Scorpions: banda começa a trabalhar em novo álbum

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Scorpions: banda começa a trabalhar em novo álbum


  | Comentários:

O veterano SCORPIONS já deu início ao processo de composição do sucessor de “Humanity Hour I”, lançado em maio de 2007. O periódico Deutsche Welle conversou com o vocalista Klause Meine sobre esse e diversos outros assuntos. Os principais excertos você confere logo a seguir:

Deutsche Welle — Por que vocês decidiram se estabelecer em Hanover? Muitas estrelas preferem se mudar para Nova Iorque ou Los Angeles, mas vocês preferiram permanecer em uma pequena cidade alemã.

Klaus Meine — O mais importante de tudo é você ter um lugar para voltar, onde suas raízes, família e amigos estão. São coisas que você não pode transplantar. Somos cosmopolitas, estivemos viajando ao redor do mundo por muitos anos. Onde quer que estejamos, a música nos ajuda a conectar ao lugar e nunca nos sentimos como estranhos, seja na Sibéria ou na Amazônia. Mas é muito importante poder voltar para o lugar onde suas raízes estão.

Deutsche Welle — Recentemente vocês foram agraciados com um prêmio Echo pelo conjunto de suas obras. Isso fez com que você se sentisse velho?

Meine — Não, não. Nós ficamos muito honrados. O prêmio Echo é muito importante, e foi uma honra para nós recebermos um. Não vemos isso como um capítulo final, mas sim como um incentivo, motivação para que continuemos tocando para nossos fãs nos anos vindouros, é isso que nos manteve ativos esses anos todos — ou seja, realizar um sonho tocando música.

Deutsche Welle — No momento, vocês estão trabalhando em quê?

Meine — Estamos em estúdio no momento preparando um novo projeto. Depois de um 2008 bem turbulento, com 60 shows em 22 países, estamos tomando um fôlego e recarregando as nossas baterias. Mas também em estado criativo. Estamos compondo novas músicas, que com sorte terminaremos até o fim do ano. E está sendo muito divertido, sobretudo após tantos concertos.

Deutsche Welle — A música “Wind of Change”, uma de suas mais conhecidas, tornou-se uma espécie de hino político no leste europeu. Essa música foi concebida para ser uma espécie de ode à Perestroika [N. do T.: uma das políticas introduzidas na União Soviética por Mikhail Gorbatchev, em 1985, que tem como significado 'reestruturação econômica']?

Meine — Claro que não. Quando você compõe uma música, tem que ter um certo sentimento sobre ela, mas você nunca sabe como isso vai se desenvolver ou o que vai se tornar — se ele estará na lista das dez mais, ou se vai se tornar um hit internacional que acaba se tornando um hino bem no fim da Guerra Fria, para muitas pessoas de leste a oeste. Algo assim não pode ser imaginado ou planejado. A única coisa que fiz foi tentar expressar, na música, todas as emoções e todas aquelas experiências em 1988 e 1989. Tínhamos a sensação de que o mundo estava mudando diante de nossos olhos, e por fim em agosto de 1989, em Moscou. Tínhamos aquela sensação de que a Guerra Fria poderia acabar logo, mas é claro que ninguém imaginava que o Muro de Berlim cairia alguns meses mais tarde, e aquilo tudo em nosso país, a Alemanha, e logo em seguida no leste europeu. Então, essa música tem uma história em particular, que vai muito além do conceito de hit. É uma sensação ótima saber que aquela canção tocou tantas pessoas e, para muitos, ela sempre estará associada a esses eventos históricos.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Entrevistas
Todas as matérias sobre "Scorpions"

Scorpions: novamente no Brasil, pela primeira vez no Ceará?
Scorpions: fãs se perguntam sobre desaparecimento de James Kottak
Scorpions: 30 anos de "Love At First Sting"
Plexiheads: abertura do show de Uli Jon Roth no Manifesto Bar
Uli Jon Roth: Plateia pequena porém fiel e empolgada no RJ
Uli Jon Roth: ex-Scorpions neste sábado em SP
Uli Jon Roth: prometendo show cheio de clássicos no Manifesto Bar
Scorpions: campanha no Facebook pede banda no Rock in Rio
Scorpions: Resenha do Unplugged MTV in Athens
Aerosmith: Michael Schenker lembra do teste para a banda em 1979
Scorpions: quatro dos cinco maiores guitarristas da Alemanha
Scorpions: unboxing de Live In Athens Deluxe por fã brasileiro
Scorpions: banda está gravando cover da era Dio do Rainbow
Michael Schenker: The Attack Of The Mad Axeman atinge NYC
Scorpions: por que a banda não se aposentou conforme anunciado?

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Thiago Coutinho

Formado em Jornalismo, 23 anos, fanático por Bruce Dickinson e seus comparsas no Maiden. O heavy metal surgiu na minha vida quando ouvi o vocalista da Donzela de Ferro em "Tears of the Dragon", em meados de 1994. Mas também aprecio a voz de pato bêbado do controverso Dave Mustaine, a simplicidade do Ramones, as melodias intrincadas do Helloween, a belíssima voz de Dio ou os gritos escabrosos de Rob Halford. A Whiplash apareceu em minha vida sem querer, acho que seus criadores são uns loucos amantes de rock e acredito que este seja o melhor site de rock do país, sem qualquer demagogia!

Mais matérias de Thiago Coutinho no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas