RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemPor que Lemmy odiava tocar "Ace of Spades" nos shows do Motörhead

imagemPaul McCartney quase foi atropelado ao tentar recriar famosa cena de capa de disco

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemA atitude punk da Legião Urbana que causou irritação e deu trabalho na gravação

imagemO Raul Seixas não era nada daquilo que ele falava, diz ex-parceiro musical

imagemO brasileiro com a voz parecida com a de Axl Rose que viralizou no TikTok

imagemO hit dos Beatles que talvez seja sobre drogas e que "Jesus" acompanhou gravação

imagemO conselho realista de John Petrucci para bandas que estão começando agora

imagemQuatro músicas de artistas brasileiros que citam Os Paralamas do Sucesso

imagemQual era a opinião de Tony Iommi sobre Ozzy Osbourne solo e Randy Rhoads em 1984?

imagem"Quem não gosta de Beatles bom sujeito não é", diz João Gordo

imagemO que faltou para o Overkill entrar no "Big Four" do thrash, segundo D. D. Verni

imagemAndi Deris tem problemas de saúde e shows do Helloween são adiados

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words


Maquinária: apresentação de gala que deixará saudades

Resenha - Maquinária Festival 2009 (Chácara do Jockey, São Paulo, 07/11/2009)

Por Eduardo Contro
Postado em 15 de novembro de 2009

O Maquinária Festival foi mais um daqueles mega eventos de Rock que já há algum tempo não acontecia por essas bandas. O custo alto de se promover eventos desse porte pode ser uma das justificativas para isso.

Maquinaria Festival, dia 7 de novembro, sábado.
Por Eduardo Contro
Fotos: Ágata Lach Daros

Antes tarde do que nunca, o Rock n roll recebeu um presente no último fim de semana, com dois dias inteiros de muito som de qualidade. No primeiro dia do Maquinária, o público pôde conferir nada mais nada menos que Sepultura, Deftones, Janne’s Addiction e Faith no More.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ao todo, foram 20 horas de música e 18 bandas tocando para um público estimado de 30 mil pessoas (15 mil no primeiro dia).

Sábado de muito sol e dois palcos aguardavam os paulistas, no dia 7, na Chácara do Jockey. O Palco Principal, como o nome já diz, trazia as principais atrações, e o Palco MySpace, grupos nacionais selecionadas pelo público em uma batalha de bandas, que ocorreu entre 5 e 14 de outubro. O resultado da votação feita pelo site MySpace e publicado no último dia 25, após mais de 80 mil votos, colocou as bandas Maldita, do Rio, Terceira Edição, de Pernambuco e Volantes, do Rio Grande do Sul, no mega evento.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os rapazes fizeram sua parte, mas o que o público queria ver mesmo eram as bandas conhecidas. Nação Zumbi e Sepultura abriram as atrações principais, mesmo que para um público ainda pequeno.

Ao Deftones coube a missão de tocar com o sol forte e o calor na casa dos 30 graus, logo depois do Sepultura. A banda liderada pelo vocalista Chino Moreno agradou ao público com um vasto repertório e seus grandes hits, que teve "Feiticeira", "Head up", "Hole", "Hexagram", "Passenger", entre outras. Parece que os caras gostaram mesmo das terras brasucas, fizeram um show competente e tomara que voltem mais vezes.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Todavia, os ânimos só acirraram mesmo no então penúltimo show da noite. Janne’s Addiction, banda formada em Los Angeles nos anos 80, mandou músicas de seus dois primeiros discos de sucesso – "Nothing’s shocking"(1988) e "Ritual de lo habitual" (1990).

O grupo agitou a galera graças a performance ensandecida do vocalista Perry Farrell, que nos lembra muito um Ney Matogrosso, mais moderno e com um traje dourado. O rapaz não parou um segundo no palco, pulando, gritando, dançando. Grande presença. A abertura ficou com "Up the beach" e terminou com "Chip away". O grand hit ficou por conta de "Been caught stealing", mas outras canções animaram a galera, como "Stop!", "Ocean size", "Three days" e uma versão acústica de "Jane says".

O guitarrista Dave Navarro, que tem grande presença de palco, parece ser a segunda metade da banda. Bem mais recatado, o cara manda muito bem na guitarra e cumpriu com propriedade a missão de esquentar o público em sua primeira apresentação no Brasil. Os demais integrantes , o baixista original, Eric Avery, e o baterista Stephen Perkins, que toca com o grupo desde 1986, tiveram uma presença tímida, mas competente.

Destaque também para as duas dançarinas seminuas que ficavam em uma plataforma atrás dos músicos fazendo acrobacias, em uma performance bastante sensual. Mas o show do Jane’s Addiction vai muito além da encenação. O líder continua bom no que faz, com uma ótima voz, e a pegada dos outros integrantes também não deixa nada a desejar.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Logo após "Chip Away" numa versão batucada esquisita, entrou no palco a banda Brothers of Brazil, do Supla e seu irmão. Nesse momento ninguém se importava muito com as atrações paralelas, o foco era arrumar uma boa posição, bem perto da grade, para conferir o grande destaque da noite, o Faith No More, após 11 anos longe dos palcos.

As apresentações estavam seguindo britanicamente o horário definido na programação e já estava tudo praticamente pronto para receber uma das principais bandas da década passada quando caiu uma verdadeira tempestade no Jockey. Foi ate engraçado ver o desespero do pessoal da produção tentando cobrir os instrumentos com toalhas e sacos plásticos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas a galera nem ligou, pois o calor era tanto que a chuva veio para dar uma refrescada. Depois de uns 30 minutos a chuva diminuiu e o Faith No More subiu ao palco para provar que ainda tem muita lenha pra queimar.

Patton deu um show à parte com seu vocal vigoroso e falsetes afinados, de terno vermelho e cabelo com gel pra trás, num estilo policial gigolô.

Presença garantida no repertório do grupo, "Reunited"e a balada "Easy" animaram a galera. Eles também mandaram "This guy’s in love with you" e encerram a apresentação com "Digging the grave", em grande estilo, logo na seqüência de outras pauladas, como "We care a lot", "Be agressive"e "Out of nowhere".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os músicos Mike Bordin (bateria), Roddy Bottum (teclados), Billy Gould (baixo) e Jon Hudson (guitarra), mandaram muito bem e Patton soltou a voz e o verbo em bom português diversas vezes. Conversando com a platéia freqüentemente, ele brincou sobre a chuva fazendo alusão a banda Secos e Molhados e comentou que essa podia ser sua última passagem pelo País.

O toque irônico ficou por conta do encerramento da primeira parte do show. Após uma versão de "Carruagens de fogo", a banda emendou a climática "Stripsearch". A canção terminou com um xingamento geral, enquanto o vocalista passava o microfone para os fãs mais próximos da grade, na pista vip, para que gritassem palavrões.

Na passagem do Faith No More pela capital paulista não faltaram homenagens ao Brasil. O grupo exibiu a bandeira verde e amarela, Patton, bastante simpático, cantou "Caralho voador", em ritmo de bossa, e apresentou uma versão de "Evidence" em português – dedicada ao Zé do Caixão.

Uma apresentação de gala, empolgante e que deixará saudades pela simpatia do grupo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Maquinária Festival 2009 (Chácara do Jockey, São Paulo, 07/11/2009)

Resenha - Maquinária Festival 2009 (Chácara do Jockey, São Paulo, 07/11/2009)

Resenha - Maquinária Festival 2009 (Chácara do Jockey, São Paulo, 07/11/2009)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Stamp

Mike Patton: vocalista nega que tenha feito o "número 2" em caixa de suco de Axl Rose

Faith No More: ex- guitarrista diz que clima na banda nos anos 1990 não era dos melhores


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal