Keona Spirit: a apresentação no Teatro das Bacabeiras

Resenha - Keona Spirit (Teatro das Bacabeiras, Macapá, Amapá, 28/07/2012)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruno Blackened
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Com a ajuda do Museu da Imagem e do Som do Amapá (MIS-AP), o Coletivo Quadrinhos AP lançou o Mixtureba Comix, revista em quadrinhos diversificada, feita por desenhistas e roteiristas amapaenses. O lançamento aconteceu nos dias 27 e 28 de julho, no Teatro das Bacabeiras, local onde ficao MIS-AP. O Mixtureba Comix reúne traços de desenhistas como Ronaldo Rony, Otton Souza e Ravel Amanajás.

MTV: experts indicam as maiores bandas de Heavy MetalFotos: confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1

Claro que a participação de Ravel na revista acabou em convite para mais uma apresentação da KEONA SPIRIT. Na publicação, o vocalista colaborou com um trecho de um mangá de sua autoria e com o mesmo nome da banda (exceto pelo Spirit).

Assim, aproximadamente as 21h, a KEONA SPIRIT apresentou-se no saguão de entrada do Teatro das Bacabeiras. Originalmente, o show seria em formato acústico (este que vos escreve esperava até ouvir ArisingThunder [ANGRA cover]), mas depois ficou decidido que seria com o peso das guitarras, do baixo e da bateria mesmo. Nem mesmo o calor infernal proporcionado pelo local intimidou: banda e público agitaram como nas vezes anteriores, no Good Night Lounge Rock e AmapanimeVacation. Patadas Heavy/Power Metal comoParanoid (BLACK SABBATH cover), Distant Thunder (SHAMAN cover), Lisbon (ANGRA), Breaking the Law (JUDAS PRIEST), Lisbon (ANGRA), Angels Cry (ANGRA), Futebol, Mulher& Rock 'n' Roll (DR. SIN), Raibow in the Dark (DIO) e The Number of the Beast (IRON MAIDEN) foram novamente interpretados pela KEONA, que desta vez só teve uma falha técnica no teclado de Dyuna, antes de Lisbon. Um show bem superior ao apresentado durante o AmapanimeVacation, marcado por diversas falhas nos equipamentos. Desta vez, o som estava perfeito. Apenas algumas microfonias aqui ou acolá e só.

Interessante notar também a evolução da KEONA SPIRIT na execução da uma música em particular: Angels Cry. Nos dois shows anteriores, o grupo a tocou mais lenta do que a versão original, o que indicava que precisavam ensaiar mais essa faixa, mas desta vez ela foi apresentada com maestria. O grupo também melhorou no quesito performance. Parabéns, KEONA! Que venham mais shows!

Set List:
-Paranoid (BLACK SABBATH)
-Distant Thunder (SHAMAN)
-Breaking the Law (JUDAS PRIEST)
-Futebol, Mulher e Rock 'n' Roll (DR. SIN)
-Lisbon (ANGRA)
-Angels Cry (ANGRA)
-Raibow in the Dark (DIO)
-The Number of the Beast (IRON MAIDEN)




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Keona Spirit"


MTV: experts indicam as maiores bandas de Heavy MetalMTV
Experts indicam as maiores bandas de Heavy Metal

Fotos: confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1Fotos
Confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1

Lemmy Kilmister: A opinião da lenda sobre Sharon Osbourne e Iron MaidenLemmy Kilmister
A opinião da lenda sobre Sharon Osbourne e Iron Maiden

Contra-baixo: as melhores introduções do Heavy MetalFotos de Infância: Gene Simmons, do KissSimone Simmons: "Tenho cérebro, não sou apenas peitos e bunda"Corey Taylor: "Seu nome era Lemmy e ele tocava Rock n Roll"

Sobre Bruno Blackened

Metalhead desde os 16, jornalista desde os 23. Grande incentivador da cena Metal amapaense através de resenhas, reportagens, fotos, artigos, entrevistas e assiduidade nos shows. Minhas vertentes favoritas são o Thrash, Death e Power Metal. \m/

Mais matérias de Bruno Blackened no Whiplash.Net.