Raul Seixas: Peça "Raul Fora da Lei" estreia em São Paulo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Carlos Roberto Merigo Filho
Enviar correções  |  Ver Acessos


Estreou em São Paulo no último dia 19 de maio o musical Raul Fora da Lei, com o ator Roberto Bomtempo no papel do cantor maluco beleza, Raul Seixas.

Raul Seixas: Irmã Dulce ajudou o artista no começo da carreiraBruce: "Olhei para Di'Anno e pensei que deveria estar lá!"

A peça faz um panorama da vida de Raulzito desde sua infância em Salvador até a morte, em 1989. Os clássicos de Raul são executados ao vivo por quatro instrumentistas , que vão sendo desfilados ao longo de todo musical na voz de Roberto Bomtempo, além de recitar todas as frases filosóficas e críticas escritas por Raul durante toda sua carreira. A montagem tem a receita certa para se tornar um hit entre os fãs e, principalmente, entre o público jovem.

Foi em 1990, durante as gravações da novela Ana Raio e Zé Trovão, quando Roberto Bomtempo entrou em uma loja de beira de estrada e deu de cara com uma caixa contendo 22 fitas piratas com a obra completa de Raul Seixas. A encomenda teria sido feita por um fã, que havia desaparecido sem retirar a mesma. O ator resolveu aproveitar a oportunidade e comprou a caixa. A partir daí, Roberto foi descobrindo o trabalho de Raulzito e as 22 fitas foram fundamentais para o início do processo de criação do espetáculo.

"Sempre gostei de Raul, mas, por meio daquelas fitas, tomei contato com o que não era sucesso e fiquei maravilhado", diz o ator. A iniciação de Roberto ao lado B da discografia do maluco beleza, rendeu um musical em 1992. Após o Tributo a Raul Seixas, Bomtempo prosseguiu na pesquisa.

"Reuni todo material num pré-roteiro e chamei o diretor teatral Luiz Arthur Nunes para dar o formato final ao texto de Raul Fora da Lei", explica o ator, que define o espetáculo como um monólogo musicado. E com base nesse extenso material deixado por Raulzito para a posteridade: fitas em que gravava seus pensamentos, registros escritos e fotos, Nunes definiu o roteiro da peça.

O repertório é composto por 16 músicas, tanto os sucessos como as músicas obscuras. Entre elas petardos como Metarmorfose Ambulante, Sociedade Alternativa, Maluco Beleza e Cowboy Fora da Lei.

Bomtempo conta que a seleção foi a tarefa mais difícil e o critério de avaliação foi a dramaticidade.
"Muitas músicas entraram no espetáculo por causa da carga dramática exigida por determinados momentos do texto".

A direção é assinada pelo cineasta José Joffily. A produção da peça ainda está a procura de um patrocinador, para possibilitar que o musical possa viajar pelo Brasil. O espetáculo fica em cartaz até o dia 11 de junho no Centro Cultural São Paulo. É uma ótima oportunidade para conhecer um pouco mais da vida, personalidade e obra desse mestre do Rock brasileiro, que deu um chute na bunda de uma sociedade que não está acostumada a levar nenhum beliscão,

RAUL FORA DA LEI
Direção: José Joffily
Duração: 80min
Censura: 10 anos

Centro Cultural São Paulo - Sala Adoniran Barbosa
Rua Vergueiro, 1000
Paraíso
São Paulo - SP
Fone: 3277-3611

Sextas e Sábados às 20h e Domingos às 19h
Preço: R$ 12,00




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Raul Seixas"


Raul Seixas: Irmã Dulce ajudou o artista no começo da carreiraRaul Seixas
Irmã Dulce ajudou o artista no começo da carreira

Canal Musicália: Raul Seixas e a loucura (vídeo)

Raul Seixas: contando sobre tortura durante a ditadura militarRaul Seixas
Contando sobre tortura durante a ditadura militar

Raul Seixas: o que significa Krig-Ha Bandolo?Raul Seixas
O que significa "Krig-Ha Bandolo"?

Sociedade Alternativa: Fama proporcional à escassez teóricaSociedade Alternativa
Fama proporcional à escassez teórica


Bruce: Olhei para Di'Anno e pensei que deveria estar lá!Bruce
"Olhei para Di'Anno e pensei que deveria estar lá!"

Separados no nascimento: sou só eu, ou eles são parecidos?Separados no nascimento
Sou só eu, ou eles são parecidos?

Hard Rock: As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1Hard Rock
As 100 maiores bandas do estilo segundo a VH1

Humor: O dia em que Steve Vai foi humilhado por ChimbinhaHumor
O dia em que Steve Vai foi humilhado por Chimbinha

Cristina Scabbia: Símbolo sexual? Fico surpresa com isto!Cristina Scabbia
"Símbolo sexual? Fico surpresa com isto!"

Regis Tadeu: conheça um Ronnie James Dio que quase ninguém ouviuRegis Tadeu
Conheça um Ronnie James Dio que quase ninguém ouviu

Iron Maiden: Tenho inveja dos fogos do Slipknot,diz BruceIron Maiden
"Tenho inveja dos fogos do Slipknot",diz Bruce


Sobre Carlos Roberto Merigo Filho

Louco por Rock 'n Roll de todos os tipos desde sua criação até os dias de hoje, infelizmente não toca nada. Suas bandas preferidas são Kiss, The Black Crowes, Aerosmith, The Cult, Iron Maiden, Black Sabbath, Queen, Camisa de Venus, Velhas Virgens, etc.

Mais matérias de Carlos Roberto Merigo Filho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336