Gamma Ray & Masterplan: Curitiba viu Kay Hansen pela primeira vez

Resenha - Gamma Ray & Masterplan (Moinho São Roque, Curitiba, 26/11/2003)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Piero Boeira Locatelli
Enviar correções  |  Ver Acessos

As 8h30 da noite, em plena quarta-feira, foram abertos os portões para as milhares de pessoas que esperavam para ver as tão esperadas performances do Masterplan e Gamma Ray. A ansiedade de todos era imensa, afinal o Masterplan teve um ótimo CD de estréia e a maioria ali esperava para ver Kai Hansen pela primeira vez.

Axl Rose: "Sobe na porra do palco ou você vai morrer!"Bandas Iniciantes: 17 maneiras de assassinar sua carreira musical

O show do Masterplan começou próximo às 9h30. A banda foi bem recebida pelo público, embora grande parte dele ainda não conhecesse as letras. Apesar de o som do lugar estar ruim durante esse show, com direito a falhas no microfone durante "Enlighten Me", o show não decepcionou. Abrindo com "Spirit Never Die", a banda tocou as melhores músicas do seu CD, com destaque para "Kind Hearted Light" e "Heroes", que parecia ser a mais conhecida pelo povo. O ápice do show com certeza foi o medley tocado pela banda, começando por "The Chance" do Hellloween, cantada em coro pelas centenas de pessoas com camisetas do Helloween que enchiam o local, seguida por uma música do projeto solo de Jorn Land e depois por "The Departed (Sun is going Down)". O show deu uma boa idéia do que ainda estava por vir nesta noite, com destaque para Uli Kusch, que destruiu como sempre, mostrando que ele e Grapow continuam por aí iguais, e se não melhores do que antes.

Passada cerca de uma hora entrou a banda que a maioria das pessoas ali estavam esperando: Gamma Ray. O público já delirava ao som da introdução "Welcome", quando a banda entrou no palco fazendo todos pularem ao som de "Gardens of the Sinner". Seguindo com clássico após clássico, era possível perceber o sorriso de todas as pessoas no público ao verem o desempenho da banda no palco.

Henjo Richter era só empolgação, esbanjando técnica mas sem um ego nas alturas, o que foi o caso de Grapow no show anterior. Mas o destaque foi para o Frontman da banda: Kai Hansen. Não há palavras para descrevê-lo no palco. Além de exímio compositor (o que todos já sabem pelo seu trabalho nos "Keepers..." e depois na sua atual banda) o cara se mostrou carimástico com o público, fazendo-o pular em todas as músicas, jogando muita água para refrescar e cantando perfeitamente todos os seus sons.

"No World Order", "Armagedom", "Heavy Metal Universe", "One with the World" e "Rebellion in Dreamland" foram tocadas todas com uma execução maravilhosa, de forma perfeita e agitada.

Ao tocar "I Want Out" e "Future World", o público foi ao delírio, com a execução ainda melhor do que a dada pelo Helloween meses antes, e ainda com maior empolgação por parte da galera.

Acabando o show com "Send Me a Sign", mesmo cansados todos pediram mais, mas não foram atendidos, num show que vai deixar saudades e deixou sorrisos estampados no rostos de todos aqueles que acordariam às 6 da manhã para estudar ou trabalhar no dia seguinte.

Set List:
Welcome
Gardens Of The Sinner
New World Order
Armagedom
Heavy Metal Universe
One With The World
Solo da batera
Heart of the Unicorn
I Want Out/Future World
The Silence
Rising Star
Shine On
Rebellion In Dreamland
Land Of The Free
Send Me A Sing




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de ShowsTodas as matérias sobre "Gamma Ray"Todas as matérias sobre "Masterplan"


Helloween: Jack O. Lantern não foi o primeiro mascote da banda?Helloween
Jack O. Lantern não foi o primeiro mascote da banda?

Kai Hansen: músico escolhe seis discos com guitarras essenciaisKai Hansen
Músico escolhe seis discos com guitarras essenciais

Power Metal: As bandas mais populares segundo o FacebookPower Metal
As bandas mais populares segundo o Facebook


Axl Rose: Sobe na porra do palco ou você vai morrer!Axl Rose
"Sobe na porra do palco ou você vai morrer!"

Bandas Iniciantes: 17 maneiras de assassinar sua carreira musicalBandas Iniciantes
17 maneiras de assassinar sua carreira musical

As regras do New Metal/Nu-metalAs regras do New Metal/Nu-metal

Rolling Stone: as melhores músicas com mais de sete minutosRolling Stone
As melhores músicas com mais de sete minutos

Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Dave Grohl: ouça bateria isolada no Nirvana, Foo Fighters e QOTSADave Grohl
Ouça bateria isolada no Nirvana, Foo Fighters e QOTSA

Ozzy Osbourne: Madman dá a cura para a ressacaOzzy Osbourne
Madman dá a cura para a ressaca


Sobre Piero Boeira Locatelli

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336