Argentinos podem ficar sem disco ao vivo do Megadeth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fábio Faria
Enviar correções  |  Ver Acessos

O líder do MEGADETH, Dave Mustaine, usou o fórum do site da banda para avisar que existe a possibilidade de o CD ao vivo que eles pretendem gravar na Argentina não se concretizar. De acordo com a mensagem, Mustaine espera que o Megadeth não seja forçado a mudar seus planos de viajar para fora dos Estados Unidos para realizar as gravações, porque, segundo o músico, existe por lá a idéia de "uma ameaça a todos os homens americanos", e se isso for verdade, o filho dele corre perigo. O guitarrista diz que tudo vai depender de como as coisas vão se desenrolar, mas garante que o CD será gravado de qualquer maneira, mesmo que seja em solo americano. As gravações na Argentina estão previstas para os dias 15 e 16 de novembro, em Buenos Aires.

Marilyn Manson: vocalista revela suas estranhas fobias sexuaisMetalcore: os dez trabalhos essenciais do estilo

No último dia 9 de outubro, o grupo lançou o DVD "Megadeth - Behind The Music", que reproduz na íntegra o programa homônimo da emissora americana VH1. O DVD tem uma hora a mais que a versão mostrada na TV, e conta em detalhes a história da banda, além de trazer a versão censurada do clipe da música "Moto Psycho".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Megadeth"


Dave Mustaine: religião, Metal e calúnias pela internetDave Mustaine
Religião, Metal e calúnias pela internet

Megadeth: em 1994, Dave Mustaine já lidava com trolls na internetMegadeth
Em 1994, Dave Mustaine já lidava com trolls na internet


Marilyn Manson: vocalista revela suas estranhas fobias sexuaisMarilyn Manson
Vocalista revela suas estranhas fobias sexuais

Metalcore: os dez trabalhos essenciais do estiloMetalcore
Os dez trabalhos essenciais do estilo


Sobre Fábio Faria

"Maidenmaníaco" convicto, nascido em 1973, passou a escutar Rock com 10 anos de idade. Primeiro disco adquirido foi "Destroyer" do Kiss. Logo depois conheceu o álbum "Killers" do Iron Maiden, e a identificação foi instantânea. Curte todos os estilos e sub-estilos do Rock e do Metal. Sem preconceito, escuta desde Black Sabbath, Yes, Janis Joplin, Slayer, In Flames, Sex Pistols até Dream Theater, U2, Blind Guardian, Slipknot, Carcass, etc. Bandas favoritas: Iron Maiden e Beatles.

Mais matérias de Fábio Faria no Whiplash.Net.

adWhipDin