Metallica: as 10 melhores músicas segundo a Loudwire

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Metallica: as 10 melhores músicas segundo a Loudwire


  | Comentários:

O site Loudwire.com publicou uma lista com as dez melhores músicas do METALLICA, na opinião de seus editores. Confira a lista abaixo:

10. "Fuel"

"Fuel" é a música mais popular do disco "ReLoad" de 1997, e é difícil argumentar que ela não é uma das melhores músicas do METALLICA. Com a introdução feroz entregue a cappella por James Hetfield, nunca a música dá um descanso nos seus quatro minutos e meio. 'Fuel' definitivamente apresenta-se como a canção mais rápida e mais "na-sua-cara" de 'ReLoad' - e, possivelmente, supera qualquer melodia do álbum anterior da banda, "Load".

9. "Fade To Black"

Chame isso de uma balada, se quiser, mas "Fade to Black" é uma das melhores músicas do METALLICA. Se por nenhuma outra razão, por mostrar o quão talentosa a banda realmente é. Sendo a primeira canção verdadeiramente do METALLICA, abrange o tema do suicídio e é a primeira faixa em que o guitarrista Kirk Hammett recebeu crédito de co-autor. Apesar de ser em ritmo lento, a melodia ainda transmite brutalidade e intensidade, seja por meio de letras de Hetfield ou dos solos de guitarra de Hammett.

8. "...And Justice For All"

Uma das músicas mais complexas em catálogo do METALLICA, "... And Justice for All" se estende por quase 10 minutos de duração. Devido à sua complexidade e extensão, tem sido uma raridade para os fãs a apreciar a música ao vivo nos shows do METALLICA. No entanto, a ausência comum da canção nos setlists não a faz menos poderosa. Os fãs da banda tinha grandes expectativas depois do 'Master of Puppets' e com a faixa título do '... And Justice for All", o METALLICA provou que eles ainda estavam no topo do mundo do metal.

7. "Battery"

Selecionar a ordem das faixas de 'Master of Puppets' foi sem dúvida uma tarefa difícil, mas escolher 'Battery' para abrir o álbum foi um golpe de génio. A música abre com um riff de guitarra acústica - assim como a faixa de abertura de 'Ride the Lightning' - que faz a banda entrar completa com força e intensidade. A música é uma das favoritos do atual baixista Robert Trujillo que participou das audições do METALLICA por causa de sua sintonia, aprofundando o status lendário do baixista Cliff Burton.

6. "For Whom The Bell Tolls"

Inspirada no romance de Ernest Hemingway de mesmo nome, é uma das canções mais tocadas em shows do METALLICA. Tornou-se uma das favorito dos fãs, sem dúvida, devido à abertura original (que soa como uma guitarra, mas é na verdade o som de Cliff Burton tocando um baixo cheio de distorções).

Saiba um pouco mais sobre essa música nesta matéria do Whiplash.

Metallica: veja cena de Ulrich em filme sobre Hemingway

5. "Seek and Destroy"

"Seek and Destroy' fez sua primeira aparição numa fita demo do METALLICA, "No Life 'til Leather". Trinta anos depois, ela ainda se destaca como uma das maiores canções da banda. Desde cerca de 2004, tem sido frequentemente escolhida para terminar seus shows ao vivo. Com influências óbvias de bandas como DIAMOND HEAD e SAXON, "Seek and Destroy" se transformou em um hino para os fãs de METALLICA em todo o mundo, com o riff de guitarra lancinante de abertura e as letras brutais se acumulando num climático e poderoso refrão.

4. "One"

O último single a ser lançado do "... And Justice for All", 'One' se destaca como uma das melhores músicas gravadas pelo METALLICA por causa de sua construção, a partir de um processo lento, limpo e aterrorizante de abertura, passando para a porradaria no final. Esse final apresenta um solo inesquecível de cara do machado Hammett, bem como uma exibição demolidora do kit de bateria Lars Ulrich. Para tornar a música ainda melhor, foi para ela que o METALLICA gravou seu primeiro clipe, um vídeo escuro que contém filmagens do filme anti-guerra de 1971, "Johnny Got His Gun", com fotos da banda tocando a música.

3. "Enter Sandman"

"Enter Sandman" pode ter um dos mais conhecidos riffs de guitarra, e como primeira faixa, prepara o terreno para o auto-intitulado disco de 1991 do METALLICA (também conhecido como "The Black Album"). Com um tema escuro, que segue uma criança e seus pesadelos, um dos momentos mais memoráveis ​​da carreira do METALLICA vem quando o filho de produtor Bob Rock recita a linha "Now I lay me down to sleep" ao lado de Hetfield. Hoje em dia, os fãs podem ouvir a música em vários lugares diferentes, incluindo jogos de futebol, jogos de beisebol e uma série de outros eventos esportivos.

2. "Creeping Death"

Inspirada na Bíblia, especificamente no livro do Êxodo, o METALLICA entrega um clássico instantâneo do thrash em seu segundo álbum de estúdio. Embalado com o som característico do METALLICA, a música também se transformou em uma constante nos shows do METALLICA.

1. "Master of Puppets"

Uma das melhores músicas de heavy metal de todos os tempos, 'Master of Puppets' abre com um riff esmagador de guitarra que carrega a música por mais de oito minutos e meio. A obra dinâmica que cobre o tema das drogas e da toxicodependência tornou-se um pilar nos sets ao vivo do METALLICA. Foi tocada uma quantidade inumerável de vezes por bandas de vários gêneros diferentes, e teria sido a faixa favorita de Cliff Burton. Enquanto os fãs irão discutir sobre isso por muitos anos, 'Master of Puppets' está no topo da nossa lista das 10 melhores músicas do Metallica de todos os tempos.


Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Os responsáveis são citados no texto. Não culpe os editores do Whiplash.Net. :-)

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Melhores e Maiores
Todas as matérias sobre "Metallica"

Faixas Instrumentais: VH1 elege as 20 melhores do Hard e Metal
Homenagens: Canções inspiradas em músicos falecidos
Falsificação: polícia inglesa apreende camisetas falsas
Dio: Tributo faz jus à sua importância para a música pesada
Dedo x Palheta: Jason Newsted joga gasolina na fogueira do debate
Metallica: Vídeo oficial de "One" e "Orion" em Buenos Aires
Metallica: as mil expressões faciais de Lars Ulrich
Metallica: "Sempre seremos criativos", diz Kirk
Metallica: monstro de Jump In The Fire em edição limitada
Guitar World: 11 Álbuns Essenciais do Thrash Metal
Metallica: saiba quanto a banda faturou na América do Sul
Metallica: Confira "The Unforgiven" e "And Justice" na Argentina
Kiss: Paul Stanley continua questionando o Rock Hall Of Fame
Morbid Angel e Metallica: bandas em novo quadro do Arte Extrema
Metallica: banda disponibiliza imagens do show no Paraguai

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas