Resenha - Distraught (Bar Opinião, Porto Alegre, 03/11/2004)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Hugo Guaraná
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Numa quarta-feira no Bar Opinião em Porto Alegre a DISTRAUGHT fez o show de lançamento do seu 3ºcd "Behind the Veil" .

Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anosMetal: as bandas e sub-gêneros mais odiados pelos metalheads

A apresentação iniciou por volta das 23hrs com a banda "Hell Friends of Distraught", banda formada especialmente para este evento com músicos das bandas gaúchas Leviaethan, Hibria, Nephasth, Hangar/Lápide, Arena Age e Faunter, tocando clássicos do metal como Slayer, Sepultura, Judas Priest, Motorhead, entre outros e músicas da própria Distraught. Uma grande confraternização com bons músicos com muita essência metal.

Após um breve intervalo para a exibição do vídeo clipe da música "The Order" no telão do bar, entra em cena a DISTRAUGHT (que estava retornando de uma mini turnê pelas cidades de Foz do Iguaçu, Maringá e São Leopoldo) mostrando para um pequeno público, em torno de 100 pessoas (talvez em função do show ter sido após o feriado e as eleições) um thrash metal vigoroso, renovado, agressivo, com pitadas de death metal, sendo que era como se eles estivessem tocando para 2.000 pessoas, tamanha a garra emanada pela banda.

Com direito a uma performance elétrica do vocalista André Meyer e uma pegada muito forte do batera Everson Krentz, com os guitarristas Marcos e Ricardo fazendo um bom trampo com grandes riffs e solos, juntamente com o baixista Gustavo, detonaram as músicas "Behind the Veil", "Spiritual Reward", "Demonique", "Holy Inquisition", "The Order", "Burning Pages", um Medley do grande Slayer "Rainning blood/Angel of Death", "Secrets", "N.S.T.", a já clássica "Death Road", "Sciense, Phylosophy and Religion", "Ghosts of Penitence", "Infinite Abyssal" e fecharam com "Bloodisunity".

Uma garota deu um "mosh" do palco, aliás o único "mosh" da noite. Um grande show para um pequeno e fiel público.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Distraught"


Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anosAxl Rose
A primeira ficha policial aos 18 anos

Metal: as bandas e sub-gêneros mais odiados pelos metalheadsMetal
As bandas e sub-gêneros mais odiados pelos metalheads

Guitarra: o riff mais popular de todos os temposGuitarra
O riff mais popular de todos os tempos

Afinal de contas, o que é um riff?Ozzy Osbourne: Madman dá a cura para a ressacaAudioslave: Morello perguntado se enxergou algum indício em Chris CornellCinema: as 11 melhores bandas fictícias das telonas

Sobre Hugo Guaraná

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.