Van do Halen: as ladainhas preferidas dos "roqueiros"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por João Renato Alves, Fonte: Van do Halen
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Aquelas que, “haja o que hajar”, sempre estarão presentes nas conversas de bar, nas caixas de comentários, enfim, onde houver um “radical sustentado pelo papai”. Reunimos algumas.

5000 acessosBlack Sabbath: Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"5000 acessosMetal Up Your Ass: Os primórdios do Metallica

“Quando o Rock In Rio era um festival de Rock…”

Sim, quando tinha Elba Ramalho, Alceu Valença, Moraes Moreira, New Kids On The Block, Deee-Lite…

“Tal banda se vendeu, se tornou comercial.”

Claro, o seu Iron Maiden, seu Metallica, seu Slayer, vendendo milhões e tocando para estádios lotados são altamente underground.

“A mídia estraga as bandas.”

Então o que você está fazendo aqui? Conheceu suas bandas favoritas como? Um pombo cagou CDs delas na sua cabeça? Eu conheci as minhas preferidas através de rádios, TVs, revistas, sites… olha só, a mídia!

“Tal banda não é mais tal banda sem fulano, beltrano e cicrano.”

Claro que é, tá lá o nome.

“Ah, mas então se eu juntar uns amigos e colocar o nome também me torno ela?”

Se tiver direitos legais sobre o nome, sim.

“Tal músico é um mercenário, só pensa em dinheiro.”

E você vive de vento, né? O carro do papai no fim de semana e a comidinha da mamãe que te sustentam caem do céu.

“Ah, mas eles ganham muito mais que meus pais, já tem o suficiente.”

Quem determina quando é o suficiente para outra pessoa? Cada um sabe o limite para sua vida.

“Vocês tem é inveja do (nome do artista).”

Tão maduro quanto uma criança de cinco anos de idade, o fã quer defender o indefensável de seu ídolo. Muito utilizado por fãs de One Direction, Justin Bieber, Iron Maiden, Guns N’ Roses e Nirvana.

“Falam mal, mas a banda já vendeu milhões de discos.”

Sim, o Michel Teló, Luan Santana e a Anitta também. Enquanto muita coisa boa não vendeu nada. É bacana vender bem e quanto mais, melhor. Mas não é parâmetro de qualidade.

“Só no Brasil não tem essas coisas.”

Diz a pessoa ao ver um cartaz de um festival gringo cheio de bandas que tocam semestralmente por aqui.

E para finalizar, o chavão principal e o mais ridículo de todos: “Poser”.

100% das pessoas que chamam alguém de poser possuem um complexo de inferioridade e já foram aquilo que hoje usam como xingamento. Possuem vergonha do passado e das lembranças que lhes traz ao ver um “poser”. Todo mundo já foi assim, ninguém começou sabendo tudo. Portanto, não aponte o dedo para o que você já foi antes. E pare de usar esse termo escroto e babaca. Seu poser!

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

0 acessosTodas as matérias da seção Opiniões

Black SabbathBlack Sabbath
Tony Iommi explica o segredo para tocar "Paranoid"

Metal Up Your AssMetal Up Your Ass
Os primórdios do Metallica até o álbum "Kill Em All"

SlayerSlayer
Gary Holt é realmente um cara mal-agradecido

5000 acessosSlipknot: veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais5000 acessosO Whiplash.Net é um site lucrativo?5000 acessosHeavy Metal: as 10 capas mais "de macho" de todos os tempos5000 acessosBon Jovi: ex-affair descreve Sambora como "drogado" e "cuzão"4511 acessosKerry King: Jeff Hanneman não queria se ajudar5000 acessosSeparados no nascimento: Ian Hill e Stênio Garcia

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 20 de março de 2017


Sobre João Renato Alves

27 anos, jornalista formado pela Universidade de Cruz Alta. Kissmaníaco inveterado, um verdadeiro apaixonado pela banda de Gene Simmons e Paul Stanley. Idolatra com quase a mesma paixão Queen, Van Halen e Black Sabbath. Aprecia desde o Rock dos anos 50 (Elvis, Little Richard, Chuck Berry, entre outros) e 60 (Beatles, Rolling Stones, The Who, Led Zeppelin...), Hard Rock dos 70's (AC/DC, Deep Purple, Alice Cooper...) e 80's (Mötley Crüe, Def Leppard, Europe, Talisman...), Metal Tradicional (Judas Priest, Dio, Ozzy...), NWOBHM (Iron Maiden, Saxon, Angel Witch...) e Thrash oitentista (Slayer, Destruction, Kreator...). Já teve um programa de rádio, chamado "Lavagem Cerebral", na Unicruz FM. Solteiro e seguidor das idéias de Gene Simmons em relação ao casamento.

Mais matérias de João Renato Alves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online