Chris Cornell desmente fim do Audioslave

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Scoczynski Filho, Fonte: MTV.com
Enviar correções  |  Ver Acessos

(NOTA DO EDITOR: esta é uma versão ampliada da nota publicada no dia 26)

Na última terça-feira (25 de julho), uma revista publicou que o próximo álbum do AUDIOSLAVE, "Revelations", produzido por Brendan O'Brien, seria o último do vocalista Chris Cornell com a banda, já que ele está trabalhando com material para o seu primeiro álbum solo há sete anos. A reportagem reiterou os rumores que começaram a circular online há três semanas, sugerindo que Chris gostaria de concentrar a sua atenção no álbum que sucederá o "Euphoria Morning", de 1999.

De acordo com o mesmo relato, os outros membros do AUDIOSLAVE recusaram uma proposta de 7 dígitos para reunir o RAGE AGAINST THE MACHINE com o antigo líder, Zack de la Rocha.

Mas enquanto escreve cerca de doze músicas para um LP solo que pretende gravar antes do fim do verão americano, Cornell afirma que tudo no universo do AUDIOSLAVE é delicioso. Depois, na mesma tarde, Tom Morello (guitarrista) confirmou por e-mail que de fato houve há algum tempo uma oferta para uma reunião do RATM, mas que seria para apenas um show, afirmando ainda que os rumores sobre o fim do AUDIOSLAVE são falsos.

"Ouvimos rumores sobre o fim do Audioslave o tempo todo", explica Cornell. "Mesmo no começo, quando tínhamos problemas nos negócios e não tínhamos ainda a união de uma banda, ainda tencionávamos lançar um álbum. Gravamos o disco e o amamos. Eu acho que é aí que tudo começa - a idéia de que nós começamos com uma certa instabilidade. É de se esperar que, a partir do momento que se esteja preparando o terceiro CD, as pessoas parassem de pensar assim ou de se preocupar com isso - mas volta e meia tudo ressurge. Eu apenas ignoro".

O que Cornell não ignorou foi uma oferta dos produtores do próximo filme do James Bond, "Casino Royale", para fazer a música-tema do filme. Mas ele admite que, no início, ele não tinha certeza se queria isso ou não. Após ver o novo ator que interpretará o agente 007, Daniel Craig, ele mudou de idéia. "Ele não é um super-agente. Ele é um ser humano nesse filme, e vai reajustar completamente a maneira como as pessoas imaginam o personagem", diz Cornell. Ele é co-autor da música tema, "You Know My Name", com David Arnold, que está orquestrando a trilha sonora do "Casino Royale", o seu quarto filme do James Bond.

Desde março, quando o AUDIOSLAVE terminou a gravação e mixagem do "Revelations", processo que levou cinco semanas, Cornell teve muito tempo livre, o qual ele admite que gastou escrevendo a grande parte das músicas de seu LP solo. "Eu tenho muitas músicas, algumas das quais poderiam ser do Audioslave; mas, com tantas que são completamente diferente do som da banda, decidi que estava na hora de fazer outra gravação solo", conta o vocalista.

O AUDIOSLAVE planeja gravar e lançar o máximo de material novo possível, não para ganhar muito dinheiro, mas sim pelo fato de nem toda banda poder gravar um disco novo por ano, algo que eles podem, já que de acordo com Chris, parte da rapidez da gravação do álbum foi devida ao número de boas canções que ficaram de fora do segundo álbum da banda, e acabaram sendo regravadas para o terceiro.


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Audioslave"Todas as matérias sobre "Chris Cornell"


Soundgarden: Matt Cameron faz breve comentário sobre Chris CornellSoundgarden
Matt Cameron faz breve comentário sobre Chris Cornell

Chris Cornell: havia marcas de agulha no corpo, diz siteChris Cornell
Havia marcas de agulha no corpo, diz site


Guitarra: em vídeo, o solo mais destrutivo que você já viuGuitarra
Em vídeo, o solo mais destrutivo que você já viu

Fotos de Infância: Anselmo, Dimebag, Rex Brow e Vinnie PaulFotos de Infância
Anselmo, Dimebag, Rex Brow e Vinnie Paul


Sobre Fernando Scoczynski Filho

Estudante de Direito de Ponta Grossa (PR), desde criança orientado pelos pais a escutar blues e rock, com muito Led Zeppelin e Black Crowes. Apaixonado por música (e por escrever), tem um gosto que vai de Beatles e Pink Floyd até White Stripes e Queens of the Stone Age, passando por Radiohead e Nine Inch Nails.

Mais matérias de Fernando Scoczynski Filho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336