UDO: atrasos, calor e um belo show em São Luís

Resenha - U.D.O. (Let It Beer, São Luís, 08/05/2011)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Pedro Lucas Sousa
Enviar Correções  

Mais uma vez, São Luís teve a ilustre visita de mais uma das lendas do Heavy Metal, deixando claro, a cada dia que a cidade está passando por um ótimo momento. Udo Dirkschneider levou os fãs maranhenses a loucura com uma incrível, apresentação, recheada com clássicos do Accept e de sua carreira solo.

Bill Hudson: guitarrista fala em entrevista exclusiva à Revista Freak!

Lágrimas nos olhos: 25 músicas para chorar

publicidade

O show estava marcado para um domingo às 18:00 na casa de shows Let It Beer, o que já limitaria bastante o número de fãs que poderiam ir, mas devido a alguns problemas não esclarecidos, os portões só foram abertos em torno das 22:00. Devido a esse atraso, a banda maranhense Jack Devil teria que tocar depois de Udo, o que não seria um problema se o show fosse em um outro dia.

publicidade

Com uma platéia explodindo de ansiedade e com um calor infernal, a banda sobe ao palco tocando The Bogeyman e Dominator, dando um gostinho do que ainda iria rolar naquela noite. Apesar da data um tanto complicada, houve um grande número de pessoas no local.

publicidade

Era claro, ao longo do show, que muitas pessoas ali não conheciam as músicas da carreira solo de UDO, mas o público não fez feio e cantou com gosto algumas poucas músicas, mas nada que prejudicasse ou desanimasse a banda. A banda de Udo, formada por Igor Gianola e Stefan Kauffman nas guitarras, Fitty Wienhold no baixo e o baterista Francesco Jovino, se mostrou bem carismática, principalmente Igor Gianola, que estava sempre em contato com público.

publicidade

Com a galera suando em bicas, a banda detonou com The Bullet and the Bomb, Restless and Wild e Son of a Bitch em sequência e dando uma parada para acalmar os ânimos com um belo solo de guitarra de Igor Gianola, um verdadeiro show-man.

publicidade

Estiveram presentes no set list grande clássicos do Accept como Midnight Mover, e Princess of the dawn. Para finalizar em grande estilo, Metal Heart, cantada por todos, até quem não conhecia banda, Holy e Balls To The Wall que causou histeria coletiva no local.

publicidade

Apesar dos problemas, que não foram suficientes para prejudicar a apresentação principal, e de faltarem 3 músicas do set list original, esse foi um show histórico e que vai ficar na memória de todos que estiveram presentes.

SET LIST:

1-The Bogeyman
2-Dominator
3-The Bullet And The Bomb
4-Restless and Wild
5-Son of a Bitch
6-Vendeta
7-Princess Of the Dawn
8-Solo de guitarra
9-Midnight Mover
10-Man and Machine
11-Animal house
12-Holy
13-Metal Heart
14-Balls to The Wall




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bill Hudson: guitarrista fala em entrevista exclusiva à Revista Freak!


Separados no nascimento: Miley Cyrus e Udo DirkschneiderSeparados no nascimento
Miley Cyrus e Udo Dirkschneider

Udo: vocalista conta porque não tem mais relações com o AcceptUdo
Vocalista conta porque não tem mais relações com o Accept


Lágrimas nos olhos: 25 músicas para chorarLágrimas nos olhos
25 músicas para chorar

LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuaisLGBT
Confira alguns músicos que não são heterossexuais


Sobre Pedro Lucas Sousa

Pedro Lucas é maranhense, vocalista, e viu no jornalismo uma chance de poder trabalhar com o que mais gosta. Adorador fiel do heavy metal, hard rock, folk/viking metal entre outros, mas possui um amor incondiconal pelo hard rock. Começou a colaborar com o Whiplash! recentemente enviando reviews e notícias.

Mais matérias de Pedro Lucas Sousa no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin