Resenha - Titãs (Praia do Boqueirão - Praia Grande, SP, 29/01/2000)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Carlos Roberto Merigo Filho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Os Titãs fecharam a programação do “Show do Verão é Você” em grande estilo. Depois de diversos shows durante todo mês de Janeiro, o público praticamente lotou a arena montada na praia do Boqueirão em Praia Grande para ver os titânicos em ação. É claro, não tem o mesmo peso e atitude de alguns anos atrás, mas o talento musical da banda é indiscutível.
Depois de um atraso de quase duas horas e meia a banda sobe ao palco pedindo desculpas, e sem a presença de Sérgio Brito, que estava preso no transito. A apresentação começa com Branco Melo no vocal cantando “Flores” e depois emendando o clássico “Sonífera Ilha” com Paulo Miklos, o entusiasmo do público era grande e todos cantaram juntos. Nesse momento Sérgio Brito chega ao local e já manda “Homem Primata” para esquentar ainda mais o público.
Depois cantam duas músicas do novo disco, o criticado “As Dez Mais”. A primeira foi “Ciúmes” do Ultraje à Rigor que virou uma balada na voz de Nando Reis, logo após Branco Melo assume mais uma vez os vocais para cantar “Gostava Tanto de Você” de Tim Maia. Após terminar de cantar , Branco fala para o público: “Essas duas músicas estão no nosso último disco chamado ‘As Dez Mais’. Um disco muito falado por aí, mas é bom, a gente gosta”.
Paulo Miklos assume o comando do microfone novamente e incendeia o público com “Pra Dizer Adeus”. Branco Melo então canta “O Pulso” com a participação da platéia, que faz o movimento de abrir e fechar as mãos. O que se segue são mais alguns petardos titânicos como “Desordem”, “Querem Acabar Comigo”, “Família”, “Marvin”, “Nem Cinco Minutos Guardados”, sempre com Paulo Miklos, Branco Melo e Sérgio Brito revezando nos vocais. Mandaram então “É Preciso Saber Viver” de Roberto e Erasmo Carlos contida no álbum “Volume II”, a polêmica regravação de “Pelados Em Santos” foi cantada por Nando Reis, que logo após mandou “Cegos do Castelo”. Pronto, a partir daí a parte calma do show acabava e o que seguiria seria uma seqüência de clássicos com um pouco mais de peso, como: “Rotina”, “32 Dentes”, “Lugar Nenhum”, “Bichos Escrotos” e “Polícia”. E depois de mais de duas horas de show, voltaram para o bis com: “Aluga-se” de Raul Seixas e “Diversão”, e se despediram do público fazendo todo mundo cantar o refrão da música “Pra Dizer Adeus”.

674 acessosNando Reis: se mostrando por completo em Porto Alegre5000 acessosDream Theater: semelhanças na capa de álbum?

Desde o início já dava-se pra perceber um certo clima de nostalgia. No cenário havia uma cortina prateada, com globos pendurados no teto o que fazia quase que se parecesse como uma discoteca. Realmente os Titãs estão mais calmos, menos “punk’s” e mais baladas, mas o que se percebe é o total domínio da situação por todos os integrantes da banda. Nessas horas a experiência de 18 anos de estrada contam e muito, durante todo o show eles parecem estar na sala de suas casas e sabem muito bem como contagiar o publico. Charles Gavin como sempre estava impecável na bateria, e Toni Belloto demonstrava total intimidade com a sua guitarra, Marcelo Fromer também mostrou muita experiência, e com total tranqüilidade tocava uma atrás da outra sem dificuldade. Aí fica claro que em matéria de apresentações ao vivo, os Titãs continuam mais vivos do que nunca, só o que se espera deles é que voltem a fazerem aquele Rock viril que ficou marcado em discos como “Cabeça Dinossauro” e “Titanomaquia”. E também que no próximo disco, que provavelmente será lançado no próximo ano, nós possamos ver material inédito ao invés de simples covers, já que talento eles já provaram ter de sobra.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

674 acessosNando Reis: se mostrando por completo em Porto Alegre819 acessosTitãs, Lobão, Ultraje, Legião: o Brasil era do rock há 30 anos1594 acessosLobão: confira a capa de Guia politicamente incorreto dos anos 800 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Titãs"

TitãsTitãs
Paulo Miklos comenta sua saída da banda

Rock nacionalRock nacional
Ele está morto e todos viraram cervejeiros

Mamonas AssassinasMamonas Assassinas
Tocando Iron Maiden e Titãs em vídeo

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de Shows0 acessosTodas as matérias sobre "Titãs"

Dream TheaterDream Theater
Estranhas semelhanças na capa de álbum

Mr CatraMr Catra
Uma lista das suas maiores influências no rock

MetallicaMetallica
Jason Newsted, 14 anos de humilhação

5000 acessosMotörhead: em 1995, Lemmy comenta versão do Sepultura5000 acessosMusos do Heavy Metal: Agora é a vez das garotas!5000 acessosMarilyn Manson: "Sou o monstro do Lago Ness! Sou o Bicho Papão!"5000 acessosLady Gaga: fã de Iron Maiden e Black Sabbath?5000 acessosGhost: a banda é um projeto solo meu, assume Tobias Forge2324 acessosDio: os álbuns com o vocalista, do pior para o melhor

Sobre Carlos Roberto Merigo Filho

Louco por Rock 'n Roll de todos os tipos desde sua criação até os dias de hoje, infelizmente não toca nada. Suas bandas preferidas são Kiss, The Black Crowes, Aerosmith, The Cult, Iron Maiden, Black Sabbath, Queen, Camisa de Venus, Velhas Virgens, etc.

Mais matérias de Carlos Roberto Merigo Filho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online