Enforcer: Um show agressivo e matador em Sorocaba

Resenha - Enforcer (Pirilampus Bar, Sorocaba, 26/02/2016)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rafael Lemos
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

A banda sueca de Heavy Metal Enforcer realizou a sua apresentação na cidade de Sorocaba, que entrou orgulhosamente para a "From Beyond World Tour". Sorocaba sempre fez parte da rota de vários shows nacionais e internacionais desde os anos 90 e o Enforcer não podia deixar a cidade passar em branco.

5000 acessosMetallica: as 10 melhores músicas segundo a Loudwire5000 acessosAs regras do Death Metal

O evento inicialmente contaria com as bandas de abertura Zumbis do Espaço, Harppia e Salário Mínimo. Depois, o cast foi mudado para Executer, Nosferatu, Guerreiros Headbangers, Zumbis do Espaço e Harppia, um número exagerado de bandas de abertura, o que fez com que o Enforcer não encerrasse o evento: subiram ao palco no meio da noite, antes de todas as bandas tocarem. Como a ordem não importa muito, quem esteve presente pode presenciar um show agressivo, matador, Heavy Metal do começo ao fim.

O show do Enforcer foi curto mas eficiente, pois tocaram desde músicas já consagradas dos antigo albuns (Mesmerized by fire, Run for your life, Midnight vice-que fechou a noite, além de outros clássicos) e várias do último trabalho, "From beyond (a grandiosa faixa título, entoada por todos os headbangers presentes como um hino de guerra, Undying Evil, Hell will follow e outras tantas). Infelizmente, o publico estava em número reduzido por algum motivo que desconheço e esse fato não desanimou a banda, que entrou com muita energia no palco e assim continuou até o final, misturando emoção e profissionalismo do começo ao fim.

O baixista Tobias Lindqvist deu o peso às músicas junto com Jonas Wikstrand, o baterista. Joseph Tholl fez duetos perfeito na guitarra em conjunto com o guitarrista e vocalista Olof Wikstrand. Todos eles têm uma presença no palco que cativa o público, em especial Olof que não parou um segundo sequer.

O show também contou com um cover para "Countess Bathory", do Venom, cantada por Joseph - interessante, mas particularmente eu preferia que tivessem executado outro som de autoria deles ao invés de um cover, pois o Enforcer tem créditos de sobra pra isso.

Além da grandiosa apresentação da banda e organização dos produtores e do local, havia artigos sendo vendidos (camiseta, CDs etc) a preço barato, satisfazendo ainda mais quem gosta de adquirir material original.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Enforcer"

NWOTHMNWOTHM
10 bandas novas legais para você conhecer

Novas CarasNovas Caras
Especial 20 novas bandas de metal tradicional

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Enforcer"

MetallicaMetallica
As 10 melhores músicas segundo a Loudwire

HumorHumor
Urros, raiva, dor, sangue! As regras do Death Metal!

CuriosidadesCuriosidades
Quarenta fatos inacreditáveis sobre artistas de rock

5000 acessosAutismo: rockstars famosos autistas, ou com suspeita de autismo5000 acessosO trágico acidente que vitimou o Lynyrd Skynyrd5000 acessosHard Rock: as 25 melhores músicas acústicas do gênero5000 acessosMegadeth: Kiko sugeriu a Mustaine inspiração nos problemas do Brasil5000 acessosSlash: "Adele é uma injeção no braço da indústria"5000 acessosEu Sou Ozzy - A Autobiografia de Ozzy Osbourne

Sobre Rafael Lemos

Rafael Lemos começou a gostar de Heavy Metal, Hard Rock e Progressivo em 1991, sem influência de ninguém, realizando pesquisas sobre as bandas.

Mais matérias de Rafael Lemos no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online