Mulheres: Metal não é só estilo, mas beleza e agressividade

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Lina Rezende, Fonte: Sites oficiais das bandas
Enviar correções  |  Comentários  | 

Aquela velha história de que as mulheres são o sexo frágil já ficou no passado. Hoje, elas provam que podem ser ferozes e muito mais agressivas que muitos homens. Prova disso se encontra principalmente dentro de um dos gêneros mais pesados da música internacional, que é o Metal. Bandas do mundo inteiro vêm crescendo e se aprimorando através das vozes delas e é a partir disso que irei mostrar algumas bandas que, com suas talentosas vocalistas, conseguiram chegar ao topo de grandes sucessos e cresceram dentro de seus próprios estilos.

652 acessosEpica: EP The Solace System será lançado em setembro5000 acessosVitão Bonesso: A imensa coleção do apresentador do Backstage


Arch Enemy: E para quem acha que Death Metal não é para mulheres se engana quando ouve Angela Gossow cantar. A cantora alemã é vocalista na banda Arch Enemy formada em 1995 na Suécia, que traz além do Death Metal vários outros estilos deste subgênero do Heavy Metal, caracterizando o som da banda como Death Metal Melódico. Assim, os riffs da guitarra, compostos por Michael Amott, contrastam bastante peso, mas sem perder a melodia. Angela tem influências de bandas consagradas como Morbid Angel, Carcass, Cannibal Corpse e Death. A banda já lançou 9 álbuns de estúdio desde 1996, sendo que apenas em 2001 é lançado o Wages Of Sin com Angela já no vocal. Arch Enemy já está em estúdio para um novo álbum, mas ainda contempla o sucesso do último álbum, lançado no ano passado, Khaos Legions.

Destaque para as músicas: Fields of Desolation (Wages of Sin 2001), We Will Rise (Anthems of Rebellion 2003), Nemesis (Doomsday Machine 2005), Vengeance Is Mine e Yesterday Is Dead And Gone (Khaos Legions 2011).

Tristania: Uma banda bastante reverente, trazendo diferentes estilos, desde o seu começo até hoje. Variando entre Black e Death Metal até mesmo no Doom, em seus primeiros álbuns é possível perceber sons baseados em riffs principalmente de Gothic Metal, instrumentos clássicos eruditos e vocais femininos teatrais. Em álbuns posteriores, a banda procurou balancear mais o vocal gutural de Anders Høyvik Hidle, assumindo riffs progressivos em seu som. Fundada em 1996 na Noruega, a banda já passou por grandes mudanças em sua vocalista causando algumas polêmicas entre os fãs. Tendo a célebre Vibeke Stene desde a criação da banda até 2007, quando Mariangela Demurtas assume o posto e mostra ser mais do que apenas uma linda vocalista de Gothic Metal. Apesar da cantora já ter excursionado com o Tristania em turnê pela América do Sul e em alguns países europeus, Mariangela gravou apenas um único álbum fonográfico com a banda em 2010 desde sua entrada. A cantora italiana foi uma das responsáveis por trazer a vitalidade e uma nova confiança ao Tristania.

Destaque para as músicas: My Lost Lenore (Widow's Weeds 1998), Equilibrium (Ashes 2005), Sanguine Sky (Illumination 2007), Year of the Rat (Rubicon 2010).

Eths: A França, nos últimos anos, tem se mostrado de grande importância para o cenário da música internacional, principalmente para o Metal. A banda Eths é um bom exemplo. Criada em meados de 1999 em Marselha na França, a banda tem se concentrado no começo da carreira em seu país natal, mas após o sucesso do álbum de 2003 (Sôma), foi o impulso necessário para a banda começar a expandir sua música não só em território europeu, mas como também, no mundo inteiro. O principal foco, sem dúvidas se encontra na talentosa vocalista Candice, com momentos doces e calmos nos vocais limpos, mas também, pesados e carregados, com fortes gritos rasgados. O estilo da banda é bastante eclético, passando de Metalcore à Nu Metal, mas com fortes tendências do Metal Industrial. As letras do Eths se destacam por retratar a infância de Candice em histórias mórbidas, melancólicas e conflituosas, capazes de proporcionar uma grande viagem pela a vida da cantora. No entanto, ainda este ano, a banda anunciou a saída de Candice por questões pessoais e quem assume seu lugar temporariamente, é a vocalista da banda Kells, Virginie Goncalves. Candice cumprirá a sua agenda de shows e turnês até o fim deste mês, até encontrarem uma vocalista apta para a banda.

Destaque para as músicas: Animadversion (Samantha 2002), Crucifère (Sôma), Pourquoi e Des Hommes Bons (Autopsie 2004), Tératologie (Tératologie 2007) e Harmaguedon (III 2012).

Eluveitie: Entre o Folk Metal e o Metal Melódico, Eluveitie é uma das principais bandas precursoras do estilo. Formada em 2002 na Suíça, mas só lançou seu primeiro álbum apenas em 2007, intitulado Spirit. Eluveitie se encaixa naquele tipo de banda que vai muito além de simplesmente fazer música, mas como também, trazer a história de seu país nas letras, retratando guerras medievais clássicas e até mesmo no idioma usado nas músicas, o já extinto gaulês. Grande destaque para o peso do vocal de Chrigel Glanzmann, trazendo a emoção combinado aos instrumentos clássicos da cultura celta e as guitarras, que dão uma completa sintonia e o uso liberal dos instrumentos. Mas, o foco principal de Eluveitie está na belíssima vocalista, Anna Murphy, que traz o equilíbrio perfeito da sonoridade limpa e aguda nas músicas. Anna também é a sanfonista da banda, mostrando muita qualidade e um grande diferencial nas músicas.

Destaque para as músicas Slania's Song (Slania 2008), Brictom, Ne Regv Na, Omnos (Evocation I – The Arcane Dominion 2009), A Rose For Epona e Alesia (Helvetios 2012).

Epica: É uma banda holandesa de Metal Sinfônico fundada por Mark Jansen após deixar o posto de guitarrista no After Forever, no final de 2002. A banda varia entre o vocal gutural de Mark e o meio-soprano e lírico de uma das mulheres mais poderosas dentro do Metal Sinfônico, Simone Simons. A cantora começou no mundo musical já aos 10 anos de idade e cinco anos mais tarde, se encantou com a ex-vocalista do Nightwish, Tarja Turunen, vocalista na época. Assim, começou a aprimorar seus estudos no canto lírico, fazendo parte de corais holandeses que deixaram Simone mais perto do vocal erudito, sendo bastante importante para sua carreira e para o desenvolvimento do Epica. Ao longo de seus primeiros cinco anos na banda, a vocalista já lançou 12 álbuns fonográficos, sendo o primeiro The Phanton Agony, lançado em 2003. As letras do Epica retratam vários temas, como amor, ódio, o sentido da vida, assim como as religiões e a cultura.

Destaque para os singles: Cry For The Moon (2004), Solitary Ground e Quietus (2005), Never Enough (2007), Chasing Of Dragon (2008).

The Agonist: Pendendo para os estilos Metalcore e Metal Melódico, o The Agonist foi iniciado em 2004, em Montreal no Canadá. A banda é conhecida principalmente pela capacidade da vocalista Alissa White-Gluz em fazer o vocal limpo e o vocal gutural, trazendo bastante peso nas músicas. Foi considerada uma das vocalistas mais quentes dentro do Metal pela Revolver em 2007 e em 2009 e não restam dúvidas disso. A banda tem influências de bandas consagradas como Pantera, Radiohead e até mesmo Opeth, contracenando estilos diferentes de cada membro. Com o primeiro álbum lançado em julho de 2007, intitulado Once Only Imagined e com o sucesso recente de Prisoners lançado este ano, a banda vai crescendo a cada dia, construindo um cenário na música pesada que somente eles conseguem fazer.

Destaque para as músicas: Take A Bow (Once Only Imagined 2007), Thank You, Pain, ...and Their Eulogies Sang Me To Sleep e The Tempest (The Siren's Song; The Banshee's Cry) (Lullabies For The Dormant Mind 2009), Ideomotor e You're Coming with Me (Prisoners 2012).

Tantal: Formada em 2004, a banda faz parte do cenário russo do Metal. Uma banda bastante diferente de muitas que conhecemos dentro dos gêneros como o Metal Progressivo e o Melódico Death Metal, principalmente por ter uma mulher como vocalista, Sofia Raykova. Após várias mudanças desde 1998 até meados de 2007, a banda somente lança seu primeiro e único álbum até então, oficialmente em 2009, intitulado em The Beginning Of The End, iniciando-se assim, os trabalhos ativos na Europa. O álbum que mistura vários estilos, os já citados, como também o Death, Thrash e até mesmo Metal Moderno, trazendo momentos carregados e melódicos. A banda vem crescendo ao poucos no palco do Metal, mas já mostra grande talento e qualidade para continuar na estrada.

Destaque para as músicas: Beginning of the End, Suicide, When clarity comes... e Lifeless Existence (The Beginning Of The End 2009).

São várias as bandas que ainda entram neste estilo e mostram beleza, talento e dão um novo ar à música pesada. Elas estão ganhando cada vez mais popularidade, passando por cima de tabus e preconceitos, e são elas, que fazem parte da graciosidade do Metal.

Fontes:
http://www.archenemy.net/
http://www.epica.nl/
http://www.eths.net/
http://www.tristania.com/
http://www.theagonist.net
http://www.eluveitie.ch/
http://www.tantalweb.ru

5000 acessosMulheres no Rock: resistência em um meio machista5000 acessosCristina Scabbia: "muito orgulho de ser mulher"5000 acessosAngela Gossow explica o papel da mulher no Metal5000 acessosAndre Matos: o que ele faria se fosse mulher por um dia?5000 acessosAngela Gossow: "Mulher numa banda de Metal incomoda!"5000 acessosG1: site lista as 15 roqueiras mais importantes da história5000 acessosBe Blues: as mulheres na história do Blues5000 acessosMulheres e guitarras: as mais importantes segundo a Gibson5000 acessosGutural: mulheres que fazem vocal em bandas de Metal5000 acessosDuetos: 10 dos mais fabulosos com mulheres e guitarristas5000 acessosMulheres no Rock: as mais importantes segundo rádio inglesa5000 acessosMulheres Negras: confira algumas que sabem fazer rock5000 acessosMulheres: as bandas mais famosas em suas versões femininas5000 acessosMulheres no Metal: assista documentário sobre a cena brasileira1640 acessosDia da Mulher: relembre fatos marcantes da carreira de Joan Jett5000 acessosBateria Fácil: mulheres bateras que você tem que saber quem são1832 acessosPlanno D: O crescimento das mulheres no Metal909 acessosShadowside: "Nunca fui desrepeitada por ser mulher"3266 acessosArch Enemy: o positivo e o negativo de ser uma mulher no metal5000 acessosMetal Calcinha: onze bandas lideradas por mulheres5000 acessos8 de março: Algumas das mulheres que marcaram o Rock e Metal

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Simone SimmonsSimone Simmons
"Tenho cérebro, não sou apenas peitos e bunda"

652 acessosEpica: EP The Solace System será lançado em setembro0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Epica"

Musas do MetalMusas do Metal
As bandas que elas ouvem quando estão em casa

Feias que me perdoemFeias que me perdoem
Musas do Rock e Heavy Metal

CapasCapas
As 10 mais bonitas lançadas em 2014 eleitas por blog

0 acessosTodas as matérias da seção Matérias0 acessosTodas as matérias sobre "Arch Enemy"0 acessosTodas as matérias sobre "Tristania"0 acessosTodas as matérias sobre "Eths"0 acessosTodas as matérias sobre "Eluveitie"0 acessosTodas as matérias sobre "Epica"0 acessosTodas as matérias sobre "Agonist"0 acessosTodas as matérias sobre "Tantal"

Collectors RoomCollectors Room
A imensa coleção do apresentador Vitão Bonesso

BateristasBateristas
Os dez músicos mais loucos de todos os tempos

MegadethMegadeth
As 10 maiores tretas da história de Dave Mustaine

5000 acessosMegadeth: Dave explica por que não tocar "The Conjuring"5000 acessosDoors - Perguntas e Respostas5000 acessosMascotes do Metal: os dez maiores segundo The Gauntlet5000 acessosZakk Wylde: guitarrista quer funeral Viking4152 acessosOzzy Osbourne: entre artistas com letras mais mal interpretadas5000 acessosHeavy Metal: os 11 melhores álbuns da década de 70

Sobre Lina Rezende

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online