Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden tocou no primeiro show de 2022

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"

imagemVeja Iron Maiden tocando músicas do "Senjutsu" pela primeira vez ao vivo

imagemAndre Matos sempre foi de esquerda e reprovaria governo atual, diz irmão do maestro

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park


Stamp

Black Label Society: resenha e fotos do show em Porto Alegre

Resenha - Black Label Society (Bar Opinião, Porto Alegre, 30/03/2019)

Por Guilherme Dias
Em 09/04/19

Fotos por Liny Oliveira

No último sábado do mês de março do ano de 2019, o Black Label Society iniciou a sua turnê latino-americana em solo gaúcho. O tradicional Bar Opinião estava lotado e recebeu Zakk Wylde e companhia com muita energia.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A abertura ficou a cargo da Rebel Machine, que mescla as essências do rock and roll e hard rock de diversas épocas. Formada por Marcelo Pereira (vocal e guitarra), os irmãos Bittencourt, Murilo e Marcel (guitarra e baixo, respectivamente), e Chantós Mariani (bateria). Logo de cara notou-se a identidade da banda com os dizeres "No place for Fascism" estampados na camisa de Marcel e no discurso de Marcelo, dizendo que o rock and roll é um espaço de rebeldia, não de conformismo.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

No repertório, canções como "Don’t Tell Me I’m Wrong", "Down the Road", "Run Away" e "Life is Fuckin’ Good" do álbum "Nothing Happens Overnight" (o primeiro da banda, lançado em 2016), e também músicas do vindouro álbum "Whatever it Takes" com previsão de lançamento para maio desse ano. Foram elas "Square One" (single lançado em março) e "Full Throttle". O tempo foi curto, porém o suficiente para a banda apresentar a sua criatividade e o que possui de melhor. Os backing vocals foram encantadores e surpreendentes, com presença de todos os músicos. Ao final, Marcelo agradeceu a produção, o Black Label Society e a toda a equipe, que fez um trabalho extraordinário.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Por volta das 20 horas e 20 minutos, o Black Label Society subiu no palco do Opinião para o show que promove o álbum "Grimmest Hits", lançado em 2018. A formação é a mesma desde 2014, com: Zakk Wylde (vocal e guitarra), John DeServio (baixo), da primeira formação e fixo na banda desde 2005, Dario Lorina (guitarra) e Jeff Fabb (bateria), ambos desde 2014.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A primeira da noite foi "Genocide Junkies" (do álbum "1919 Eternal" de 2002), seguida de "Funeral Bell" e Suffering Overdue" do álbum "The Blessed Hellride" (2003). Do álbum "Mafia" de 2005, um dos mais aclamados da banda, foram tocadas a clássica "Suicide Messiah", "Fire it Up" e "In This River", com Zakk largando a guitarra momentaneamente para assumir os teclados e homenagear os falecidos irmãos Dimebag Darrell e Vinnie Paul Abbott que viverão para sempre nos corações de quem ama o metal e principalmente o Pantera. Esse foi o momento para aplaudir demais e chorar no canto, visto que foram colocados dois panos com a imagem dos músicos no palco. Do primeiro álbum do BLS "Sonic Brew" (1998) foi apresentada "Spoke in the Wheel", com Zakk nos teclados novamente. Dario também teve o seu momento piano em "Bridge to Cross" ("1919 Eternal").

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Em "Concrete Jungle" ("Shot to Hell", 2006) um duelo de guitarra sensacional entre Zakk e Dario. A última pedrada da noite foi "Stillborn" ("The Blessed Hellride"). O público gaúcho já teve diversas possibilidades de assistir Zakk e seus companheiros ao vivo e toda a vez é a mesma coisa, o bar Opinião completamente lotado. Destaque para a qualidade sonora do evento, pois ouvia-se com clareza todos os detalhes de todos os instrumentos e também o visual, com diversas luzes que se adequavam com perfeição a cada nuance do espetáculo. O povo gaúcho não precisa se preocupar, a única certeza que temos para os próximos anos é que pra Porto Alegre o Zakk vai voltar, aleluia!

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Set-list completo:

Genocide Junkies
Funeral Bell
Suffering Overdue
Bleed for Me
Heart of Darkness
Suicide Messiah
Trampled Down Below
All That Once Shined
Room of Nightmares
Bridge to Cross
Spoke in the Wheel
In This River
The Blessed Hellride
A Love Unreal
Fire It Up
Concrete Jungle
Stillborn

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

imagemZakk Wylde comenta novo clipe do BLS; "é tão bom que aliviou minha coceira na virilha"

imagemO duro recado do médico de Zakk Wylde que fez o guitarrista parar de beber

imagemZakk Wylde revela quais foram os artistas que o fizeram se interessar pela música

imagem"Zakk Wylde não ama heavy metal tanto quanto eu", diz Tom Morello

imagemZakk Wylde: a inusitada reação do guitarrista ao ouvir Black Sabbath pela primeira vez

imagemZakk Wylde relembra o amigo Dimebag: "Ele era como o Papai Noel com uma barba rosa"

imagemLoudwire: 50 álbuns de rock and roll e heavy metal que completarão 20 anos em 2022




Sobre Guilherme Dias

Fanático por heavy metal e hard rock desde os 12 anos de idade. Coleciona CDs e LPs, principalmente do Helloween e seus derivados. Colabora com o site desde 2013. Nasceu em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

Mais matérias de Guilherme Dias.