Matérias Mais Lidas

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemRitchie Blackmore revela como o impactou a chegada de Jimi Hendrix na Inglaterra

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemKiko Loureiro defende surgimento de banda que seria "Greta Van Fleet do Iron Maiden"

imagemO clássico dos Rolling Stones que levou mais de 30 anos para ser tocado ao vivo

imagemMetallica faz doação para complexo de saúde e educação em Curitiba

imagemFreddie Mercury revelou em 1985 como foi conciliar carreira solo e o Queen

imagemA simpatia de James Hetfield ao conversar com pais de bebê que nasceu durante show

imagemRobert Trujillo conta como uma abelha e "migué" quase causaram treta com James Hetfield

imagemOzzy Osbourne é visto caminhando com dificuldade ao sair de estúdio

imagemLars Ulrich diz que shows do Metallica na América do Sul foram incríveis

imagemOzzy Osbourne dá sua opinião sobre o streaming e dispara contra Spotify; "É uma piada"

imagemA visão de Arnaldo Antunes sobre sua timidez no período da adolescência

imagemSe vira nos 30: Andre Matos tomou cano de produtor e fez milagre pra agradar fãs


Stamp

Wander Wildner: O show de lançamento do primeiro álbum conceitual

Resenha - Wander Wildner (Bar Opinião. Porto Alegre, 13/03/2015)

Por Guilherme Dias
Em 31/03/15

As noites de sexta-feira 13 sempre possuem um clima instigante no ar. Na noite do dia 13 de março no bar Opinião não foi diferente. O folclórico artista gaúcho Wander Wildner preparou algo muito especial nessa data, o lançamento do seu primeiro álbum conceitual, intitulado "Existe Alguém Aí?".

Um dia de sol precedeu a calorosa noite Porto-alegrense, diferente da música de abertura do show, "Réquiem para uma cidade", que trata de chuva, chuva e mais chuva em Porto Alegre, daquelas que são capazes de "transbordar o riacho Ipiranga", "encharcar os tênis" e "quebrar o guarda-chuva", como citado em sua letra. E que convenhamos, não é difícil de acontecer na capital gaúcha.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A primeira parte do show foi baseada no novo álbum. No seu oitavo disco solo, Wander mostra a sua visão crítica da sociedade . O projeto previa um power trio com Cesar Castro na bateria, Gustavo Chaise no baixo e Wander na voz e na guitarra. Porém a banda recebeu o acréscimo de grandes músicos que foram convidados para a apresentação, como é o caso dos velhos amigos Arthur de Faria (teclado), Jimi Joe (guitarra) e Maurício Chaise (guitarra) e o novo amigo Rust Costa (teclado).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após ótimas músicas como "Naquela noite ela chorou" com a presença de Jimi Joe, "Plantar, colher e depois dançar" com Rust Costa e "Saudade" com Arthur de Faria e Jimi, Wander dedicou um espaço para os seus clássicos.

A primeira foi "Eu não consigo ser alegre o tempo inteiro" (do disco "Paraquedas do Coração", de 2004) que foi cantava por todos os fãs que povoavam todos os ambientes da casa, desde o bar, até a grade em frente ao palco. A primeira participarção de Maurício foi em "Eu acredito em milagres" (versão para a clássica "I Believe in Miracles" dos Ramones, também presente em "Paraquedas do Coração"). A empolgação foi tamanha, que uma das cordas da guitarra de Maurício arrebentou e sem se abalar continuou até o fim da música.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na sequência "Rato de porão" ("Buenos Dias!", 1999), "Mares de cerveja" ("Lá Canción Inesperada", 2008) e "Mundo sem Joey" (cover da banda Carbona) encerraram a segunda parte da apresentação.

Juntos, todos os convidados subiram no palco para o encerramento. O bis teve "Um lugar do caralho" ("Baladas Sangrentas", 1996), "Ele quer ser punk" (Os Replicantes) e "Eu tenho uma camiseta escrita eu te amo" ("Baladas Sangrentas").

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A apresentação foi um prato cheio para os fãs de rock and roll, de punk rock e da carreira de Wander Wildner. O show foi registrado por diversas câmeras, em breve um dvd contendo a apresentação será lançado. A capa de "Existe Alguém Aí?" que embelezou o cenário, embelezará também o futuro lançamento.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Set-list completo:

1. Réquiem para uma cidade (com Arthur de Faria)
2. Naquela noite ela chorou (com Jimi Joe)
3. Numa ilha qualquer (com Arthur)
4. Uma angustia presa na garganta (com Rust Costa)
5. Sua própria companhia
6. Vivendo 100% cada momento
7. Plantar, colher e depois dançar (com Rust)
8. Ela é uma phoenix (com Arthur)
9. Sobrevoando as ruas da cidade (com Arthur)
10. Saudade (com Arthur e Jimi)
11. Eu não consigo ser alegre o tempo inteiro (com Rust e Jimi)
12. O chão (com Jimi)
13. Enquanto a terra girar (com Jimi)
14. Boas notícias (com Jimi)
15. Romântico (com Jimi)
16. Eu acredito em milagres (com Rust e Maurício)
17. Rato de porão (com Maurício)
18. Mares de cerveja (com Maurício)
19. Mundo sem Joey (com Maurício)

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

20. Um lugar do caralho (com todos)
21. Ele quer ser punk (com todos)
22. Eu tenho uma camiseta escrita eu te amo (com todos)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Guilherme Dias

Fanático por heavy metal e hard rock desde os 12 anos de idade. Coleciona CDs e LPs, principalmente do Helloween e seus derivados. Colabora com o site desde 2013. Nasceu em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

Mais matérias de Guilherme Dias.