), CharlesTown (West Virginia), Atlanta (Georgia), Raleigh (Carolina Do Norte), Austin (Texas), Dallas (Texas), Phoenix (Arizona), Irvine (California / 2 datas), Sacramento (capital do estado da California) e Mountain View (California).

A edição de 1996 foi marcada por muitas peculiaridades. Primeiro por ter sido a edição com menos datas na turnê, apenas 22. Em parte pelo declínio do movimento alternativo e em parte pela controversa escalação do METALLICA como atração principal, o que causou muita estranheza entre fãs e produção devido ao afastamento da proposta do festival, underground e alternativo. Houve muita dificuldade com a locação de arenas devido a muitas comunidades terem ficado receosas com uma possível atitude hostil por parte dos fãs do METALLICA. O próprio FARRELL, arrependido por ter dado seu aval, se afastou da produção do festival. Mesmo assim grandes nomes do rock alternativo, que já haviam se apresentado em edições passadas, também marcaram presença, casos do SOUNDGARDEN, RAGE AGAINST THE MACHINE e VIOLENT FEMMES. Foi também uma das edições mais variadas em termos de integrantes de cenas alternativas musicais, tendo a presença do ícone do new wave DEVO e da lenda do country WAYLON JENNINGS. Tivemos ainda a adição de um terceiro palco principal, o "Indie Stage" ("Palco Indie"), destinado à revelação de novas bandas alternativas e independentes, e às bandas locais, já que se tratava de um festival itinerante que visitava várias cidades. Em sua estréia uma banda ainda relativamente desconhecida (com apenas 2 anos de existência) e que conquistaria o mundo nos anos seguintes, o KORN. Destaque ainda para a penúltima apresentação, no dia 4 de agosto (último show da turnê), na cidade de Irvine (California), do ícone do punk rock RAMONES, antes da morte de seu vocalista, JOEY RAMONE.

Compareceram 37 bandas e DJ's (algumas poucas diferenças entre as cidades), divididos em agora 3 palcos, num dia de duração (as cidades com mais de uma data tinham as mesmas bandas se apresentando nesses dias). Como atração paralela tivemos apresentações de um grupo de monges lutadores, os SHAOLIN MONKS, com exibições de kickboxing no palco principal.

A turnê desse ano teve início em 27 de junho e durou até 4 de agosto, teve apenas 22 datas e visitou 20 cidades em 18 estados. Foram eles: Kansas City (Missouri), Des Moines (capital do estado do Iowa), Pecatonica (vilarejo localizado no condado de Winnebago, estado de Illinois), Noblesville (Indiana), Newark (Ohio), Barrie (cidade da província de Ontario, no Canadá), Cidade De Quebec (capital da província de Quebec, no Canadá), Pownal (Vermont), New York (New York / 2 datas), Syracuse (New York), CharlesTown (West Virginia), West Palm Beach (Florida), Rockingham (Carolina Do Norte), Knoxville (Tennessee), New Orleans (Louisiana), Ferris (Texas), Tempe (Arizona), Georgetown (Washington), San Jose (California) e Irvine (California).

No ano seguinte (1997) FARRELL novamente toma a frente do Lolla, juntamente com a Agência William Morris, e engloba de vez a música eletrônica e outros sub-estilos (como "Ambient Techno" e "Trip-Hop") em sua escalação. Em mais uma versão bem eclética, no melhor espírito do festival, a produção escalou como representantes dos novos estilos o ORBITAL (ambient techno) e o TRICKY (trip-hop) para encabeçarem a turnê ao lado dos rockeiros do TOOL e do KORN, do multi-instrumentista BECK, do rapper SNOOP DOGGY DOGG (que viajou numa van a prova de balas devido à crescente tensão entre a cena hip-hop das Costas Leste e Oeste, causada pelos brutais assassinatos de TUPAC e NOTORIUS B.I.G.), e da atração principal, os britânicos do PRODIGY, com seu rock eletrônico conhecido como "Big Beat".

Após essa edição o festival entraria num hiato de 5 anos. Tivemos uma grande diminuição no número de atrações, apenas 25 bandas e DJ's compareceram, mostrando que o festival perdia força.

A turnê teve início no dia 25 de junho e se estendeu até 16 de agosto, foram ao todo 34 datas e 33 cidades visitadas em 25 estados, sendo eles: West Palm Beach (Florida), Atlanta (Georgia), Charlotte (Carolina Do Norte), Raleigh (Carolina Do Norte), Virginia Beach (cidade independente da região de South Hampton Roads, no estado da Virginia), Bristow (Virginia), Toronto (capital da província de Ontário, no Canadá), Darien Lake (New York), Mansfield (Massachusetts), New York (New York), Camden (New Jersey), Hartford (capital do estado de Connecticut), Clarkston (Michigan / 2 datas), Cuyahoga Falls (Ohio), Burgettstown (Pensylvannia), Columbus (Ohio), Cincinnati (Ohio), Noblesville (Indiana), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), Mears (Michigan), East Troy (vilarejo localizado no condado de Walworth, estado de Wisconsin), Bonner Springs (Kansas), Maryland Heights (Missouri), Antioch (Tennessee), Dallas (Texas), Corpus Christi (Texas), Phoenix (Arizona), Eden (região censitária/cidade independente do condado de Weber, estado de Utah), Greenwood Village (Colorado), Georgetown (Washington), Portland (Oregon), Concord (California) e Mountain View (California).

Em 2003, PERRY FARRELL reuniu novamente o JANE'S ADDICTION e reviveu junto o festival. Na última edição realizada nos moldes em que foi originalmente concebido a escalação deixou um pouco de lado as atrações eletrônicas de sua última encarnação e apostou mais no bom e velho rock.

A produção incluiu novas atrações paralelas, como competições de videogames, debates em quiosques interativos com modernos equipamentos sem fio, comidas exóticas e muita arte. FARRELL, por sua vez, incluiu seu grande interesse social na época: a busca de energias alternativas para preservar o planeta e alcançar um desenvolvimento sustentável, com muitas organizações sem fins lucrativos, locais e nacionais, presentes em todas as datas. 23 bandas e DJ's (menos ainda que a edição passada) estiverem presentes e se apresentaram em 3 palcos durante um único dia.

A turnê começou no dia 5 de julho e terminou no dia 24 de agosto, quando a cidade de St. Helens, no Oregon, presenciou o último show do formato itinerante, encerrando assim um dos mais tradicionais, queridos e marcantes festivais itinerantes que os Estados Unidos e o mundo já viu. Sua próxima encarnação seria no formato tradicional, com apenas uma locação, mas com as bandas sub-divididas entre os dias de duração.

Foram 29 datas e as últimas 29 cidades visitadas (pela primeira vez nenhuma cidade teve mais do que uma data, e a maioria das tradicionais e fiéis cidades tiveram oportunidade, mesmo sem saberem, de se despedir do formato itinerante do festival) em 22 estados, sendo eles: Noblesville (Indiana), Bonner Springs (Kansas), Maryland Heights (Missouri), Milwaukee (Wisconsin), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), Columbus (Ohio), Cincinnati (Ohio), Clarkston (Michigan), Burgettstown (Pensylvannia), Cuyahoga Falls (Ohio), Holmdel (New Jersey), Mansfield (Massachusetts), Camden (New Jersey), Wantagh (New York), Bristow (Virginia), Atlanta (Georgia), West Palm Beach (Florida), Dallas (Texas), Selma (Texas), The Woodlands (Texas), Albuquerque (New Mexico / Novo México), Greenwood Village (Colorado), Phoenix (Arizona), Irvine (California), Chula Vista (California), Mountain View (California), Salt Lake City (Utah), Auburn (Washington) e St. Helens (Oregon).

No ano seguinte a organização planejava passar para 2 dias a duração do festival em cada cidade visitada, com a turnê tendo sido marcada para acontecer entre os dias 14 de julho e 25 de agosto, mas a baixa procura por ingressos (devido em parte, novamente, ao preço elevado dos ingressos, que já havia sido um problema em 2003) fez com que acabasse sendo novamente cancelado, e em 2005, com a parceria firmada com a Capital Sports And Entertainment (atual C3 Presents), fosse remodelado e realizado em outro formato, voltando a ser anual.

É realizado agora no Grant Park (Parque Grant, um dos maiores, mais populares e famosos parques urbanos do país, com uma área de 319 acres (ou 1,29 quilômetros quadrados), abrigando algumas das maiores atrações turísticas da região. Seu nome homenageia o décimo-oitavo presidente dos Estados Unidos, Ulysses S. Grant), em Chicago, no estado de Illinois (centro-oeste dos Estados Unidos), durante um fim de semana, em agosto (com exceção da primeira edição, que aconteceu no final de julho). Há um contrato assinado para que o festival seja realizado no Grant Park até 2018.

Sua primeira edição na nova casa (2005) foi um tremendo sucesso, aconteceu em 23 e 24 de julho, contou com um público de 65 mil pessoas e a presença de mais de 60 bandas e DJ's distribuídos em 6 palcos, sendo eles: os principais SBC West Stage (Palco SBC Oeste) e SBC East Stage (Palco SBC Leste), ambos em parceria com a Small Business Centre (empresa que fornece assistência e suporte gratuitos para novos e também já existentes pequenos negócios, tanto nas costas leste e oeste americanas quanto em outros países, como Canadá e Inglaterra), os secundários Budweiser Selected Stage (em parceria com a famosa cervejaria americana de propriedade da empresa belgo-brasileira InBev) e Parkways Stage (Palco Caminhos do Parque, em parceria com a Fundação Caminhos Do Parque, uma subdivisão do Distrito Dos Parques De Chicago, órgão administrador do Grant Park), além do Planet Stage (Palco Planeta, destinado à música eletrônica) e do novíssimo Kidzapalooza (apalooza da criançada ou criançapalooza, numa tradução livre).

O festival-mirim Kidzapalooza foi idealizado por PERRY FARRELL e Tor Hyams (fundador da produtora HyLo Entertainment), para apresentações de músicos e artistas (com o próprio FARRELL tradicionalmente se apresentando todos os anos) destinadas às crianças, dando assim uma atmosfera familiar ao evento, com muitos eventos ocorrendo nos três dias, em paralelo com o festival. As atividades ocorrem durante todo o dia, começando às 11 da manhã e se estendendo até às 5 da tarde, e incluem muita música (não só FARRELL, mas outros músicos do palco principal, além de performers e DJ's, fazem números voltados para a garotada) e muita diversão (jogos, brincadeiras, divertidas atividades interativas (como caça ao tesouro, vídeo-karaokê e concursos de contar estórias), seções de fotos com visual de rockeiro, tatuagens temporárias, Yoga dos Rockstars, saltadores e trapezistas, exibição de skatistas profissionais, zoológico de bichos de estimação e grupos de percussão tocando tambores na "DrumZone" ("zona do tambor" ou zona da batucada, numa tradução livre), onde as crianças podem também interagir por meio da percussão).

Além das mudanças no formato estrutural do festival a produção também re-enfatizou o foco nas artes, cultura, comidas típicas e exóticas, comunidade e conscientização social e ambiental. FARRELL criou ainda a competição "Last Band Standing" ("Última Banda Em Pé"), para dar oportunidade a uma banda iniciante, sem contrato com gravadoras, de se apresentar no festival. Os próprios fãs votam e as finalistas se apresentam num dos palcos secundários, sendo que a vencedora ganha uma vaga na escalação de um dos palcos principais da edição seguinte.

Conhecido agora como um "single-destination festival" (festival de destino único), e não mais como "touring festival" (festival itinerante ou festival viajante), o festival retornaria totalmente revigorado em 2006 graças ao sucesso de sua edição de re-estréia, expandindo a área utilizada no Parque Grant para que o público tivesse mais conforto, e trazendo novamente, como presente aos fãs, o RED HOT CHILI PEPPERS para ser a atração principal.

O festival havia definitivamente atraído de volta tanto as bandas e artistas quanto os fãs, batendo todos os recordes e alcançando o expressivo número de mais de 130 atrações (!) na escalação e cerca de 60 mil pessoas apenas no sábado, quando o festival foi dominado pelo hip-hop e teve KANYE WEST, natural de Chicago, fechando a noite.

O Lolla contava agora com 3 dias de duração (sexta a domingo) e aconteceu entre os dias 4 e 6 de agosto, teve 166 mil pessoas de público total, com 115 atrações impressas no programa (além dos encaixes de última hora e atrações menores) distribuídas em agora 9 palcos (!), todos com novas e importantes parcerias, sendo eles: os principais AT&T Stage (em parceria com a multi-nacional das telecomunicações AT&T) e Bud Light Stage (repetindo a dobradinha com a cervejaria Budweiser), o secundário Adidas-Champ Stage (em parceria com a famosa marca alemã de equipamentos, acessórios, tênis e roupas esportivas), os alternativos Q101 Stage (com a estação de rock alternativo Q101, que sintonizava na área metropolitana de Chicago antes de se tornar uma rádio com base na internet), AMD Stage (com a fabricante norte-americana de circuitos integrados e processadores AMD, grande concorrente da Intel) e BMI Stage (com a Broadcast Music Inc., organização sem fins lucrativos que coleta e distribui honorários de direitos autorais em nome de compositores e produtores musicais dos Estados Unidos), o alternativo e hip-hop Playstation Stage (com a famosa marca de videogames), o Mind Field Stage (com a empresa canadense de recrutamento de profissionais, destinado à competições de playstation, apresentações de stand-up comedy (comediantes de situações cotidianas), DJ's e música eletrônica), além do KIDZ Stage, destinado ao já tradicional e familiar festival-mirim Kidzapalooza, um festival à parte, literalmente um festival dentro de um festival.

Nessa edição tivemos ainda a introdução do "Lollapalooza Rock & Recycle" (Agite & Recicle no Lollapalooza), um programa de reciclagem que recruta voluntários entre os próprios fãs para recolher recicláveis descartados na área do festival em troca de camisetas exclusivas.

Em 25 de outubro desse ano foi assinado um contrato entre o Chicago Park District (Distrito dos Parques de Chicago, um setor independente do governo da Cidade de Chicago, o maior e mais rentável dos Estados Unidos, responsável pela tributação dos parques da cidade) e a Capital Sports & Entertainment, garantindo a realização do festival pelas próximas 5 edições no Grant Park pelo valor de 5 milhões de dólares, 1 por edição.

Na edição seguinte (2007) o festival provaria de uma vez por todas ser um dos maiores, mais populares e rentáveis de toda a história, apagando por completo a imagem de fracasso deixada nas últimas edições do formato itinerante. Foi a maior audiência presenciada até o momento em suas dependências (mais de 200 mil pessoas, muito em razão do domingo dia 5, fechado pelo PEARL JAM, que registrou o maior público da história do festival num único dia), graças à presença de artistas de todas as vertentes musicais, no melhor espírito do festival, como por exemplo o pop-rock do reunido THE POLICE, a música eletrônica do DAFT PUNK, o indie rock do YEAH YEAH YEAHS, o grunge do PEARL JAM, o punk de IGGY POP & THE STOOGES e a ainda pouco conhecida cantora pop LADY GAGA (ainda acompanhada de sua parceira de grupo LADY STARLIGHT). Destaque negativo para a desistência na última hora dos brasileiros do CSS (Cansei De Ser Sexy), que assim abriram espaço num dos palcos principais para o desconhecido duo de teclado e bateria MATT AND KIM.

A edição de 2007 aconteceu nos dias 3, 4 e 5 de agosto e contou com mais de 120 atrações, divididas em 9 palcos. Algumas parcerias foram trocadas e assim alguns palcos tiveram seus nomes alterados. O Adidas-Champ Stage agora se chamava apenas Adidas Stage, o Q101 Stage foi mudado para MySpace Stage (em parceria com a rede social MySpace), o Playstation Stage foi rebatizado Playstation 3 Stage, o AMD Stage mudou para Citi Stage (com o banco Citibank), e finalmente o Mind Field Stage, que agora se chamava Moto Stage (em parceria com a empresa de eletrônicos e telecomunicação Motorola).

Em 2008 o recorde de público seria novamente quebrado e o festival alcançaria a incrível marca de 225 mil pessoas presentes em 3 dias de duração (1 a 3 de agosto), tendo assim lotação esgotada, o que não acontecia desde o relançamento do festival, em 2005, quando ainda usava uma porção menor do parque, com menos capacidade. RADIOHEAD e RAGE AGAINST THE MACHINE tiveram lotação máxima e o público se estendia por toda a locação. KANYE WEST se tornou o primeiro artista solo a encabeçar o festival mais de uma vez, ao lado das bandas RED HOT CHILI PEPPERS e JANE'S ADDICTION.

Tivemos 124 atrações na escalação oficial, distribuídas em 8 palcos, durante 3 dias. Os palcos Moto Stage e Adidas Stage foram retirados da escalação, e em compensação tivemos a estréia da área coberta PERRY'S STAGE (Palco Do Perry), uma verdadeira discoteca/danceteria com apresentações de DJ's, HIP-HOP e muita música eletrônica, com ocasionais surpresas. Destaque para a apresentação conjunta de PERRY FARRELL e seu convidado especial, SLASH.

Com o estrondoso sucesso dessa edição um novo contrato foi firmado e o festival teve assim casa garantida no Grant Park até 2018, pelo expressivo valor de 13 milhões de dólares, provando que sua marca está mais do que valorizada.

Nem mesmo o péssimo tempo, frio e chuvoso, foi capaz de afastar os fanáticos fãs do Lolla da edição de 2009, que teve lotação máxima esgotada pelo segundo ano seguido. O grande destaque dessa edição foi a reunião da formação original do JANE'S ADDICTION, que não tocava junta desde 1991 e nunca havia tocado no festival. O BEASTIE BOYS, que encabeçaria o festival, teve que desistir em cima da hora devido à descoberta do câncer de seu integrante ADAM YAUCH, que viria a falacer em 2012.

O festival aconteceu nos dias 7, 8 e 9 de agosto e contou com a participação de 130 atrações divididas em 8 palcos. Duas novas parcerias foram feitas e assim novas alterações foram feitas nos nomes dos palcos: o AT&T Stage foi renomeado Chicago 2016 Stage (em parceria com o Comitê Olímpico Dos Estados Unidos, que havia lançado a candidatura da cidade para os Jogos Olímpicos de 2016, e que posteriormente perderia a disputa), o Bud Light Stage voltou a ser chamado de Budweiser Stage, o Playstation 3 Stage voltou a se chamar apenas Playstation Stage, e o MySpace Stage agora se chamava Vitaminwater Stage (em parceria com a marca de água com sabor Vitaminwater, fabricada pela empresa norte-americana Energy Brands, que usa o nome-fantasia Glacéau).

A edição seguinte (2010) aconteceu de 6 a 8 de agosto, contou com 143 atrações na escalação oficial, divididas em 8 palcos, durante 3 dias. Novas alterações nos nomes dos palcos ocorreram, foram elas: O palco principal se chamava agora Parkways Foundation Stage (em parceria com a Fundação Caminhos Do Parque, uma subdivisão do Distrito Dos Parques De Chicago), o Vitaminwater Stage voltava a se chamar Adidas Stage, o Citi Stage agora se chamaria Sony Bloggie Stage (em parceria com a marca de câmeras filmadoras produzidas pela Sony) e o KIDZ Stage agora se chamaria Kidzapalooza Stage.

Nessa edição tivemos a inauguração da praça de alimentação do Lolla, batizada de ChowTown (Cidade do Rango, numa tradução livre), com instalações nos lados norte (ChowTown North) e sul (ChowTown South) do parque, sob a curadoria do famoso chef de cozinha Graham Elliott, contratado como diretor culinário do festival, para que os fãs possam provar o sabor de muitos dos principais restaurantes da cidade. Elliott estreou ainda em 2009, com uma tenda de sua "sanduicheria" Grahamwich na área de alimentação do parque e providenciando a refeição do camarim do JANE'S ADDICTION, antes de ser convidado para assumir a direção de todo o festival.

A edição de 2011 marcou o aniversário de 20 anos do Lollapalooza, teve uma incrível produção (que nem mesmo a chuva foi capaz de estragar) e um planejamento primoroso. Foi um acontecimento incomparável e muito merecido para um festival que não só cravou seu nome na história dos festivais como ajudou a escrever uma página importantíssima, fez parte das vidas de milhares e milhares de pessoas e é lembrado com muito carinho por mais de uma geração de americanos e visitantes de outras partes do mundo.

Renomados representantes de todas as vertentes musicais estiveram presentes e fizeram a festa dos fãs, que jamais esquecerão essa edição. Tivemos o rock do FOO FIGHTERS, o brit-rock do COLDPLAY (pela primeira vez no festival) e do MUSE, a música eletrônica do GIRL TALK e do SKRILLEX, e o rap do EMINEM (com 130 mil pessoas na platéia), pra ficar com apenas alguns exemplos.

O vigésimo aniversário do festival aconteceu nos dias 5, 6 e 7 de agosto, contou com 140 atrações na escalação oficial, divididas em 8 palcos, durante 3 dias. Novas mudanças na nomenclatura dos palcos: O palco principal agora se chamava Music Unlimited Stage (em parceria com o Music Unlimited, o catálogo de distribuição de músicas por streaming da Sony), o Sony Bloggie Stage agora se chamava apenas Sony Stage, o Budweiser Stage era novamente Bud Light Stage, e o Adidas Stage agora se chamava Google+ Stage (em parceria com a rede social Google+, pertencente à Google, a multi-nacional americana de serviços online e software).

À partir de 2011 o festival passou a visitar também a América do Sul, e o primeiro país escolhido foi o Chile. Os shows aconteceram nos dias 2 e 3 de abril no Parque O'Higgins (nome de um dos pais da independência chilena, Bernardo O'Higgins), o segundo maior parque popular da região metropolitana da capital Santiago, com 190 acres (770 mil metros quadrados) de área total. Tornou-se a casa chilena do festival desde então. O Lolla chileno contou com 60 atrações na escalação, divididas em 5 palcos: os principais Coca-Cola Zero Stage (em parceria com a famosa marca de refrigerantes) e Claro Stage (com a operadora de telefonia móvel brasileira Claro), o Tech Stage (palco tecnológico, para música eletrônica e indie rock), o LG Stage (em parceria com a multi-nacional sul-coreana de eletro-eletrônicos LG Electronics, pertencente à LG Group) destinado à música eletrônica, rap e Hip-Hop, e o Kidzapalooza Stage, com a versão chilena do festival-mirim Kidzapalooza.

No ano seguinte (2012) o festival passou a acontecer também no Brasil, na cidade de São Paulo, e a casa escolhida foi o Jóquei Club de São Paulo, o hipódromo paulistano localizado no bairro Cidade Jardim, na Avenida Lineu de Paula Machado, em frente à Marginal Pinheiros, nos dias 7 e 8 de abril. Teve 50 atrações na escalação, divididas em 5 palcos: os principais Cidade Jardim Stage (Palco Cidade Jardim) e Butantã Stage (Palco Butantã), o alternativo Alternative Stage (Palco Alternativo), o de música eletrônica, Hip-Hop e rap Perry's Stage (Palco Do Perry), e o Kidzapalooza Stage (Palco Kidzapalloza), com a versão brasileira do festival-mirim Kidzapalooza.

A edição chilena, por sua vez, aconteceu nos dias 31 de março e 1 de abril, novamente no Parque O'Higgins, e contou com 63 atrações na escalação, divididas em 6 palcos: os principais Claro-LG Stage (em parceria com a operadora de telefonia móvel brasileira Claro e a multi-nacional sul-coreana de eletro-eletrônicos LG Electronics, pertencente à LG Group) e Coca-Cola Stage (com a famosa marca de refrigerantes), o alternativo Alternative Stage (Palco Alternativo), o de música eletrônica e Hip-Hop Perry's Stage, o de bandas locais Huntcha Stage (com a rede social amorosa chilena Huntcha), e o Kidzapalooza Stage, com a versão chilena do festival-mirim Kidzapalooza.

Ambas as edições sul-americanas contam com a estrutura do festival original, além de receberem (com poucas alterações) as mesmas bandas.

Muitas novidades estiveram presentes no festival original, em Chicago. Houve transmissão ao vivo do Lolla pelo YouTube (que se tornaria uma tradição) e a produção providenciou um slideshow nos telões com fotos do festival postadas pelos próprios fãs no Instagram (a rede social de compartilhamento de fotos e vídeos), além de fotos de bastidores tiradas pelos funcionários do festival, aumentando ainda mais a interatividade entre festival e fãs. A LollaShop (Loja do Lolla) foi inaugurada, para a alegria dos visitantes, e um novo sistema de som foi instalado nas dependências do Grant Park. O palco principal se tornou um "soundstage", com uma estrutura semelhante a de um hangar sonoro. Como cereja do bolo tivemos o show do reunido BLACK SABBATH (infelizmente sem BILL WARD) no Bud Light Stage. O sábado vivenciou um clima tempestuoso e uma rápida e eficiente evacuação foi necessária, com 60 mil fãs e 3 mil funcionários, artistas e vendedores sendo evacuados em apenas 38 minutos.

O festival aconteceu entre os dias 3 e 5 de agosto, contou com mais de 140 atrações na escalação oficial, divididas em 8 palcos, durante 3 dias. O palco principal foi rebatizado como Red Bull SoundStage (em parceria com a marca de bebidas energéticas) e o Google+ Stage passou a ser Google Play Stage (com a loja online de aplicativos, jogos, música, livros e filmes da Google).

A edição chilena de 2013 aconteceu nos dias 6 e 7 de abril, novamente no tradicional Parque O'Higgins, na capital Santiago, teve um público de mais de 138 mil pessoas (sendo 70 mil apenas no show do PEARL JAM) e contou com cerca de 60 atrações na escalação, com o THE BLACK KEYS fechando o festival na noite de domingo. A edição brasileira, por sua vez, aconteceu nos dias 29, 30 e 31 de março (agora com 3 dias de duração), novamente no Jockey Club, em São Paulo, contou com um público de 167 mil pessoas e teve cerca de 80 atrações na escalação, com o PEARL JAM fechando o festival, com lotação máxima, na noite de domingo.

Já a edição do Grant Park, em Chicago, aconteceu entre os dias 2 e 4 de agosto, com cerca de 150 atrações na programação, divididas em 8 palcos, durante 3 dias. Com novas alterações os palcos Sony Stage, Playstation Stage e Google Play Stage passaram a se chamar Lake Shore Stage (por sua proximidade com a via expressa Lake Shore Drive, que corre em paralelo com o Lago Michigan, e pela parceria com a gravadora independente e alternativa LakeShore Records), The Grove Stage (Palco Do Bosque) e Petrillo Stage (por ser realizado no Petrillo Band Shell (ou Music Shell / "concha de banda", "concha musical" ou "concha acústica"), um anfiteatro a céu aberto com capacidade para até 35 mil pessoas em pé, mas que é comumente usado também em configurações menores, com o uso de assentos). Foi encabeçado por NINE INCH NAILS e THE KILLERS na sexta (acompanhados de QÜEENS OF THE STONE AGE e NEW ORDER), THE POSTAL SERVICE e MUMFORD & SONS no sábado, e THE CURE e PHOENIX, fechando o festival, no domingo.

Haveria, também em 2013, uma versão israelense do festival, no Yarkon Park, em Tel Aviv, que acabou sendo cancelada no início do ano.

A nova versão chilena do festival está agendada para acontecer nos dias 12 e 13 de abril de 2014, no Parque O'Higgins, em Santiago, e a brasileira (agora em parceria com a produtora Time For Fun) nos dias 18, 19 e 20 de abril, agora no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Já a versão do Grant Park, em Chicago, acontecerá nos dias 1, 2 e 3 de agosto.

Os melhores momentos do festival : JANE'S ADDICTION, SIOUXSIE AND THE BANSHEES, LIVING COLOUR, NINE INCH NAILS, FISHBONE, ICE-T & BODYCOUNT, BUTTHOLE SURFERS, ROLLINS BAND e VIOLENT FEMMES (91), RED HOT CHILI PEPPERS, MINISTRY, ICE CUBE, SOUNDGARDEN, THE JESUS AND MARY CHAIN, PEARL JAM, CYPRESS HILL, STONE TEMPLE PILOTS e RAGE AGAINST THE MACHINE (92), PRIMUS, ALICE IN CHAINS, DINOSAUR JR., FISHBONE, TOOL e RAGE AGAINST THE MACHINE (93), SMASHING PUMPKINS, BEASTIE BOYS, GEORGE CLINTON & THE P-FUNK ALL STARS, NICK CAVE & THE BAD SEEDS, L7, GREEN DAY, THE BLACK CROWES, CYPRESS HILL, THE VERVE e THE FLAMING LIPS (94), SONIC YOUTH, HOLE, CYPRESS HILL, PAVEMENT, SINÉAD O'CONNOR, ELASTICA, MOBY, BECK, THE JESUS LIZARD e THE MIGHTY MIGHTY BOSSTONES (95), METALLICA, SOUNDGARDEN, RAMONES, RANCID, CHEAP TRICK, WAYLON JENNINGS, VIOLENT FEMMES, DEVO, RAGE AGAINST THE MACHINE e KORN (96), ORBITAL, DEVO, THE PRODIGY, THE ORB, TOOL, SNOOP DOGGY DOGG, TRICKY, KORN, JAMES, JULIAN & DAMIEN MARLEY e BECK (97), JANE'S ADDICTION, AUDIOSLAVE, INCUBUS, QÜEENS OF THE STONE AGE, A PERFECT CIRCLE, KINGS OF LEON e 30 SECONDS TO MARS (2003), PIXIES, WEEZER, THE KILLERS, PRIMUS, WIDESPREAD PANIC, DINOSAUR JR., BILLY IDOL, THE BLACK KEYS, DEATH CAB FOR CUTIE, KASABIAN, KAISER CHIEFS, BLONDE REDHEAD e THE DANDY WARHOLS (2005), RED HOT CHILI PEPPERS, KANYE WEST, QÜEENS OF THE STONE AGE, WEEN, DEATH CAB FOR CUTIE, THE RACONTEUR, MANU CHAO, WILCO, SONIC YOUTH, THE FLAMING LIPS, MY MORNING JACKET, THIEVERY CORPORATION, BLUES TRAVELER, THE NEW PORNOGRAPHERS, 30 SECONDS TO MARS, SLEATER-KINNEY, VIOLENT FEMMES e JOHN MCLAUGHLIN (2006), PEARL JAM, DAFT PUNK, MUSE, YEAH YEAH YEAHS, SILVERCHAIR, KINGS OF LEON, MY MORNING JACKET, THE BLACK KEYS, BEN HARPER & THE INNOCENT CRIMINALS, SNOW PATROL, INTERPOL, AMY WINEHOUSE, IGGY POP & THE STOOGES, REGINA SPEKTOR, PATTI SMITH, BLONDE REDHEAD, LCD SOUNDSYSTEM, SPOON, TV ON THE RADIO, LADY GAGA (c/LADY STARLIGHT) e CAGE THE ELEPHANT (2007), RADIOHEAD, RAGE AGAINST THE MACHINE, NINE INCH NAILS, KANYE WEST, WILCO, THE RACONTEURS, THE BLACK KEYS, THE NATIONAL, DUFFY, CAT POWER, CSS (CANSEI DE SER SEXY), GIRL TALK e PERRY FARRELL & SLASH (2008), DEPECHE MODE, JANE'S ADDICTION, TOOL, THE KILLERS, KINGS OF LEON, YEAH YEAH YEAHS, SNOOP DOGG, THIEVERY CORPORATION, TV ON THE RADIO, VAMPIRE WEEKEND, ARCTIC MONKEYS, WHITE LIES, KAISER CHIEFS, LOU REED, BEN HARPER AND RELENTLESS7, ANIMAL COLLECTIVE, THE RAVEONETTES, BAND OF HORSES, dEADMAU5, ERIC CHURCH, KE$HA e PETER BJORN AND JOHN(2009), SOUNDGARDEN, GREEN DAY, LADY GAGA, DEVO, HOT CHIP, SOUNDGARDEN, WOLFMOTHER, THE STROKES, PHOENIX, ARCADE FIRE, MGMT, THE BLACK KEYS, MUMFORD & SONS, THE NATIONAL, SPOON, JIMMY CLIFF, KASKADE, EMPIRE OF THE SUN e CYPRESS HILL (2010), EMINEM, FOO FIGHTERS, MUSE, COLDPLAY, MY MORNING JACKET, dEADMAU5, ARCTIC MONKEYS, DEFTONES, THE VACCINES, COLD WAR KIDS e CAGE THE ELEFANT (Estados Unidos / 2011), THE KILLERS, KANYE WEST, DEFTONES, JANE'S ADDICTION, THE NATIONAL, JAMES, STEEL PULSE, 30 SECONDS TO MARS, THE FLAMING LIPS, BEN HARPER, CYPRESS HILL, CSS (CANSEI DE SER SEXY), EMPIRE OF THE SUN, FATBOY SLIM, THE DRUMS, COLD WAR KIDS, CAT POWER e os brazucas do MATANZA (Chile / 2011), RED HOT CHILI PEPPERS, THE BLACK KEYS, BLACK SABBATH, JACK WHITE, FLORENCE + THE MACHINE, FRANZ FERDINAND, KASKADE, CALVIN HARRIS e os brazucas do O RAPPA (Estados Unidos / 2012), FOO FIGHTERS, JOAN JETT & THE BLACKHEARTS, TV ON THE RADIO, BAND OF HORSES, CAGE THE ELEPHANT, CALVIN HARRIS, THE CRYSTAL METHOD, O RAPPA, MARCELO NOVA, WANDER WILDNER e PAVILHÃO 9 (Brasil / 1º dia / 2012), ARCTIC MONKEYS, JANE'S ADDICTION, FOSTER THE PEOPLE, MANCHESTER ORCHESTRA, THIEVERY CORPORATION, MGMT, FRIENDLY FIRES, SKRILLEX, RACIONAIS MC's, PLEBE RUDE, GOGOL BORDELLO e VELHAS VIRGENS (Brasil / 2º dia / 2012), FOO FIGHTERS, ARCTIC MONKEYS, BJÖRK, MGMT, CAGE THE ELEPHANT, THIEVERY CORPORATION, JOAN JETT & THE BLACKHEARTS, BAND OF HORSES, FOSTER THE PEOPLE, TV ON THE RADIO, FRIENDLY FIRES, GOGOL BORDELLO, CROSSES, PEACHES, CALVIN HARRIS, SKRILLEX, THE CRYSTAL METHOD e os brazucas do PLEBE RUDE (Chile / 2012), NINE INCH NAILS, THE KILLERS, NEW ORDER, QÜEENS OF THE STONE AGE, BAND OF HORSES, HOT CHIP, THIEVERY CORPORATION, LANA DEL REY, CHANCE THE RAPPER e STEVE AOKI (Estados Unidos / 1º dia / 2013), THE POSTAL SERVICE, MUMFORD & SONS, THE NATIONAL, THE LUMINEERS, ERIC CHURCH, FOALS, MATT & KIM, AZEALIA BANKS, BLONDFIRE, STEVE ANGELLO e os brazucas do PLANET HEMP (Estados Unidos / 2º dia / 2013), PHOENIX, THE CURE, VAMPIRE WEEKEND, TWO DOOR CINEMA CLUB, BEACH HOUSE, THE VACCINES, CAT POWER e KNIFE PARTY (Estados Unidos / 3º dia / 2013), PEARL JAM, QÜEENS OF THE STONE AGE, TWO DOOR CINEMA CLUB, KAISER CHIEFS, THE HIVES e KASKADE (Chile / 1º dia / 2013), THE BLACK KEYS, dEADMAU5, FRANZ FERDINAND, A PERFECT CIRCLE, BAD BRAINS, KEANE, HOT CHIP, STEVE AOKI e o brazuca MARCELO D2 (Chile / 2º dia / 2013), THE KILLERS, dEADMAU5, THE FLAMING LIPS, HOLGER, BOSS IN DRAMA, KNIFE PARTY e OFICINA DE BATERIA COM IGGOR CAVALERA (Brasil / 1º dia / 2013), THE BLACK KEYS, QÜEENS OF THE STONE AGE, A PERFECT CIRCLE, FRANZ FERDINAND, STEVE AOKI e TWO DOOR CINEMA CLUB (Brasil / 2º dia / 2013), e PEARL JAM, PLANET HEMP, KASKADE, THE HIVES, KAISER CHIEFS, HOT CHIP, FOALS, VANGUART, VIVENDO DO ÓCIO, MIX HELL e REPÚBLICA (Brasil / 3º dia / 2013).

Um festival para a história. Um visionário para a história. Uma história para a história.

OZZFEST

Concebido por OZZY OSBOURNE e sua esposa e empresária Sharon, o OZZFEST é um festival itinerante que percorre os Estados Unidos durante o verão, e em algumas edições esteve também na Inglaterra, além de alguns outros países europeus na edição de 2002 e o Japão em 2013. A idéia surgiu após OZZY ter tido um pedido de participação rejeitado no LOLLAPALOOZA, com isso Sharon resolveu que ele deveria encabeçar seu próprio festival, e assim em 96 tínhamos a primeira edição desse que passou a ser atualmente o maior festival de rock pesado dos Estados Unidos. Além do heavy metal e do hard rock (modalidades mais populares do rock), o festival abrange praticamente todas as vertentes do metal, tais como: alternative, thrash, industrial, metalcore, hardcore, punk, death, gothic e black. O Ozzfest foi também comumente usado para as esperadas reuniões do BLACK SABBATH original.

As bandas se apresentam em 2 palcos, um principal ("Main Stage" / "Palco Principal") com as bandas principais, e um menor ("Second Stage" / "Segundo Palco") para bandas menos conhecidas ou mesmo desconhecidas. Em 2010 o Segundo Palco foi rebatizado como "Second Stage Monster Energy", numa parceria com a famosa fabricante americana de bebidas energéticas.

A primeira edição não foi ainda uma turnê, foi "apenas" um festival de 2 dias realizado nos dias 25 e 26 de outubro em Phoenix (cidade e capital do estado do Arizona, no condado de Maricopa, na Costa Oeste dos Estados Unidos), no Blockbuster Desert Sky Pavillion (Pavilhão Céu do Deserto da Blockbuster (a maior rede de locadoras de filmes e games do mundo), hoje chamado AK-Chin Pavillion (Pavilhão AK-Chin / AK-Chin é a comunidade indígena do Arizona), um anfiteatro com capacidade para 20 mil pessoas); e em Devore (uma região montanhosa rural localizada na cidade e no condado de San Bernardino, no estado da California, também na Costa Oeste norte-americana), no Glen Helen Blockbuster Pavillion (Pavilhão Blockbuster do Parque Glen Helen, atual San Manuel Amphitheater (Anfiteatro San Manuel), anfiteatro com capacidade para 65 mil pessoas localizado no Glen Helen Regional Park (Parque Regional Glen Helen), local onde foi realizado o US Festival em 82 e 83).

Em 97, já como um festival itinerante, percorreu os Estados Unidos durante o verão visitando as cidades de Bristow (no estado da Virginia), West Palm Beach (Florida), Charlotte (Carolina Do Norte), San Antonio (Texas), Dallas (Texas), Cuyahoga Falls (Ohio), Noblesville (Indiana), Burgettstown (Pennsylvania), Camden (New Jersey), Maryland Heights (Missouri), Clarkston (Michigan), Mansfield (Massachusetts), East Rutherford (New Jersey), Columbus (Ohio), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), East Troy (vilarejo localizado no condado de Walworth, estado de Wisconsin), Minneapolis (Minnesota), Denver (Colorado), Phoenix (Arizona), Paradise (Nevada) e Devore (California), entre os dias 24 de maio e 29 de junho.

O OZZFEST esteve pela primeira vez na Inglaterra no dia 20 de junho de 1998, no Estádio Milton Keynes Bowl (que também chegou a abrigar o Monsters Of Rock, tem capacidade para 65 mil pessoas e está localizado no condado de Buckingham, no sudeste da Inglaterra), com uma escalação diferente da que excursionou pelos Estados Unidos, onde visitou as cidades de Holmdel (New Jersey / 2 datas), Mansfield (Massachusetts / 2 datas), Camden (New Jersey), Burgettstown (Pennsylvania), Akron (Ohio), Noblesville (Indiana), Somerset (Wisconsin), East Troy (vilarejo localizado no condado de Walworth, estado de Wisconsin), Columbus (Ohio), Clarkston (Michigan), Maryland Heights (Missouri), Bonner Springs (Kansas), Orlando (Florida), West Palm Beach (Florida), Raleigh (Carolina Do Norte) e Bristow (Virginia), entre os dias 3 de julho e 2 de agosto.

No ano seguinte (99) o festival percorreu os Estados Unidos (e uma cidade do Canadá) durante o verão visitando as seguintes cidades : West Palm Beach (Florida), Atlanta (Georgia), Antioch (Tennessee), Charlotte (Carolina Do Norte), Bristow (Virginia), Camden (New Jersey), Holmdel (New Jersey / 2 datas), Burgettstown (Pennsylvania), Columbus (Ohio), Mansfield (Massachusetts / 2 datas), Hartford (Connecticut), Clarkston (Michigan / 2 datas), Noblesville (Indiana), Somerset (Wisconsin), East Troy (vilarejo localizado no condado de Walworth, estado de Wisconsin), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), Maryland Heights (Missouri), Bonner Springs (Kansas), San Antonio (Texas), Dallas (Texas), Vancouver (cidade da província Columbia Britânica, no Canadá), Georgetown (Washington), Mountain View (California), Phoenix (Arizona) e Devore (California), entre os dias 27 de maio e 24 de julho.

Em 2000 o festival visitou, entre os dias 2 de julho e 2 de setembro, as seguintes cidades : West Palm Beach (Florida), Atlanta (Georgia), Antioch (Tennessee), Charlotte (Carolina Do Norte), Virginia Beach (Virginia), Clarkston (Michigan), Bristow (Virginia), Burgettstown (Pennsylvania), Columbus (Ohio), Cuyahoga Falls (Ohio), Camden (New Jersey), Holmdel (New Jersey), Saratoga Springs (New York), Mansfield (Massachusetts / 2 datas), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), East Troy (vilarejo localizado no condado de Walworth, estado de Wisconsin), Cincinnati (Ohio), Noblesville (Indiana), Somerset (Wisconsin), Maryland Heights (Missouri), Bonner Springs (Kansas), Dallas (Texas), Baytown (Texas), Georgetown (Washington), Mountain View (California), Marysville (California), Phoenix (Arizona) e Devore (California).

Nos anos de 2001, 2002, 2005 (fazendo parte do Download Festival) e 2010 ajudou a preencher o vazio deixado pelo cancelamento do MONSTERS OF ROCK na Inglaterra, sendo realizado em 2001 no Estádio Milton Keynes Bowl (onde em 2006 seria realizada a última versão inglesa do Monsters), e em 2002 e 2005 no tradicional circuito de Donington Park. Foram lançados dois CD's, em 2001 e 2002, com alguns dos melhores momentos do festival naqueles anos.

Na edição de 2001 tivemos a adição de um terceiro palco, o "Levi Stage", e foram visitadas as seguintes cidades americanas (mais uma canadense) entre os dias 8 de junho e 12 de agosto : Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), East Troy (vilarejo localizado no condado de Walworth, estado de Wisconsin), Somerset (Wisconsin), Maryland Heights (Missouri), Bonner Springs (Kansas), Denver (Colorado), Georgetown (Washington), Marysville (California), Mountain View (California), San Bernardino (California), Selma (Texas), Dallas (Texas), Atlanta (Georgia), Camden (New Jersey), West Palm Beach (Florida), St. Petersburg (Florida), Charlotte (Carolina Do Norte), Bristow (Virginia), Camden (New Jersey), Manchester (New Hampshire), Toronto (cidade e capital da provínvia de Ontário, no Canadá), Cuyahoga Falls (Ohio), Burgettstown (Pennsylvania), Clarkston (Michigan / 2 datas), Columbus (Ohio), Hartford (Connecticut), Mansfield (Massachusetts / 2 datas) e Holmdel (New Jersey / 2 datas).

No ano seguinte (2002) o festival foi realizado também em algumas outras importantes cidades européias, estando assim na Alemanha no festival Rock Im Park (na cidade de Nuremberg, no norte do estado da Baviera, no sul do país) e em Braunschweig (cidade do centro-norte da Alemanha localizada no estado da Baixa-Saxônia), na Antuérpia (cidade da região de Flandres, no norte da Bélgica), Kildare (cidade localizada no leste da Irlanda, no condado de mesmo nome), Katowice (cidade do sul da Polônia, capital da província da Silésia), Praga (capital da República Tcheca, antiga Tchecoslováquia. É também a capital da região da Boêmia Central, no centro-oeste do país), Nijmegen (cidade-município localizada no leste da Holanda, na província de Gueldres) e Lisboa (capital de Portugal e do Distrito e Área Metropolitana de Lisboa, no extremo-oeste do país). Em Nijmegen, na Holanda, tivemos a adição de mais um palco, o "Local Stage" ("Palco Local"), destinado às bandas locais emergentes.

Em sua versão americana visitou, entre os dias 6 de julho e 8 de setembro, as seguintes cidades : Bristow (Virginia / 2 datas), Pittsburgh (Pennsylvania), Scranton (Pennsylvania), Camden (New Jersey), Hartford (Connecticut), Mansfield (Massachusetts), Holmdel (New Jersey / 2 datas), Raleigh (Carolina Do Norte), West Palm Beach (Florida), Atlanta (Georgia), Columbus (Ohio), Cuyahoga Falls (Ohio), Clarkston (Michigan), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), East Troy (vilarejo localizado no condado de Walworth, estado de Wisconsin), Noblesville (Indiana), Bristow (Virginia / 2 datas), Cincinnati (Ohio), Somerset (Wisconsin), Maryland Heights (Missouri), Bonner Springs (Kansas), Denver (Colorado), Sacramento (California), Georgetown (Washington), Mountain View (California), San Bernardino (California), Phoenix (Arizona), Selma (Texas) e Dallas (Texas).

Em 2003, entre os dias 28 de junho e 28 de agosto, visitou as cidades de Selma (Texas), Dallas (Texas), Phoenix (Arizona), Chula Vista (California), San Bernardino (California), San Francisco (California), Wheatland (California), Auburn (Washington), Maryland Heights (Missouri), Bonner Springs (Kansas), Minneapolis (Minnesota), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), Cuyahoga Falls (Ohio), Clarkston (Michigan), Burgettstown (Pennsylvania), Noblesville (Indiana), East Troy (vilarejo localizado no condado de Walworth, estado de Wisconsin), Columbus (Ohio), Scranton (Pennsylvania), Camden (New Jersey), Hartford (Connecticut), Corfu (New York), Mansfield (Massachusetts), Holmdel (New Jersey), Bristow (Virginia), Charlotte (Carolina Do Norte), Atlanta (Georgia) e West Palm Beach (Florida).

Em 2004 a MTV transmitiu o festival e criou um reality show apresentado por OZZY e Sharon chamado "Battle For Ozzfest" ("Batalha Por Ozzfest"), onde eles escolhiam oito entre centenas de bandas e um membro de cada banda competia por um lugar na edição seguinte do festival, além de um contrato de gravação com a Sanctuary Records. O vencedor, que garantiu a presença de sua banda na turnê do Ozzfest, foi Marc Serrano, guitarrista da extinta banda de metalcore A DOZEN FURIES. Com isso, gravaram também seu único LP, o "A Concept From Fire".

Estas foram as cidades visitadas : Hartford (Connecticut), Mansfield (Massachusetts), Wantagh (New York), Holmdel (New Jersey), Bristow (Virginia), Columbus (Ohio), Antioch (Tennessee), Greenwood Village (Colorado), Auburn (Washington), Mountain View (California), San Bernardino (California), Albuquerque (New Mexico), Dallas (Texas), Selma (Texas), Bonner Springs (Kansas), Maryland Heights (Missouri), East Troy (vilarejo localizado no condado de Walworth, estado de Wisconsin), Clarkston (Michigan), Cuyahoga Falls (Ohio), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), Noblesville (Indiana), Camden (New Jersey), Burgettstown (Pennsylvania), Raleigh (Carolina Do Norte) e Tampa (Florida). As duas datas de West Palm Beach (Florida), que fechariam a turnê, foram canceladas por causa da passagem do furacão Frances.

Na edição de 2005, numa das apresentações da turnê, no Hyundai Pavillion (atual San Manuel Amphitheater, anfiteatro a céu aberto localizado no Glen Helen Regional Park, local onde foi realizado o US Festival em 82 e 83, com capacidade para 65 mil pessoas, situado em Devore, na California), Sharon protagonizou o momento mais embaraçoso do festival, quando, após acusar BRUCE DICKINSON de ridicularizar OZZY e seus reality shows, comandou, junto a outros fãs na primeira fila, um ataque com ovos, garrafas de plástico e gelo, em direção ao palco durante o show do IRON MAIDEN. Em seguida o som do microfone de BRUCE foi cortado e logo depois o do resto da banda, seguido de seus amplificadores, o que causou a retirada da banda do palco e a promessa de nunca mais voltarem ao festival. Segundo OZZY, STEVE HARRIS (baixista do IRON MAIDEN) teria ido pessoalmente se desculpar com ele pela atitude de BRUCE.

Constrangimentos à parte o festival esteve também nesse ano novamente na Inglaterra, dessa vez como parte do Download Festival (considerado o sucessor do extinto Monsters), no tradicional circuito de Doningnton Park. Assim, no dia 11 de junho o Download recebeu a legenda "Ozzfest Day" ("Dia Do Ozzfest") com uma escalação diferente da versão americana, que percorreu entre os dias 15 de julho e 4 de setembro as seguintes cidades : Mansfield (Massachusetts), Hartford (Connecticut), Camden (New Jersey), Corfu (New York), Bristow (Virginia), Holmdel (New Jersey), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), Noblesville (Indiana), Burgettstown (Pennsylvania), Columbus (Ohio), Clarkston (Michigan), East Troy (vilarejo localizado no condado de Walworth, estado de Wisconsin), Minneapolis (Minnesota), Auburn (Washington), Mountain View (California), Wheatland (California), West Valley City (Utah / Essas duas datas foram canceladas devido à baixa venda de ingressos), Greenwood Village (Colorado), Phoenix (Arizona), San Bernardino (California), Albuquerque (New Mexico), Dallas (Texas), The Woodlands (Texas), Selma (Texas), Antioch (Tennessee), Charlotte (Carolina Do Norte) e West Palm Beach (Florida).

No ano seguinte (2006) OZZY se absteve de algumas datas do festival, mas voltou "full-time" (tempo integral) em 2007, numa edição com muitos problemas devido a ter sido anunciado no dia 7 de fevereiro como um evento gratuito. A grande demanda causou muitos atrasos na distribuição dos ingressos (foram disponibilizados pelos sites de patrocinadores, pelo site oficial do festival e para aqueles que adquiriram antecipadamente o novo CD (à época) de OZZY OSBOURNE, "Black Rain"), bem como muitas falsificações vendidas pelo E-Bay (site de "compra-e-venda" norte-americano similar ao "Mercado Livre"), até que em 26 de julho, Sharon e a produção tiveram que intervir e fazer a distribuição dos ingressos gratuitos.

Em uma das apresentações da turnê de 2007, no PNC Bank Arts Center (Centro Artístico Do Banco PNC), um moderno anfiteatro com capacidade para 17.500 pessoas localizado no Distrito De Holmdel, no subúrbio da Área Metropolitana da Cidade De Nova York (New York City), no condado de Monmouth, no Estado de New Jersey (região dos Estados Do Meio-Atlântico, no nordeste dos Estados Unidos), duas pessoas morreram de overdose de álcool misturado com energéticos e uma terceira permaneceu acordada por 4 dias após ingerir 12 latas de Red Bull em sequência. Essa fatalidade somada ao anúncio de OZZY de que encabeçaria o Monsters Of Rock Canadense do ano seguinte (no dia 26 de julho) fez surgirem rumores de que a edição seguinte do Ozzfest não seria realizada, o que acabou não se confirmando.

Em 2006 as cidades visitadas (entre os dias 29 de junho e 13 de agosto) foram : Auburn (Washington), Mountain View (California), Wheatland (California), Phoenix (Arizona), San Bernardino (California), Chula Vista (California), San Antonio (Texas), Bonner Springs (Kansas), Maryland Heights (Missouri), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), Burgettstown (Pennsylvania), Clarkston (Michigan), Columbus (Ohio), East Troy (vilarejo localizado no condado de Walworth, estado de Wisconsin), Noblesville (Indiana), Scranton (Pennsylvania), Corfu (New York), Toronto (cidade e capital da provínvia de Ontário, no Canadá), New York City (New York), Hartford (Connecticut), Mansfield (Massachusetts), Camden (New Jersey), Bristow (Virginia), Virginia Beach (Virginia), Raleigh (Carolina Do Norte) e West Palm Beach (Florida).

Em 2007 (entre os dias 12 de julho e 30 de agosto) foram : Auburn (Washington), Georgetown (Washington), Wheatland (California), Mountain View (California), San Bernardino (California), Phoenix (Arizona), Albuquerque (New Mexico), Greenwood Village (Colorado), Bonner Springs (Kansas), Dallas (Texas), Selma (Texas), Maryland Heights (Missouri), Columbus (Ohio), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), East Troy (vilarejo localizado no condado de Walworth, estado de Wisconsin), Noblesville (Indiana), Holmdel (New Jersey), Hartford (Connecticut), Mansfield (Massachusetts), Camden (New Jersey), Burgettstown (Pennsylvania), Clarkston (Michigan), Charlotte (Carolina Do Norte) e West Palm Beach (Florida).

A edição de 2008 foi realizada em uma data apenas (no dia 8 de agosto), no Pizza Hut Park (hoje conhecido como FC Dallas Stadium, o Estádio De Futebol De Dallas, usado pelo time de futebol americano da cidade texana de Dallas, o Dallas Cowboys), um estádio com capacidade para 20.500 pessoas localizado na cidade de Frisco, que se encontra no subúrbio da região metropolitana "Grande Dallas", no estado do Texas, na região sudoeste (central) dos Estados Unidos. Nessa edição tivemos novamente a adição de um terceiro palco, batizado como "Texas Stage" ("Palco Texas"), que foi direcionado apenas às bandas locais, baseadas no estado do Texas.

Em 2009 não houve festival uma vez que OZZY queria se dedicar exclusivamente à composição e gravação de seu (à época) novo disco, "Down To Earth", que eventualmente seria lançado em 2011.

No ano de 2010 tivemos uma nova versão inglesa do festival no dia 18 de setembro, dessa vez na O2 Arena, uma arena multi-uso coberta com capacidade para 23 mil pessoas localizada no THE O2, um grande complexo de entretenimento situado na Península de Greenwich, no sudeste de Londres, capital da Inglaterra. Tivemos ainda uma edição realizada em Israel (!) no dia 28 de setembro, no Yarkon Park (ou Park Ha Yarkon no hebreu, um enorme parque urbano com 3,8 kilômetros quadrados e 940 acres de área total que inclui instalações para prática de esportes, jardins botânicos, aviário, parque aquático, lagos artificiais, enormes gramados e duas áreas para shows ao ar livre com capacidade para cerca de 100 mil pessoas), em Tel Aviv, capital do país. A cidade está localizada no município de Tel Aviv-Yafo, na região metropolitana de Gush Dan, na costa mediterrânea de Israel.

Uma mini-turnê americana aconteceu entre os dias 14 de agosto e 24 de agosto e visitou as cidades de San Bernardino (California), Tinley Park (vilarejo localizado nos Condados de Cook e de Will, no estado de Illinois), Burgettstown (Pennsylvania), Hartford (Connecticut), Camden (New Jersey) e Mansfield (Massachusetts).

Não tivemos edições em 2011 e 2012, e finalmente, em 2013, uma edição com dois dias de duração (11 e 12 de maio) no Japão, no Makuhari Messe International Exhibition Hall (Salão De Exibições Internacionais De Makuhari Messe), pertencente ao Makuhari Messe International Conventions Complex (Complexo De Convenções Internacionais De Makuhari Messe, um imenso complexo com shoppings e restaurantes de 210 mil metros quadrados e estacionamento para 6 mil veículos). O Complexo engloba ainda o Makuhari Event Hall (Salão De Eventos De Makuhari), o International Conference Hall (Salão De Conferências Internacionais) e outros 10 Salões De Exibições Internacionais (Os 11 Salões De Exibições somam uma área total de 75 mil quadrados. Trata-se de um espaço flexível que pode ser usado em sua totalidade ou subdividido em partes). Está localizado no Protecionado De Mihama, na província de Chiba, na região do Cantõ, na Baía de Tokyo, e encontra-se situado entre o centro de Tokyo (metrópole, província e capital do Japão, situada na Ilha de Honshu, no centro do arquipélago e do país. É a maior área metropolitana do mundo) e o Aeroporto Internacional de Narita (cidade da província de Chiba). "Makuhari Messe", por sua vez, significa "Feira Comercial De Makuhari", já que "Messe" significa "Feira Comercial" em alemão e Makuhari é o nome da região onde o complexo se encontra.

Aqui vão as principais atrações desse grandioso festival: OZZY, SLAYER, DANZIG, BIOHAZARD, FEAR FACTORY e SEPULTURA (96), OZZY, BLACK SABBATH, MARILYN MASON (à partir de 15 de junho), TYPE O NEGATIVE, FEAR FACTORY, MACHINE HEAD e PANTERA (97), OZZY, TOOL, MEGADETH, LIMP BIZKIT, SOULFLY, SEVENDUST, COAL CHAMBER, SYSTEM OF A DOWN e MOTÖRHEAD (98 / Estados Unidos) e OZZY, BLACK SABBATH, FOO FIGHTERS, SOULFLY, PANTERA, SLAYER, FEAR FACTORY, THERAPY? (substituindo o KORN no meio da turnê), COAL CHAMBER e LIFE OF AGONY (98 / Inglaterra), BLACK SABBATH, SLAYER, DEFTONES, ROB ZOMBIE, PRIMUS & BUCKETHEAD, GODSMACK, SYSTEM OF A DOWN, FEAR FACTORY e SLIPKNOT (99), OZZY, PANTERA, GODSMACK, STATIC-X, INCUBUS, METHODS OF MAYHEM (banda do baterista do Mötley Crüe, TOMMY LEE), P.O.D., BLACK LABEL SOCIETY (apenas nas últimas 4 datas), QÜEENS OF THE STONE AGE e SOULFLY (2000), OZZY, BLACK SABBATH, MARILYN MASON, SLIPKNOT, PAPA ROACH, DISTURBED, CRAZY TOWN, LINKIN PARK, DROWNING POOL, HATEBREED, MUDVAYNE e ZAKK WYLDE'S BLACK LABEL SOCIETY (2001 / Estados Unidos) e BLACK SABBATH, SLIPKNOT, TOOL, PAPA ROACH, SOULFLY, DISTURBED, MUDVAYNE e BLACK LABEL SOCIETY (2001 / Inglaterra), OZZY, SYSTEM OF A DOWN, ROB ZOMBIE, P.O.D., DROWNING POOL (cancelado após a morte de seu vocalista, DAVE WILLIAMS), ADEMA, TOMMY LEE (baterista fundador do MÖTLEY CRÜE), DOWN, HATEBREED e BLACK LABEL SOCIETY (2002 / ESTADOS UNIDOS), OZZY, TOOL, SYSTEM OF A DOWN, BAD RELIGION, P.O.D., DROWNING POOL e BLACK LABEL SOCIETY (2002 / Rock Im Park Festival / Nuremberg, Alemanha), OZZY, TOOL, BAD RELIGION, OOMPH! e BLACK LABEL SOCIETY (2002 / Braunschweig, Alemanha), OZZY, TOOL e SYSTEM OF A DOWN (2002 / Antuérpia, Bélgica), OZZY, TOOL, SYSTEM OF A DOWN, SLAYER, CRADLE OF FILTH, DROWNING POOL e BLACK LABEL SOCIETY (2002 / Donington Park, Inglaterra), TOOL, SYSTEM OF A DOWN, SLAYER, THERAPY?, DROWNING POOL e BLACK LABEL SOCIETY (2002 / Kildare, Irlanda / OZZY cancelou sua participação), OZZY, TOOL e SLAYER (2002 / Katowice, Polônia), OZZY, SLAYER, TOOL, DROWNING POOL e BLACK LABEL SOCIETY (2002 / Praga, República Tcheca), OZZY, TOOL, SLAYER, WITHIN TEMPTATION, DROWNING POOL e AFTER FOREVER (2002 / Nijmegen, Holanda) e TOOL, SLAYER e DROWNING POOL (2002 / Lisboa, Portugal / OZZY cancelou sua apresentação), OZZY, KORN, MARILYN MASON, DISTURBED, CRADLE OF FILTH e VOIVOD (2003), BLACK SABBATH, JUDAS PRIEST, SLAYER, DIMMU BORGIR, SUPERJOINT RITUAL (banda de PHIL ANSELMO), BLACK LABEL SOCIETY, SLIPKNOT, HATEBREED, LAMB OF GOD e LACUNA COIL (2004), BLACK SABBATH, IRON MAIDEN (abandonou a turnê após os eventos de 20 de agosto), MUDVAYNE, SHADOWS FALL, BLACK LABEL SOCIETY, IN FLAMES, VELVET REVOLVER (substituindo o IRON no restante da turnê), SLIPKNOT (apenas no dia 20 de agosto) e ROB ZOMBIE (2005 / Estados Unidos) e BLACK SABBATH, VELVET REVOLVER, HIM, ANTHRAX e ALTER BRIDGE (2005 / Download Festival / Donington Park, Inglaterra), OZZY (Apenas em algumas datas), SYSTEM OF A DOWN, DISTURBED, AVENGED SEVENFOLD, HATEBREED, LACUNA COIL e BLACK LABEL SOCIETY (2006), OZZY, LAMB OF GOD, STATIC-X, LORDI e HATEBREED (2007), OZZY, METALLICA, SERJ TANKIAN, HELLYEAH, JONATHAN DAVIS (vocalista do Korn), CAVALERA CONSPIRACY , SHADOWS FALL, APOCALYPTICA, SEVENDUST, DEVILDRIVER e DROWNING POOL (2008), OZZY, MÖTLEY CRÜE, HALFORD, DEVILDRIVER, BLACK LABEL SOCIETY, DROWNING POOL e EXODUS apenas numa data (2010 / Estados Unidos), OZZY, KORN, STEEL PANTHER e PARADISE LOST (2010 / Inglaterra) e OZZY, KORN e SOULFLY (2010 / Israel), e SLIPKNOT, SLASH (com MYLES KENNEDY & THE CONSPIRATORS), DEFTONES e FEAR (2013 / Japão / 1º dia) e BLACK SABBATH, TOOL, STONE SOUR, DIR EN GREY, ANTHEM e STEEL PANTHER (2013 / Japão / 2º dia).

Este se tornou um dos festivais de rock pesado mais importantes do mundo e certamente mais importante dos Estados Unidos, uma pena não acontecer de forma ininterrupta porque depende principalmente da agenda de OZZY, porém não podemos deixar de enaltecer sua importância. Como diz o ditado, há males que vem pra bem, OZZY foi barrado no Lollapalooza e assim criou um dos festivais itinerantes mais importantes da história. Valeu, Lollapalooza !!! Valeu, Madman !!!

Outro importante festival itinerante da atualidade é o SONISPHERE, atravessando os principais países europeus durante o verão, mas por ter sido criado em 2009 estará presente no capítulo sobre os anos 2000. Confiram.

COACHELLA VALLEY MUSIC AND ARTS FESTIVAL

COACHELLA "Fest" é o equivalente americano do inglês GLASTONBURY. É um festival anual realizado em 2 fins de semana (isso à partir de 2012, entre 2007 e 2011 foi realizado em apenas um fim de semana) no mês de abril, no Empire Polo Club (Clube de Polo Empire), um complexo esportivo, fundado em 1987, totalmente dedicado ao polo (esporte aristocrático que envolve 2 equipes com 4 jogadores montados a cavalo, golpeando uma pequena bola de plástico ou madeira com um taco longo, com o objetivo de marcar gols). Suas instalações contam com 12 campos de medidas oficiais, uma arena indoor (coberta), uma escola de jogadores, trilhas para prática de exercícios, locais para treinos, estábulos, uma taverna (Tack Room Tavern / Taverna Espaço do Taco) e uma casa noturna (Date Shed Night Club / Casa Noturna Cabana do Encontro). O clube promove torneios, campeonatos e ligas para todas as idades e níveis de habilidade e está localizado em Indio (cidade localizada no deserto da California, no sul do estado da California, na Costa Oeste dos Estados Unidos), bem no meio do Coachella Valley (Vale Coachella, daí o nome do festival, um vale que se estende por cerca de 72 kilômetros no sudeste do Condado de Riverside), que pertence à área metropolitana de Inland Empire (daí o nome do clube de polo).

O festival é voltado para quase todas as vertentes musicais (rock alternativo, música eletrônica, hip-hop, pop, classic rock, indie rock e rock em geral, entre outros estilos) e é famoso ainda por incluir artes entre suas atrações, em especial as esculturas. Patrocinadores de grande porte apoiam o festival (Heineken, Playstation, Red Bull, JBL, Fruttare, H&M, etc.), que por sua vez apóia várias instituições de caridade locais voltadas à idosos e adolescentes com deficiências e dependências, conservatórios de música e organizações voltadas à conscientização ambiental, sustentabilidade, preservação do deserto e do meio-ambiente à nível global, entre outras causas. Desde 2007 Coachella tem um "programa de reciclagem 10 por 1" em parceria com a "Global Inheritance" ("Herança Global", uma organização sem fins lucrativos com base em Los Angeles, cidade do estado da California, na costa oeste dos Estados Unidos, voltada à conscientização social e ambiental à nível global), onde o visitante que coletar 10 garrafas vazias de água ganha uma cheia de graça. Em 2009 a produção introduziu uma garrafa de água reutilizável oficial do festival, ao preço de 10 dólares, com a qual o visitante pode se reabastecer de água à vontade em todas as estações reabastecedoras encontradas por toda a área do festival e de camping.

Possui área para camping (acampamento, muito comum em festivais de grande porte), que só foi liberada pelas autoridades em 2003, por causa dos incêndios e tumultos causados no festival de Woodstock '99 (três meses antes de sua edição de estréia), que resultaram na banição da área de camping em grandes eventos. Ela está localizada num campo de pólo adjacente ao usado para os shows e conta com uma infra-estrutura que inclui chuveiros, reciclagem, um armazém, estações de carregamento de bateria de celulares e um Internet Café com Wi-Fi grátis. Na edição de 2010 tivemos mais de 17 mil pessoas na área de camping.

Coachella conta com o apoio do governo nos meios de transporte público, vindos de todas as direções e terminais para o local do show, além de existirem muitos pacotes turísticos e caravanas de avião ou ônibus para visitar o festival. Com a intenção de ajudar a conter a emissão de CO2 o festival encoraja seus visitantes que chegam de carro a virem em grupos ("carpool" / "caronas"), assim um veículo que chegue com 4 ou mais pessoas e tenha escrito "CARPOOLCHELLA" em algum lugar visível pode ser selecionado por um funcionário secreto para ganhar "passes vitalícios" para o festival para todos que estiverem em seu interior. A rede hoteleira da região abriga também boa parte dos visitantes e oferece serviços de translado até o clube de pólo.

Na área do festival existe muitas lojas e duas imensas áreas de alimentação, o "The Terrace" ("O Terraço") e o "The Lobby" ("O Lobby"), com vários restaurantes (inclusive vegetarianos), bares e vans com toda a variedade da culinária local, como a pizza picante, que é uma iguaria típica da região. Ambas as áreas incluem também restaurantes de todos os lugares (além dos locais há restaurantes de Nova York e Los Angeles), como os de comidas típicas jamaicanas e thailandesas. Outra iguaria presente é o sanduíche de sorvete (feito com waffles). O "Lobby" inclui ainda um restaurante secreto chamado "The Cantina Restaurant" ("Restaurante Cantina"). Há também áreas específicas para servir o café da manhã tipicamente americano, que inclui ovos, bacon, salsichas, linguiças, bolinhos "muffin", suco de laranja e café, casos do "Camping Café" ("Café do Acampamento") e o "Campground Clubhouse Breakfast Buffet" ("Buffet de Café da Manhã da Área de Acampamento do Clube"). Além disso tudo o "Terraço" foi expandido em 2013 para incluir um "Beer Garden" ("Jardim da Cerveja"), local para degustação de cervejas.

Há também várias tendas e locais com todo tipo de entretenimento, casos da tenda "Red Bull Speakeasy" ("Área secreta da Red Bull", numa tradução livre), uma área secreta (que só pode ser encontrada através da obtenção de uma senha no Twitter da empresa) onde o fã pode fazer uma viagem de volta aos anos 20 e desfrutar de uma área vip com cocktails, ar condicionado e duetos de piano; do "Rose Garden Vip" ("Área Vip Jardim das Rosas"), uma área que inclui um imenso jardim de rosas exóticas e bares de todos os tipos, como o "Mixology Bar" (Bar da Mixologia / Mixologia é a arte de misturar bebidas e produzir cocktails artísticos), destinado a degustação de cocktails e apresentações de Stand Up Comedy (comédia em forma de monólogos de situações cotidianas), o "Bubbly Bar" (Bar Espumante), para degustação de vinhos espumantes e champagne, e o "Night Heat Bar" (Bar do Calor Noturno), para drinks e encontros casuais; e da "Zia Record Exchange" ("Troca de Discos da Zia"), uma tenda em parceria com a Loja Independente de Discos Zia (que é a comerciante oficial de ítens musicais do festival), especializada em compra, venda e troca de Vinyls, CD's, DVD's (de música e filmes) e jogos, onde o fã pode adquirir todo tipo de CD's e DVD's, novos e usados, principalmente no "Record Store Day" ("Dia da Loja de Discos", dia em que se celebra a cultura da loja independente de discos, que não pertence a nenhuma grande rede, aquela antiga loja de bairro. Esse dia une fãs, artistas e milhares de proprietários de lojas independentes de discos de todo o mundo), que é mundialmente celebrado no terceiro sábado de abril e também é parte integrante do festival. Nesse dia geralmente muitos lançamentos exclusivos da Zia são colocados à disposição do público, além da realização de "Meet & Greet's" ("Conheça e Cumprimente") com importantes músicos do festival. Aliás outra marca registrada da tenda é a realização de seções de autógrafos com muitos dos artistas presentes no festival (músicos e artistas em geral), inclusive com sua programação impressa no panfleto do mapa do festival.

Assim como em GLASTONBURY, COACHELLA conta também com muitos eventos paralelos, culturais e artísticos, com exibições de esculturas que estiveram expostas em conceituadas mostras (tanto nacionais quanto internacionais) e performances de grupos teatrais e étnico-culturais.

A área do festival possui 6 palcos, sendo os dois principais Coachella Stage (Palco Coachella, com os shows principais) e o Outdoor Theatre Stage (Palco Teatro Ao Ar-Livre, com os shows que fazem parte da escalação principal), os secundários Gobi Tent (Tenda Gobi, numa referência ao Deserto de Gobi, situado parte na China e parte na Mongólia), Mojave Tent (Tenda Mojave, numa referência à parte mais elevada do Deserto da California) e o Sahara Tent (Tenda Sahara, numa alusão ao Deserto do Saara, situado no norte da África, com porções alocadas em 9 países e 2 sub-regiões), além do novíssimo, inaugurado em 2013, Yuma Stage (Palco Yuma, numa referência à cidade desértica de Yuma, capital do Condado de Yuma, localizada no estado do Arizona, na região sudoeste dos Estados Unidos), menor e mais intimista. As edições de 2006 e 2011 contaram ainda com o Oasis Dome Stage (Palco Cúpula (Domo) do Oasis, numa referência às áreas isoladas de vegetação em um deserto, que comumente são vizinhas de uma nascente de água doce, e que por isso servem como ponto de parada em rotas de comércio e caravanas), que assim como o Yuma era menor e intimista.

O Coachella foi fundado por Paul Tollett, presidente da promotora de concertos Goldenvoice (uma subsidiária da produtora AEG Live), que é quem organiza o evento. Foi realizado pela primeira vez nos dias 9 e 10 de outubro de 1999, sob o calor escaldante do verão do deserto, que castigou muito os 10 mil fãs que estiveram no evento original de 2 dias. Sua temperatura média ultrapassa os 38 graus durante o dia (chegou a 42° em 2012) e cai drasticamente à noite (chegou a 5° também em 2012).

Apesar do sucesso da primeira edição ela não gerou lucros, o que quase causou o fim do festival, que não aconteceria no ano seguinte. Pelo contrário, o festival causou um prejuízo financeiro de mais de 750 mil dólares para a Goldenvoice, que além de ser obrigada a atrasar o pagamento do cachê das principais bandas, teve que ser vendida para a AEG Live (Anschutz Entertainment Group Live, a segunda maior produtora de shows do mundo), como único meio de sobrevivência.

Em 2001, numa nova tentativa de emplacar o festival, os organizadores programaram um festival de apenas um dia de duração (no mês de abril, para fugir do forte calor do verão) por causa do orçamento apertado, e ainda assim chegou a quase ser cancelado, devido à dificuldade de encontrarem uma banda para encabeçar o festival. Restavam 3 meses para o início do festival e, ainda sem uma atração principal agendada, resolvem pedir ajuda à PERRY FARRELL, organizador do LOLLAPALOOZA, e assim conseguiram seu headliner, o recém-reunido JANE'S ADDICTION.

Em 2002 o evento voltou, novamente com 2 dias de duração, provando ser um evento capaz de ser realizado anualmente, trazendo lucro para a cidade e terminando sem conflitos. O evento começou a chamar atenção das grandes bandas e a ficar famoso internacionalmente, atraindo muitas bandas que voltavam a se reunir após algum tempo.

A edição de 2004 teria sua primeira lotação máxima, com cerca de 50 mil fãs em ambos os dias. 2006 veria, novamente com lotação máxima, a primeira e única apresentação da ícone do pop MADONNA, e o ano seguinte (2007) traria a adição do esperado terceiro dia de shows, tendo a cantora BJÖRK como atração principal da sexta, RED HOT CHILI PEPPERS no sábado e o reunido RAGE AGAINST THE MACHINE (com quase 100 mil pessoas na platéia) fechando o festival no domingo, todos encabeçando o festival pela segunda vez e lotando novamente a área de shows do clube de pólo.

Mesmo com grandes atrações encabeçando a edição de 2008 (ROGER WATERS, tocando o clássico "Dark Side Of The Moon" na íntegra, PRINCE, PORTISHEAD e JACK JOHNSON) o Coachella não teria lotação máxima pela primeira vez desde 2003. A edição seguinte (2009) foi agendada uma semana antes do costumeiro por causa da terceira edição do Stagecoach Festival (o festival de country music que é considerado como um primo do Coachella), que ocorreria uma semana depois. Algumas confusões marcaram essa edição, que foi encabeçada por PAUL McCARTNEY, THE CURE e THE KILLERS. Sir PAUL estourou o limite de tempo do festival em quase uma hora na sexta, causando muita reclamação por parte da comunidade de Indio, consequentemente o THE CURE tentou fazer o mesmo no domingo, contudo a produção, após um estouro de 30 minutos, resolve desligar a energia elétrica do palco, encerrando de maneira abrupta o show, causando ainda mais transtorno com público e banda. Já o THE KILLERS cumpriu fielmente os horários estabelecidos no sábado e realizou um grande show, energético e livre de problemas.

Em 2010, numa nova polêmica causada pela produção, a organização resolve acabar com a venda de ingressos "single-day" (os ingressos para apenas um dia de show) e realiza a venda apenas de ingressos válidos para todos os 3 dias de duração, o que causou muita reclamação por parte dos fãs, que ou não teriam interesse nas atrações dos 3 dias, ou não queriam pagar o valor equivalente. Mesmo assim tivemos sucesso absoluto, com mais de 75 mil pessoas em cada um dos dias e um total estimado em 225 mil, ultrapassando assim o recorde de público do festival. Nessa edição também introduziram um espaço dentro da área de camping para a utilização de veículos recreacionais.

A edição de 2011 contou com cerca de 200 atrações na escalação oficial e reuniu artistas do quilate de KINGS OF LEON, ARCADE FIRE, KANYE WEST, THE STROKES, DURAN DURAN, THE BLACK KEYS, BJ HARVEY, entre muitos outros nomes de peso. Nesse ano a Goldenvoice anunciou que o festival passaria a acontecer em 2 fins de semana.

No ano seguinte (2012) os ingressos se esgotaram em poucas horas de venda. Um dos destaques dessa edição foi a projeção holográfica do finado rapper TUPAK SHAKUR, que se projetava vinda debaixo do palco, durante a apresentação de DR. DRE & SNOOP DOGG, uma tecnologia até então inédita.

Suas principais atrações nessas 14 edições foram : BECK, THE CHEMICAL BROTHERS, MORRISSEY e PERRY FARRELL (sábado / 1999) e RAGE AGAINST THE MACHINE, TOOL, BEN HARPER AND THE INNOCENT CRIMINALS e PAVEMENT (domingo / 1999), JANE'S ADDICTION, PAUL OAKENFOLD, WEEZER, FATBOY SLIM, THE CHEMICAL BROTHERS, THE ORB, MOS DEF, IGGY POP e BAD COMPANY (2001), BJÖRK, THE CHEMICAL BROTHERS, SIOUXSIE AND THE BANSHEES, JACK JOHNSON, THE CHARLATANS, QÜEENS OF THE STONE AGE, PETE YORN, CAKE e GROOVE ARMADA (sábado / 2002) e OASIS, THE PRODIGY, FOO FIGHTERS, THE STROKES, PAUL OAKENFOLD, TIËSTO, BELLE & SEBASTIAN, MOS DEF e JACK JOHNSON (domingo / 2002), BEASTIE BOYS, BEN HARPER & THE INNOCENT CRIMINALS, QÜEENS OF THE STONE AGE, BLUR, GROOVE ARMADA, BLUE MEN GROUP, THE HIVES, THE LIBERTINES e BLACK-EYED PEAS (sábado / 2003) e RED HOT CHILI PEPPERS, THE WHITE STRIPES, IGGY POP & THE STOOGES, UNDERWORLD, JACK JOHNSON, SONIC YOUTH, PRIMAL SCREAM, BLUE MEN GROUP, THIEVERY CORPORATION, INTERPOL e THE MARS VOLTA (domingo / 2003), RADIOHEAD, PIXIES, KRAFTWERK, WILCO, THE (INTERNATIONAL) NOISE CONSPIRACY, THE RAPTURE, STEREOLAB, DEATH CAB FOR CUTIE, LCD SOUNDSYSTEM, THE SOUNDS e THE BLACK KEYS (sábado / 2004) e THE CURE, THE FLAMING LIPS, AIR, BELLE & SEBASTIAN, THE CRYSTAL METHOD, MUSE e THE KILLERS, num show menor (domingo / 2004), COLDPLAY, BAUHAUS, WEEZER, THE CHEMICAL BROTHERS, WILCO, KEANE, SNOWPATROL, THE RAVEONETTES e RAZORLIGHT (sábado / 2005) e NINE INCH NAILS, NEW ORDER, BRIGHT EYES, GANG OF FOUR, THE PRODIGY, BLACK STAR, ARCADE FIRE, THE DRESDEN DOLLS, STEREOPHONICS e KASABIAN (domingo / 2005), DEPECHE MODE, DAFT PUNK, FRANZ FERDINAND, DAMIAN MARLEY, MY MORNING JACKET, TV ON THE RADIO, CAT POWER, ANIMAL COLLECTIVE, EAGLES OF DEATH METAL, THE NEW AMSTERDAMS e WOLFMOTHER (sábado / 2006) e TOOL, MADONNA, MASSIVE ATTACK, MADONNA, YEAH YEAH YEAHS, BLOC PARTY, PAUL OAKENFOLD, SCISSOR SISTERS, JAMES BLUNT, COHEED AND CAMBRIA, PHOENIX, THE SUBWAYS, KASKADE e o brazuca SEU JORGE (domingo / 2006), BJÖRK, INTERPOL, THE JESUS AND MARY CHAIN, ARCTIC MONKEYS, SONIC YOUTH, TOKYO POLICE CLUB, GOGOL BORDELLO e AMY WINEHOUSE (sexta / 2007), RED HOT CHILI PEPPERS, ARCADE FIRE, TRAVIS, KINGS OF LEON, GOTAN PROJECT, THE RAPTURE, LCD SOUNDSYSTEM, BLONDE REDHEAD, THE NEW PORNOGRAPHERS e THE BLACK KEYS (sábado / 2007) e RAGE AGAINST THE MACHINE, MANU CHAO, AIR, HAPPY MONDAYS, PAUL VAN DYK, WILLIE NELSON, THE ROOTS, KAISER CHIEFS, PLACEBO, LEMONHEADS e os brazucas do CSS (Cansei De Ser Sexy) (domingo / 2007), JACK JOHNSON, THE VERVE, THE RACONTEURS, THE BREEDERS, FATBOY SLIM, THE NATIONAL, ANIMAL COLLECTIVE, VAMPIRE WEEKEND e BLACK LIPS (sexta / 2008), PRINCE, PORTISHEAD, KRAFTWERK, DEATH CAB FOR CUTIE, HOT CHIP, COLD WAR KIDS, STEPHEN MALKMUS, CALVIN HARRIS e MGMT (sábado / 2008) e ROGER WATERS, LOVE AND ROCKETS, MY MORNING JACKET, SPIRITUALIZED, JUSTICE, GOGOL BORDELLO, THE STREETS, BLACK MOUNTAIN, DUFFY, MANCHESTER ORCHESTRA e dEADMAU5 (domingo / 2008), PAUL McCARTNEY, MORRISSEY, FRANZ FERDINAND, LEONARD COHEN, THE BLACK KEYS, GIRL TALK, THE TING TINGS, THE CRYSTAL METHOD, WHITE LIES e CAGE THE ELEPHANT (sexta / 2009), THE KILLERS, M.I.A., THIEVERY CORPORATION, THE CHEMICAL BROTHERS, TV ON THE RADIO, BAND OF HORSES, MASTODON, HENRY ROLLINS, JOSS STONE, JAMES MORRISON e BILLY TALENT (sábado / 2009) e THE CURE, MY BLOODY VALENTINE, YEAH YEAH YEAHS, PAUL WELLER, PETER BJORN AND JOHN, THE ORB, PUBLIC ENEMY, GROOVE ARMADA, PERRY FARRELL e FRIENDLY FIRES (domingo / 2009), JAY-Z, LCD SOUNDSYSTEM, THEM CROOKED VULTURES, VAMPIRE WEEKEND, dEADMAU5, PUBLIC IMAGE LIMITED, THE SPECIALS, GRIZZLY BEAR, ECHO & THE BUNNYMEN, GRACE JONES, PERRY FARRELL e PRETTY LIGHTS (sexta / 2010), MUSE, FAITH NO MORE, TIËSTO, MGMT, DAVID GUETTA, THE DEAD WEATHER, HOT CHIP, DEVO, COHEED AND CAMBRIA, KASKADE, GOSSIP, LES CLAYPOOL (baixista e vocalista do PRIMUS), THE RAVEONETTES, TOKYO POLICE CLUB, PORCUPINE TREE e PRETTY LIGHTS (sábado / 2010) e GORILLAZ, PAVEMENT, THOM YORKE ????, PHOENIX, ORBITAL, SPOON, SLY & THE FAMILY STONE, DE LA SOUL, GARY NUMAM, YO LA TENGO e MATT & KIM (domingo / 2010), KINGS OF LEON, THE BLACK KEYS, INTERPOL, THE CHEMICAL BROTHERS, CEE LO GREEN, COLD WAR KIDS, THE DRUMS e SKRILEX (sexta / 2011), ARCADE FIRE, ANIMAL COLLECTIVE, MUMFORD & SONS, BRIGHT EYES, EMPIRE OF THE SUN, BIG AUDIO DYNAMITE, STEVE ANGELLO, THE KILLS, PAUL VAN DYK, SCISSOR SISTERS, THE NEW PORNOGRAPHERS, GOGOL BORDELLO, CAGE THE ELEPHANT, TWO DOOR CINEMA CLUB e FOALS (sábado / 2011) e KANYE WEST, THE STROKES, DURAN DURAN, THE NATIONAL, PJ HARVEY, DEATH FROM ABOVE 1979, WIZ KHALIFA, NAS & DAMIAN MARLEY, FOSTER THE PEOPLE e os brazucas do CSS (Cansei De Ser Sexy) (domingo / 2011), THE BLACK KEYS, PULP, ARCTIC MONKEYS, AMON TOBIN, THE RAPTURE, JIMMY CLIFF, FRANK OCEAN, THE BLACK ANGELS e ATARI TEENAGE RIOT (sextas dias 13 e 20 / 2012), RADIOHEAD, BON IVER, THE SHINS, DAVID GUETTA, NOEL GALLAGHER'S HIGH FLYING BIRDS, KASKADE, MiiKE SNOW, ANDREW BIRD, FIREHOUSE, MANCHESTER ORCHESTRA, KASABIAN, AZEALIA BANKS, SQÜEEZE, BUZZCOCKS, KAISER CHIEFS, DESTROYER, BLACK LIPS e THE VACCINES (sábados dias 14 e 21 / 2012) e DR. DRE & SNOOP DOGG, AT THE DRIVE IN, JUSTICE, FLORENCE + THE MACHINE, THE WEEKND, GIRL TALK, CALVIN HARRIS, THE HIVES, DJ SHADOW, SANTIGOLD e SKULLS (domingos dias 15 e 22 / 2012), e THE STONE ROSES, BLUR, YEAH YEAH YEAHS, MODEST MOUSE, JURASSIC 5, GRINDERMAN, BASSNECTAR, BAND OF HORSES, OF MONSTERS AND MEN, FOALS, JELLO BIAFRA & THE GUANTANAMO SCHOOL OF MEDICINE, LEE "SCRATCH" PERRY e JAMES McCARTNEY (sextas dias 12 e 19 / 2013), PHOENIX, THE XX, THE POSTAL SERVICE, SIGUR RÓS, NEW ORDER, HOT CHIP, GRIZZLY BEAR, KNIFE PARTY, BENNY BENASSI, FRANZ FERDINAND, TWO DOOR CINEMA CLUB, MOBY, VIOLENT FEMMES e BIFFY CLYRO (sábados dias 13 e 20 / 2013) e RED HOT CHILI PEPPERS, NICK CAVE AND THE BAD SEEDS, VAMPIRE WEEKEND, SOCIAL DISTORTION, WU-TANG CLAN, PRETTY LIGHTS, THE LUMINEERS, DEAD CAN DANCE, JAMES BLAKE, PAUL OAKENFOLD, DINOSAUR JR. e GHOST B.C. (domingos dias 14 e 21 / 2013).

Um grandioso festival realizado numa belíssima (e quentíssima) locação. Já faz parte da história e ainda têm muitas belas páginas a serem escritas.

Esses foram os grandes e importantes festivais norte-americanos surgidos nesse período. Podem ser poucos em quantidade, mas são uma página indispensável da história, e de uma grandeza em termos de qualidade e importância impossível de quantificar.

Na segunda parte sobre os anos 90 abordaremos os grandes festivais europeus que surgiram nessa década e que hoje formam grande parte do circuito europeu de festivais de verão. Em breve.


Festivais: A História Contada Desde Os Primórdios

Festivais: A História Contada Desde Os Primórdios - Anos 60Festivais
A História Contada Desde Os Primórdios - Anos 60

Festivais: A História Contada Desde Os Primórdios - Anos 70Festivais
A História Contada Desde Os Primórdios - Anos 70

Festivais: A História Contada Desde Os Primórdios - BrasilFestivais
A História Contada Desde Os Primórdios - Brasil

Festivais: A História Contada Desde Os Primórdios - Anos 80Festivais
A História Contada Desde Os Primórdios - Anos 80

Festivais: A História Contada Desde Os Primórdios - Anos 90 (Europa)Festivais
A História Contada Desde Os Primórdios - Anos 90 (Europa)

Festivais: A História Contada Desde Os Primórdios - Anos 2000

Todas as matérias sobre "Festivais: A História Contada Desde Os Primórdios"




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Cradle of Filth: Chimbinha, do Calypso, usando camiseta?Cradle of Filth
Chimbinha, do Calypso, usando camiseta?

Carlos Eduardo Miranda: Um monte de roqueirinho que só quer ser da GloboCarlos Eduardo Miranda
"Um monte de roqueirinho que só quer ser da Globo"


Sobre Leandro Da Silva Rico

Músico, baixista, letrista, escritor, tradutor e formado em Licenciatura em Música pela faculdade Unisantanna, em São Paulo.

Mais matérias de Leandro Da Silva Rico no Whiplash.Net.

Cli336x280 CliIL Cli336x280 CliInline WhipDin