Matérias Mais Lidas

Mamonas Assassinas: a história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloideMamonas Assassinas
A história das fotos dos músicos mortos, feitas para tabloide

Metal Injection: 10 álbuns que são melhores do que o mais aclamado das bandaMetal Injection
10 álbuns que são melhores do que o mais aclamado das banda

Lacuna Coil: banda fica em silêncio durante showLacuna Coil
Banda fica em silêncio durante show

Stryper: Michael Sweet diz que é questão de tempo até a Bíblia ser canceladaStryper
Michael Sweet diz que é "questão de tempo" até a Bíblia ser "cancelada"

Udo Dirkschneider: por que ele voltou atrás e seguiu cantando músicas do AcceptUdo Dirkschneider
Por que ele voltou atrás e seguiu cantando músicas do Accept

Alice Cooper: músico comentou sobre acusações contra Marilyn MansonAlice Cooper
Músico comentou sobre acusações contra Marilyn Manson

Helloween: confira trailer do vídeo de Skyfall, nova música da bandaHelloween
Confira trailer do vídeo de "Skyfall", nova música da banda

Iggor Cavalera: a música eletrônica que ele ouve é mais pesada que SlayerIggor Cavalera
A música eletrônica que ele ouve é mais pesada que Slayer

Black Sabbath: Ozzy era ótimo no que fazia mas Dio era mais envolvidoBlack Sabbath
"Ozzy era ótimo no que fazia mas Dio era mais envolvido"

Megadeth: David Ellefson diz com qual músico ele gostaria de ter tocado juntoMegadeth
David Ellefson diz com qual músico ele gostaria de ter tocado junto

Guns N' Roses: como eles dividiram ganhos em Appetite - e por que Axl levou maisGuns N' Roses
Como eles dividiram ganhos em "Appetite" - e por que Axl levou mais

Mutantes: entre os 25 melhores álbuns de rock psicodélico em lista de site gringoMutantes
Entre os 25 melhores álbuns de rock psicodélico em lista de site gringo

Slayer: Dave Lombardo conta que kits de bateria que usava com a banda foram furtadosSlayer
Dave Lombardo conta que kits de bateria que usava com a banda foram furtados

Slipknot: Nunca pesquisem Duality no YouTube, alerta fã de k-pop assustadaSlipknot
"Nunca pesquisem Duality no YouTube", alerta fã de k-pop assustada

AC/DC: Bon Scott viu Brian Johnson e ficou impressionado, mas ainda não sabia a verdadeAC/DC
Bon Scott viu Brian Johnson e ficou impressionado, mas ainda não sabia a verdade


Stamp

Deep Purple: Detonando tudo e todos numa fria noite de sexta

Resenha - Deep Purple (Rio Centro, Rio de Janeiro, 01/12/2006)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Scelza
Enviar Correções  

Pelo segundo ano consecutivo os "Dinossauros do Rock" se apresentam no Rio de Janeiro continuando a divulgação do seu último álbum "Rapture of The Deep". Muitas surpresas rolaram e fizeram desse show um dos melhores da banda na cidade maravilhosa.

Realmente é algo estranho uma banda de rock internacional tocar dois anos consecutivos no Brasil. Fora o Deep Purple, poucos, como o Focus, repetiram essa façanha. Sabemos das dificuldades de fazer shows de grupos de fora aqui e o Purple quebrou todas essas regras e detonou tudo e todos numa fria noite de sexta-feira.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Chegando ao Rio Centro, pra quem não conhece lugar onde rolam eventos como Bienal do Livro, Expo CD, Feira da Providência e etc... vimos poucas pessoas no estacionamento. É de conhecimento público que este local é de terrível acesso. Ônibus, apenas uma linha, mas que para de passar pelo local às 22h. Vans também complicadíssimo, e para um táxi, no mínimo 60 reais. Preço único de estacionamento, 15 reais. Mas a vontade de ver Mr. Gillan & cia era maior.

Entrando no pavilhão onde aconteceria o show vimos um lugar muito bem arrumado, com uma boa estrutura para abrigar um show de rock. A capacidade era estimada para umas 20.000 pessoas ou mais, e o que realmente aconteceu foram somente 4.000 pessoas entre pagantes e convidados.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por volta das 23 horas as luzes se apagaram e uma introdução ecoava enquanto já se podia perceber a entrada dos músicos. Ao final desta "intro", Paice puxa "Pictures of Home", gás fantástico para começar o show.

A exemplo dos outros shows no Brasil, o set-list foi praticamente o mesmo. A grande surpresa foi "Into The Fire", que não vinha sendo tocada. Versão maravilhosa com Gillan soltando os agudos de forma fantástica. Não é como 30 anos atrás, mas quem gosta da voz do cara sabe que ele aprendeu ao longo dos anos a lidar com esse problema, pois é impossível manter as notas altas durante todo esse tempo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um grata surpresa foi a performance de Roger Glover. Estamos acostumados a vê-lo um tanto calmo, ora ao lado da bateria de Paice, ora com chegadas à frente do público. Porém neste show o cara estava completamente alucinado: dançou, subiu em cima das caixas de som, foi pro meio do palco solar "Fireball" e a já citada faixa de abertura e até deu uma levantada no baixo, apontando-o pra galera naquele jeito Steve Harris de ser. Muito bom ver um excelente baixista como Mr. Glover com toda aquela vitalidade!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Do álbum "Rapture of The Deep" foram tocadas somente quatro músicas; a faixa-título, excelente com uma "vibe" que me lembra "Perfect Strangers"; "Things I Never Said", um tanto quanto obscura para os presentes, pois essa musica é um bônus das diferentes versões que foram lançadas deste disco; "Wrong Man", extremamente pesada, cuja versão ficou muito melhor que a gravada; e "Kiss Tomorrow Goodbye", boa música, mas que poderia ter sido trocada por outras melhores do próprio.

Uma curiosidade é o fato de que desde que o tecladista Don Airey entrou na banda a mesma não executa músicas dos dois primeiros discos com Steve Morse ("Purpendicular" e "Abadon"). Tudo bem que não são álbuns de grande impacto, mas músicas como a belíssima "Sometimes I Feel Like Screaming", "Ted The Mechanic" e "Cascades: I'm Not You Lover Now" poderiam facilmente estar sempre nos sets da banda. Isso é uma boa oportunidade para os que não conhecem dar uma checada no trabalho que Morse fez com a banda ao longo dos anos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Falando sobre o próprio Morse, já é de conhecimento absoluto o quanto ele é um importante e excelente guitarrista. Mas infelizmente não é de meu agrado o que ele faz no Purple: solos completamente diferentes do que o Blackmore fazia. Okay, ele não quer copiar Ritchie, tem seu próprio estilo, mas que respeite então o som do Purple! Vinnie Moore que talvez seja melhor do que ele em técnica não mostra 1/3 do que sabe nos novos discos do UFO porque a música não pede isso, mas continua recebendo grandes elogios pelos excelentes álbuns que vem fazendo, respeitando sempre a influência hard setentista que caracteriza a banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Uma outra coisa lamentável é durante seus solos ficar tocando riffs ou frases famosas de outras bandas. E ainda tem gente que curte e aplaude! O cara puxou AC/DC, Beatles, Led Zeppelin, Lynyrd Skynyrd e, pra matar de vez, GUNS N’ ROSES!! Uma banda com mais de 30 anos de estrada se prestar a isso? Richie Blackmore não precisa ficar puxando riff de banda famosa para arrancar aplausos. Mas Blackmore é Blackmore, não adianta comparar.

O show seguiu de forma perfeita com várias versões inspiradíssimas como a bela "When a Blind Man Cries", com um show de Ian Gillan mostrando feeling nas improvisações feitas durante a música. "Perfect Strangers" é tocada seguida do excelente e já tradicional solo de Don Airey, puxando a entrada de "Mr. Crowley" (Ozzy), o tema de "Star Wars" e aBossa Nova em homenagem ao Rio de Janeiro. O seu nome para substituir o lendário Jon Lord foi a escolha perfeita; seus solos são de extremo bom gosto e ele é totalmente fiel aos solos nas músicas antigas. Seus dois discos com a banda até agora são muito bons.

À medida que se aproxima o final do set, os clássicos vão aparecendo em sequência; "Space Truckin'", "Highway Star" e "Smoke on The Water" fecham a primeira parte.

Logo em seguida a banda volta com a maravilhosa versão de "Hush" passando para o solo de Ian Paice. Paice tem uma técnica de mãos absurdas, consegue ter pegada sem fazer força. Assim como no DVD "Perihelion", ele começa a rufar com uma mão e com a outra coça a cabeça, simplesmente sensacional. Coloca muito baterista de metal melódico, que só pensa em treinar velocidade no pedal duplo (coisa que o ele também faz e muito bem) no chinelo.

Para encerrar a noite em grande estilo é executada "Black Night" acompanhada em uníssono pelos presentes.

Será sempre um motivo de alegria que o Deep Purple volte dez, quinze ou vinte vezes para o Brasil. Estaremos sempre à espera deles com Morse ou não.


Flavio Maranhao
publicidade
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Glenn Hughes: ele se arrepende de ter saído do Trapeze para entrar no Deep PurpleGlenn Hughes
Ele se arrepende de ter saído do Trapeze para entrar no Deep Purple

Ian Paice: Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os temposIan Paice
Ritchie Blackmore apresentou pra ele o maior guitarrista de todos os tempos

Doug Aldrich: explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn HughesDoug Aldrich
Explicando as diferenças entre Dio, David Coverdale e Glenn Hughes

Saxon: banda divulga cover para a clássica Speed King, do Deep PurpleSaxon
Banda divulga cover para a clássica "Speed King", do Deep Purple

Yngwie Malmsteen: aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigosYngwie Malmsteen
Aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigos

Rainbow: quando Blackmore invocou espírito de deus pagão em estúdio e assustou geralRainbow
Quando Blackmore invocou espírito de deus pagão em estúdio e assustou geral

Deep Purple: Ian Paice reage a japonesa de 11 anos que o superou na bateriaDeep Purple
Ian Paice reage a japonesa de 11 anos que o superou na bateria

Michael Schenker: por que ele não aceitou entrar no Deep Purple, Motorhead e Ozzy?Michael Schenker
Por que ele não aceitou entrar no Deep Purple, Motorhead e Ozzy?

Glenn Hughes: Coverdale e eu não nos damos bem com os músicos do Deep PurpleGlenn Hughes
"Coverdale e eu não nos damos bem com os músicos do Deep Purple"

Blackmore's Night: novo álbum sai em março, veja capa, faixas e préviaBlackmore's Night
Novo álbum sai em março, veja capa, faixas e prévia

Dimebag Darrell: as 13 músicas de metal favoritas do guitarrista do PanteraDimebag Darrell
As 13 músicas de metal favoritas do guitarrista do Pantera

Deep Purple: A relação da banda com o filme O Exorcista

Regis Tadeu: cinco discos que deram errado (vídeo)


Deep Purple: Ritchie Blackmore é quem ele é, ninguém pode substituí-loDeep Purple
Ritchie Blackmore é quem ele é, ninguém pode substituí-lo

Deep Purple: Blackmore, sempre simpático nas entrevistasDeep Purple
Blackmore, sempre simpático nas entrevistas

Gusttavo Lima: Deep Purple, Guns N' Roses e outros solosGusttavo Lima
Deep Purple, Guns N' Roses e outros solos


Cachorros: As raças que melhor combinam com cada gêneroCachorros
As raças que melhor combinam com cada gênero

Porn Metal: Filmes para inspirar os headbangers solitáriosPorn Metal
Filmes para inspirar os headbangers solitários


Sobre Rodrigo Scelza

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Mais matérias de Rodrigo Scelza no Whiplash.Net.