Grave fala de cover de AIC e critica In Flames

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago Sarkis, Fonte: Roadie Crew
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 20/12/06. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Em recente entrevista à revista Roadie Crew (Ed. 95, capa: Angra), Ola Lindgren, líder do GRAVE, lendária banda sueca de Death Metal, comentou sobre o cover que gravou para "Them Bones" do ALICE IN CHAINS, e fez críticas à nova geração do Death Metal sueco, e ao IN FLAMES. Confira alguns trechos da conversa logo abaixo:

5000 acessosMetallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidas5000 acessosProstitutas: As mais famosas e devassas do cenário Rock - Parte 1

Sobre o cover de Alice In Chains

"Eu acho essa música excelente, e a tenho em mente há muitos anos. Sempre pensei em 'Them Bones' como uma composição com potencial para ser traduzida perfeitamente no estilo do Grave. Além disso, soa-me interessante e desafiador tocar um cover de uma banda que não está no Death ou Thrash, ou seja, na mesma vertente que nós."

Sobre a nova geração de bandas suecas

"Eles não produzem nada que realmente me interesse. Certamente são bandas que vendem muitos álbuns, até porque a música que fazem é mais fácil do que a dos grupos precursores do Death Metal na Suécia. Difícil é entender porque o In Flames, que está aí há tanto tempo, mantém o mesmo nome após mudar totalmente seu estilo. Digo, é comercialmente compreensível, mas... Enfim, não me importa."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Covers e Versões"

Ai Se Eu Te PegoAi Se Eu Te Pego
O hit de Michel Teló em versões Rock e Metal

MegadethMegadeth
"Symphony Of Destruction" em versão Reggae

ClássicoClássico
Bach, Beethoven e Vivaldi em versão Heavy Metal

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Covers e Versões"0 acessosTodas as matérias sobre "Grave"

MetallicaMetallica
James Hetfield explica suas tatuagens preferidas

ProstitutasProstitutas
3 das mais famosas e devassas do cenário Rock

MetallicaMetallica
Músicos regravam o St. Anger "da forma correta" - ouça

5000 acessosO Suprassumo do Superestimado: os 11 mais (ou menos) nacionais5000 acessosEm 19/03/1982: Randy Rhoads morre em um acidente de avião5000 acessosÁlbuns ao vivo: 10 grandes registros da história do rock2989 acessosPink Floyd: as músicas do "Dark Side Of The Moon", da pior para a melhor2549 acessosJared Dines: os tipos de bateria (para iniciantes)5000 acessosAerosmith: as músicas "ressuscitadas" da banda

Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online