Estilos Musicais: Se você não gosta, respeite!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gabriel Sacramento
Enviar correções  |  Ver Acessos

Eu tenho um gosto musical bastante diversificado, que inclui muita coisa fora do cenário rock/metal. Mas possuo minhas bandas favoritas dentro do estilo: IRON MAIDEN, RUSH, MEGADETH, AC/DC e outras. Cada pessoa possui um gosto, algo que mais lhe agrada, que lhe emociona. Em se tratando de música, cada um tem suas bandas favoritas, as quais você sempre defende, ouve todos os discos, entende as mudanças e admira os músicos.

Bandas: As maiores da história do rock segundo os audiófilosIron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como cada um tem sua opinião, conflitos de ideias são normais, cada pessoa possui uma ponto de vista e liberdade para expressá-lo. Porém, alguns embates saem dos limites e partem para a mais pura e simples agressividade. Por exemplo, em clássicas discussões sobre "quem é o melhor", os defensores de banda A sempre vêm com argumentos favoráveis, buscando justificar a banda. Por outro lado, os fãs da banda B também apresentam sua posição, defendendo a todo custo aqueles de quem gostam.

Na tentativa de defender aquela sua banda favorita, alguns fãs criticam acidamente, insultando até mesmo, os fãs da banda "rival". É o que acontece frequentemente com bandas como METALLICA e MEGADETH. Devido ao antigo problema entre os líderes/ vocalistas/ guitarristas das duas bandas, James Hetfield e Dave Mustaine (que por sinal, já foi resolvido), os fãs nutrem essa rivalidade entre os dois grupos. Isso acaba gerando longas e intermináveis discussões sobre quem é melhor, quem vendeu mais, quem isso, quem aquilo.

Cansado dessas "briguinhas", venho nessas linhas dizer: Se você não gosta de algo, respeite! Você tem o direito de defender a sua banda favorita, como também tem o de criticar o trabalho de uma outra banda que não lhe agrada, mas lembre-se: TUDO TEM LIMITES! Ao criticar, lembre-se que os fãs daquele determinado grupo musical não merecem ser insultados com um discurso recheado de ódio. Seja sensato. Lembre-se que mesmo que você julgue determinado disco como "ruim", ele envolveu profissionais do ramo, pessoas que, de certa forma, se esforçaram para fazer aquele disco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Lembre-se, aquela banda X que você odeia, pelo menos, está fazendo seu trabalho digno, ganhando dinheiro pelo seu esforço e contribuindo para a música de alguma forma. Enquanto você que só anda a criticar, muitas vezes nada tem feito para contribuir para o mundo fonográfico.

Eu sei, quando não se gosta de algo, a vontade que se tem é de desmoralizar o trabalho alheio, sem ponderar nada. Mas reflita comigo: As pessoas que não gostam do que você admira, criticam seus discos favoritos da mesma forma que você critica o dos outros. Ao mesmo tempo em que você escreve aquele comentário no facebook criticando o disco X do artista A, seu disco favorito - aquele mesmo, que você já ouviu 300 vezes, também está sendo duramente criticado em algum lugar do mundo. Porém, se houver respeito e limites, as brigas diminuem.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E outra: Se você quer criticar algum trabalho musical de alguém, seja disco, show ou a carreira, como um todo, ao menos, se dê ao trabalho de ouvir e buscar embasamento para os seus argumentos. Por que o disco de fulano é ruim? Tente apresentar fatores que você considerou decisivos na hora de criticar e não simplesmente, criticar por criticar.

Não existe crítica imparcial. Se eu critico, isso se baseia no meu gosto, na minhas referências do que é "bom" e "ruim". Mas quando criticamos, podemos ser mais "imparciais" no sentido de se desprender da visão de um fã (quando você gosta daquilo que está sendo criticado) ou de um "hater" (quando você não gosta do que está sendo criticado). O que se deve fazer é, críticar inteligentemente com argumentos que fundamentem sua opinião e seu julgamento de "bom" ou "ruim".

É comum também, fãs do estilo musical A afirmarem ser melhores ou "mais evoluídos" que fãs do estilo B. Pelo amor de Deus, esse argumento só tem o objetivo de favorecer à você mesmo e desmerecer os outros.

Se você gosta de Metal, respeite quem gosta de Samba. Se você curte Black Metal, respeite quem curte White Metal. Se você adora Heavy Metal clássico, respeite quem curte bandas novas. Se você não gosta de Metal Extremo, respeite quem gosta. Mesmo que a gente não goste de certas coisas, há quem goste, se não houvesse, esses estilos não venderiam.

Enfim, você não é melhor que ninguém por ouvir DIO ou LED ZEPPELIN. Aquilo que soa incrível para você, pode não ser tão legal outras pessoas. Portanto, entenda isso! Pare de utilizar um discurso arcaico baseado na necessidade de autoafirmação e degradação do próximo, seja coerente, sentato e maduro. Respeite!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Opiniões

Bandas: As maiores da história do rock segundo os audiófilosBandas
As maiores da história do rock segundo os audiófilos

Iron Maiden: Rachel Sheherazade é uma grande fã da bandaIron Maiden
Rachel Sheherazade é uma grande fã da banda


Sobre Gabriel Sacramento

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, enviando sua descrição e link de uma foto.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280