Toyshop: como foi a apresentação no Two Wheels Brazil 2012

Resenha - Toyshop (Two Wheels Brazil, SP, 20/10/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Julia Sabbaga
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

No começo, havia poucos. A plateia estava calma, dominada principalmente por aqueles que marcavam lugares para o show seguinte, Marky Ramone's Blitzkrieg. Às 18h45, no Two Wheels Brazil, era a vez do TOYSHOP se apresentar. E abrir um show para a estrela principal de um festival nunca é tarefa fácil. Mas o TOYSHOP subiu ao palco, conquistou a plateia e mostrou que voltou de vez.

5000 acessosDavid Bowie: a última foto pública e a última foto privada5000 acessosA7X: Curiosidades sobre a banda que talvez você não saiba

A banda paulistana de punk rock foi formada em 1993, com o nome Party Up. Nesse mesmo ano eles gravaram a primeira demo, Beer Rock, com grande repercussão no meio da música underground no Brasil. O primeiro álbum da banda, com produção de Igor Cavalera, foi gravado nos Estados Unidos e em 98, a banda assinou contrato com a Roadrunner Records e adotou seu nome atual: TOYSHOP. O álbum lançado em 99 emplacou com o Hit Daydream e em 2000, a banda saiu em turnê pelos Estados Unidos e no ano seguinte, pelo Brasil.

Depois dos anos de sucesso, a banda ficou parada. Até agora. Após alguns shows em lugares menores, o TOYSHOP voltou de vez deixando sua marca no Two Wheels Brazil aonde mostrou que está mais vivo do que nunca.

O baixista Nando Machado (que substituiu Rodrigo Ferrari em 2001) estava ausente, porém seu suplente Ricardo Takamatsu foi exemplar. E os integrantes da formação clássica da banda, Val Santos e Gabriel Weinberg (guitarra), Guilherme Martin (bateria) e Natacha Cersosimo (vocal) mostraram vida, talento e animação. Não faltava nada no palco.

O show abriu com a animada “Follow Me”, música que também abre o álbum “Party Up”. A cada música que passava, o TOYSHOP ganhava mais público. Não apenas pelos que já estavam lá e perceberam que a banda estava incrível, como com novos grupos de pessoas que se amontoavam.

A animação da plateia foi contagiante e a execução de sucessos como “I Wanna See You” e “Runaway” conquistaram definitivamente o público. Já pela metade do show com “Just One Time”, a sensação geral era definitivamente positiva. A banda também tocou músicas novas e promissoras como “Back To You” que deve fazer parte do novo álbum da banda a ser lançado em 2013. Quando a banda anunciou que tocaria o cover dos MISFITS, a plateia enlouqueceu. E “Let’s Go Dance” marcou com orgulho o encerramento do show.

Foi bonito e emocionante ver como uma banda pôde marcar seu retorno de um jeito tão positivo. Parecia que a cada música, um fã antigo de TOYSHOP acordava ou renascia. No final do show, a plateia havia triplicado em quantidade e animação, e a vocalista Natacha Cersosimo sentiu a conexão e aproveitou o momento para presentear o público com camisetas da banda.

O retorno do TOYSHOP demorou, mas se continuar do jeito que se mostrou neste fim de semana, vai render muito. E a banda tem tudo para obter enorme sucesso novamente e seu retorno deve ser tão cativante quanto o show do TWB.

Ao sair do palco, o TOYSHOP deixou a todos com sorrisos nos rostos: Tanto os componentes da banda, quanto os roqueiros que agora estavam devidamente prontos e no clima para Marky Ramone.

SET LIST:
1. Follow Me
2. I Wanna See You
3. Somebody
4. So Do It
5. Tonight It’s You
6. Runaway
7. Just One Time
8. Keep Fighting
9. Back To You
10. All Away
11. No Time To Hide
12. Shinning (MISFITS)
13. Let’s Go Dance

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Toyshop"

David BowieDavid Bowie
A última foto pública e a última foto privada

A7XA7X
Curiosidades sobre a banda que talvez você não saiba

MetallicaMetallica
Os fantasticos carros de James Hetfield

5000 acessosBlack Sabbath: O acidente que tirou as pontas dos dedos de Iommi5000 acessosAngra: A carta aberta de Edu Falaschi sobre a sua saída5000 acessosComo formar uma banda de Hard Rock em 69 lições5000 acessosMetallica: Hetfield com vergonha ao relembrar documentário5000 acessosOzzy Osbourne: quem manda no Black Sabbath é o Tony Iommi5000 acessosEm 03/02/1959: Buddy Holly, Ritchie Valens e Big Bopper morrem em acidente aéreo

Sobre Julia Sabbaga

Julia Sabbaga é assistente responsável pela área de marketing e conteúdo do Wikimetal. Formada em Relações Internacionais pela PUC/SP e apaixonada por música em geral. Classic Rock e Punk Rock sempre estiveram no topo das preferências, mas conhecer Heavy Metal tem sido uma grande experiência.

Mais matérias de Julia Sabbaga no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online