Matérias Mais Lidas

Rock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985Rock In Rio
Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985

Eddie Van Halen: ele fez vários fãs queimarem amplificadores ao mentir sobre truqueEddie Van Halen
Ele fez vários fãs queimarem amplificadores ao mentir sobre truque

Pantera: e se Vulgar Display Of Power fosse gravado pelo Metallica?Pantera
E se "Vulgar Display Of Power" fosse gravado pelo Metallica?

Jon Bon Jovi: veja-o cantar Here Comes the Sun, hit dos Beatles, na posse de BidenJon Bon Jovi
Veja-o cantar "Here Comes the Sun", hit dos Beatles, na posse de Biden

Kerrang: do grunge ao death metal, 20 álbuns clássicos que farão 30 anos em 2021Kerrang
Do grunge ao death metal, 20 álbuns clássicos que farão 30 anos em 2021

Thin Lizzy: você sabe pronunciar o nome de Phil Lynott?Thin Lizzy
Você sabe pronunciar o nome de Phil Lynott?

New Radicals: a pedido de Biden, reunidos e tocando seu maior hit na posse; vejaNew Radicals
A pedido de Biden, reunidos e tocando seu maior hit na posse; veja

Iron Maiden: vaquinha para ajudar Paul Di'Anno a fazer cirurgia ainda não atingiu 25%Iron Maiden
Vaquinha para ajudar Paul Di'Anno a fazer cirurgia ainda não atingiu 25%

Dave Grohl: ele ficou chocado ao ver Lemmy com cueca bizarra em um apartamento nojentoDave Grohl
Ele ficou chocado ao ver Lemmy com cueca bizarra em um apartamento nojento

Greta Van Fleet: Robert Plant odeia aquele vocalistaGreta Van Fleet
Robert Plant "odeia" aquele vocalista

Rock in Rio 2021: produção aposta em 50% da população vacinada até festival rolarRock in Rio 2021
Produção aposta em 50% da população vacinada até festival rolar

Suzi Quatro: a importância da linda baixista para o rockSuzi Quatro
A importância da linda baixista para o rock

Kiss: análise vocal de Detroit Rock City explica grande alcance de Paul StanleyKiss
Análise vocal de "Detroit Rock City" explica grande alcance de Paul Stanley

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Max Cavalera: O único presidente bom do Brasil foi mortoMax Cavalera
"O único presidente bom do Brasil foi morto"


Matérias Recomendadas

O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?
O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?

Guns N' Roses: álcool, drogas e intrigas nos primórdios da bandaGuns N' Roses
álcool, drogas e intrigas nos primórdios da banda

Ghost: De quais bandas brasileiras eles gostam?Ghost
De quais bandas brasileiras eles gostam?

Inspiração: 30 canções (não somente rock) para mantê-lo motivadoInspiração
30 canções (não somente rock) para mantê-lo motivado

Seguidores do Demônio: as 10 bandas mais perigosas do mundoSeguidores do Demônio
As 10 bandas mais perigosas do mundo

Stamp
Tunecore
Malvada

Sepultura: show apoteótico no Porão do Rock 2012

Resenha - Sepultura (Ginásio Nilson Nelson, Brasília, 08/09/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Guilherme Brandão
Enviar Correções  

Fotos: Fábio Pinheiro

A banda mineira SEPULTURA foi uma das principais atrações do festival Porão do Rock 2012, realizado em Brasília-DF.

A banda que antecedeu o show do SEPULTURA, foi a banda do Distrito Federal, D.F.C. que deixou o público agitado e bem ansioso para a apresentação da banda mineira. Ao término do show do D.F.C., o público gritava cada vez mais forte: "Sepultura! Sepultura!". As luzes se apagaram e o Nilson Nelson inteiro veio abaixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Nesse momento, entram no palco: ANDREAS KISSER, ELOY CASAGRANDE e PAULO JR. levando o público ao delírio. A festa começou quando o vocalista, DERRICK GREEN, sobe no palco e diz umas palavras como: "E aí, Brasília"' e sem perder tempo, começam a tocar "Kairos". Uma ótima música para começar um show que entraria para a história.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O peso continuou com mais duas músicas do álbum lançado em 2011, "Kairos": As músicas "Mask" e "Dialog". O melhor da noite estaria por vir, ANDREAS KISSER chega perto do microfone e anuncia: "E aí Brasília! Hoje só vai ter velharia! 'Arise', 'Beneath The Remains' e 'Chaos A.D'". E logo começa a tocar a clássica intro de "Beneath The Remains", do álbum de mesmo nome lançado em 1989. O baterista, ELOY, conta até 3, quando entram a guitarra e o baixo marcante do início da música "Beneath The Remains". O público cantou junto com o SEPULTURA durante a música inteira, foi um momento inesquecível.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como ANDREAS disse, só ia ter velharia. Logo emendaram com a energética "Inner Self". Após uma sequência devastadora de duas músicas do álbum "Beneath The Remains", veio uma sequência de duas músicas do álbum "Arise", de 1991, "Dead Embryonic Cells" e "Desperate Cry", quando olhei para o lado e vi fãs em estado de êxtase cantando todas as músicas sem parar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma pausa entre uma música e outra, o vocalista, DERRICK GREEN, muito carismático por sinal, conversou com o público de Brasília, elogiando-os. Seguiram para a música "Amen" do álbum "Chaos A.D." de 1993. Nesse momento do show, mesclaram músicas do "Chaos A.D." e do "Beneath The Remains". Tocando em ordem: "Amen", "Mass Hypnosis" e "We Who Are Not The Others". Uma pequena observação: Em nenhum momento o público parou de gritar, balançar a cabeça e a roda parar de rodar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Voltaram para o álbum "Arise", tocando duas músicas, uma seguida da outra, sem pausa: "Altered State" e "Substraction". Meu pescoço, à essa altura, já não aguentava mais tanto balançar no ritmo das batidas de ELOY, que mostrou ser um ótimo baterista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E chegamos a minha parte favorita do show, e creio que de muitas pessoas: Tocaram os clássicos do "Chaos A.D." que viraram os clássicos da banda: "Slave New World", "Territory" e "Refuse/Resist". Essas três músicas me trouxeram uma garganta inflamada de tentar imitar os vocais de DERRICK GREEN. Mas por uma boa causa.

Após essas três músicas históricas serem executadas, sabíamos que o show estava quase terminando. Mas o SEPULTURA mostrou que seria peso do início ao fim. As luzes se apagam novamente e ouvimos a intro da música "Arise", faixa-título do álbum lançado em 1991. Com essa música, mostraram o poder do thrash metal brasileiro. A "roda punk", já não era apenas uma pequena roda, possuía dimensões imensas. Me lembro do rapaz que tentou mais de 10 vezes fazer "crowd surfing" e todas as vezes falhou sempre caindo em cima de alguém.

DERRICK anuncia que eles iriam tocar apenas mais uma música. E perguntou ao público se estávamos prontos. E disse: "SEPULTURA do Brasil!". Quando começam a tocar emblemática música "Roots Bloody Roots" do álbum "Roots" de 1996. Nessa música, foi impossível ficar parado. Mesmo sem estar no show, a música faz você mexer de algum jeito, seja balançado a cabeça ou pulando.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foi com esse final apoteótico que o show da banda SEPULTURA terminou com chave de ouro. O público aplaudiu e continou gritando: "Sepultura! Sepultura!". Para muitos, o show foi o melhor do evento Porão do Rock 2012. Até quem não conhecia muito, passou a gostar por causa desse show. E que show!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Setlist:

1. Kairos
2. Mask
3. Dialog
Intro. Beneath the Remains
4. Beneath the Remains
5. Inner Self
6. Dead Embryonic Cells
7. Desperate Cry
8. Amen
9. Mass Hypnosis
10. We Who Are Not the Others
11. Altered State
12. Substraction
13. Slave New World
14. Territory
15. Refuse/Resist
16. Arise
17. Roots Bloody Roots


Dead Daisies
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Max Cavalera: de Jorge Ben Jor até Sabbath, 10 músicas que mudaram a vida do íconeMax Cavalera
De Jorge Ben Jor até Sabbath, 10 músicas que mudaram a vida do ícone

Sepultura: Iggor Cavalera grava drumcam da clássica TerritorySepultura
Iggor Cavalera grava drumcam da clássica "Territory"

Babylons P: Ouça "Everlasting Blood", single com participação de Derrick Green

Troops of Doom: confira a regravação de "Morbid Visions"

The Troops of Doom: apresentando versão para Morbid VisionsThe Troops of Doom
Apresentando versão para "Morbid Visions"

Sepultura: Banda lançará o álbum SepulQuarta com as colaborações da QuarentenaSepultura
Banda lançará o álbum "SepulQuarta" com as colaborações da Quarentena

Sepultura: colaborações das SepulQuarta vão virar novo álbumSepultura
Colaborações das "SepulQuarta" vão virar novo álbum

Rock in Rio: Por que o festival repete tanto as atrações? A resposta de MedinaRock in Rio
Por que o festival repete tanto as atrações? A resposta de Medina

Sepultura: Igor relembra show insano no México, com luta-livre e problemas no somSepultura
Igor relembra show insano no México, com luta-livre e problemas no som

Rock in Rio: bandas do line-up de 2021 serão exclusivas do evento, diz MedinaRock in Rio
Bandas do line-up de 2021 serão exclusivas do evento, diz Medina


Censura: 8 clipes de rock/metal que já foram banidos da televisãoCensura
8 clipes de rock/metal que já foram banidos da televisão

Nirvana: Kurt Cobain procurou Max Cavalera atrás de heroínaNirvana
Kurt Cobain procurou Max Cavalera atrás de heroína


Guitar World: as 50 melhores canções de Rock de todos os temposGuitar World
As 50 melhores canções de Rock de todos os tempos

Luís Mariutti para Nando Moura: Estádio não se lota com views ou likesLuís Mariutti para Nando Moura
"Estádio não se lota com views ou likes"


Sobre Guilherme Brandão

Estudante, 15 anos, entrei no meio musical quando minha mãe veio ao quarto e me deu um CD ao vivo do Van Halen e daí pra frente, não parou mais. Não consigo achar banda pra tocar, então aprendi a tocar guitarra, baixo, bateria e faço minha própria banda. Comecei a colaborar no Whiplash.Net quando percebi que a cena (underground) do Distrito Federal merecia ser reconhecida e respeitada, posto apenas coisas relacionadas à cena daqui. Viva DF!

Mais matérias de Guilherme Brandão no Whiplash.Net.