Matérias Mais Lidas

imagemMaiden faz homenagem a Eddie, do Stranger Things, que foi inspirado em tragédia real

imagemQuando Dave Mustaine mostrou como tocar uma música do Metallica de forma mais pesada

imagemRichard Fortus diz que Axl Rose danificou as cordas vocais

imagemSlash explica porque o Guns N' Roses faz shows de 3 horas e meia

imagemLed Zeppelin: Crítica de George Harrison fez Jimmy Page compor "The Rain Song"

imagemO mega sucesso do Led Zeppelin que era pra ser uma piada mas se tornou um hino

imagemO clássico dos Stones que foi escrito em um motel e não deixou Keith Richards satisfeito

imagemDave Mustaine perde a compostura e xinga membro da equipe do Judas Priest

imagemLed Zeppelin ou Pink Floyd, qual dos dois vendeu mais discos de estúdio?

imagemA banda de hard rock dos anos 1970 que é a queridinha de Xande de Pilares

imagemOs 10 melhores álbuns lançados em 2022, segundo leitores da revista Metal Hammer

imagemGuitarrista original do Mercyful Fate solta os cachorros por ter ficado fora de reunião

imagemBrasileiros fãs de Scorpions ficam noivos na frente da banda; veja vídeo

imagemGuns N' Roses cancela show na Escócia por razões médicas

imagemSteven Tyler deixa reabilitação e Aerosmith comenta como músico está se sentindo


Airbourne 2022

Aumentos nos ingressos: abusivos ou necessários?

Por Kalil Restivo
Fonte: Frango Metaleiro
Em 03/03/13

Atualmente várias pessoas reclamam dos altos preços dos ingressos de shows que ocorrem no Brasil. Na maioria dos casos houve um reajuste de preços acima da inflação, levando os ingressos à preços exorbitantes.

As produtoras, por sua vez, colocam a culpa dos aumentos nas meia – entradas, pois segundo o empresário Luiz Oscar Niemeyer, da Planmusic, a falsificação de comprovantes de meia – entrada dificultam muito a previsão da receita de um show. Para compensar, as produtoras colocam o preço das inteiras mais alto.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Algumas produtoras temem uma crise, já que em alguns casos há encalhamento de ingressos, ou até mesmo o cancelamento do show. A T4F anunciou uma diminuição de 40% no número de ingressos comercializados nos 3 primeiros trimestres de 2012 (em comparação com 2011).

Vamos aos exemplos:

Os maiores aumentos ocorreram em festivais, como é possível comprovar abaixo:

Rock in Rio 2001
Preço: R$ 35

Rock in Rio 2011
Preço: R$ 190

Inflação no período: 70,47%
Aumento do ingresso: 442%

Live n’ Louder 2006
Preços: R$ 140 (Pista)
R$ 250 (Pista Vip)

Live n’ Louder 2013
Preços: R$ 300 (Pista)
R$ 500 (Pista Vip)

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Inflação no período: 35,91%
Aumento dos ingressos: 114,28% (Pista)
100% (Pista Vip)

Alguns outros exemplos de aumentos excessivos:

Megadeth – São Paulo 2010
Preços: R$ 140 (Pista)
R$ 250 (Pista Vip)

Megadeth – São Paulo 2012
Preços: R$ 180 (Pista)
R$ 340 (Pista Vip)

Inflação no período: 9,73%
Aumento dos ingressos: 28,57% (Pista)
47,82% (Pista Vip)

Inflação no período: 12,59%
Aumento dos ingressos: 11% (Pista)
100% (Pista Vip)

Iron Maiden - São Paulo 2008
Preços: R$ 130 (Pista)
R$ 250 (Pista Vip)

Iron Maiden – São Paulo 2011
Preços: R$ 190 (Pista)
R$ 350 (Pista Vip)

Inflação no período: 16,42%
Aumento dos ingressos: 46,15% (Pista)
40% (Pista Vip)

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Os menores aumentos ocorreram nos shows do Scorpions e do Black Label Society:

Scorpions – São Paulo 2010
Preços: R$ 250 (Pista)
R$ 500 (Pista Vip)

Scorpions – São Paulo 2012
Preços: R$ 280 (Pista)
R$ 600 (Pista Vip)

Inflação no perído: 12,27%
Aumento dos ingressos: 12% (Pista)
20% (Pista Vip)

Black Label Society – São Paulo 2011
Preços: R$ 120 (Pista)
R$ 360 (Pista Vip)

Black Label Society – São Paulo 2012
Preços: R$ 140 (Pista)
R$ 360 (Pista Vip)

Inflação no período: 6,3%
Aumento dos ingressos 16,6 % (Pista)
0% (Pista Vip)

Como é possível comprovar, com esses aumentos abusivos que continuam sendo cometidos, sejam por quem for, os ingressos tendem a chegar num valor cada vez mais alto, tornando os shows um privilégio apenas para a elite.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

OBS: Os cálculos foram feitos com todos os cuidados possíveis, porém podem apresentar pequenas divergências.

Matéria baseada na Folha de São Paulo:

http://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/1195453-produtoras-de-shows-se-unem-contra-meia-entrada-para-estudantes-e-idosos.shtml

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Sobre Kalil Restivo

Kalil F. Restivo Simão é um paulistano de 16 anos que cursa o Ensino Médio. Começou a ouvir rock por influência do pai, e através dele se tornou fãnático por Scorpions, Ozzy, Megadeth e AC/DC. Também acompanha o trabalho de grupos como Salário Mínimo, Kiss, Guns n' Roses, Iron Maiden, Judas Priest e Motörhead. Tem como ídolos James Kottak, Zakk Wylde e Ozzy Osbourne. O autor pode ser seguido no twitter: @kalilrestivo.

Mais matérias de Kalil Restivo.