Paul Stanley: "decepcionado com solo de Gene"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Rafael Alexandre Tamanini, Fonte: Herald Sun, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 02/02/07. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Cameron Adams, do Herald Sun australiano, recentemente conduziu uma entrevista com o guitarrista/vocalista do KISS Paul Stanley. Algumas partes seguem abaixo:

411 acessosMarcos de Ros: Gene Simmons, o Capitalista Malvadão5000 acessosRock Brasileiro da Década de 50

Herald Sun: Você está em turnê com seu álbum solo "Live to Win" pela primeira vez em 28 anos. Como está sendo tocar sem maquiagens e efeitos especiais?

Paul Stanley: "De certa forma é surpreendente, pois rola mais vibração do que em alguns shows em grandes arenas que fizemos com o Kiss. É realmente muito divertido. Toda a turnê me reconectou ao motivo pelo qual virei músico em primeiro lugar. Me lembro de ter ido a shows quando guri, onde vi Jimi Hendrix ou Led Zeppelin tocar para algumas milhares de pessoas, e não se tratava de uma manifestação na grandiosidade do espetáculo, mas sim fé na música".

Herald Sun: Sua banda solo é a mesma das duas temporadas do Reality Show "Rock Star". Isso é o mais próximo que você irá chegar de um programa destes?

Paul Stanley: "Eu prefiro levar uma bala na cabeça! Ou você vive a vida real ou assiste TV, ambos não podem co-existir. Não tenho a mínima vontade de ver minha intimidade devassada pelo público. Estou muito feliz com minha vida pessoal e minha vida no palco. Uma torna a outra possível".

Herald Sun: Você já assistiu ao Reality show do Gene Simmons, "Family Jewels"?

Paul Stanley: "Honestamente não. Dizem que é muito bom. Ele é feliz. Essa é a parte da personalidade dele e não da minha".

Herald Sun: Você acha que algumas coisas que Gene faz fora da banda diminuem o prestígio do Kiss?

Paul Stanley: "Sim, acredito nisto. Mas ele tem o direito de fazê-las. Eu acho que algumas das escolhas dele são questionáveis, mas e daí? Deus sabe que nós ganhamos o direito de ir e fazer o que nos satisfaz".

Herald Sun: Qual a situação atual do Kiss?

Paul Stanley: "Nós recusamos uma turnê de verão – por algum motivo não era atraente. Verdade seja dita, eu não me importaria em sair e continuar com minha banda solo. Mas o Kiss com certeza sairá em turnê novamente. É inevitável".

Herald Sun: Gene foi ao seu show solo. O que ele achou?

Paul Stanley: "Ele achou demais. Pelo que ouvi, postou algo neste sentido no site dele. O show é tão bom como muitas coisas por aí e melhor que a maioria".

Herald Sun: O que você achou do álbum solo de Gene, o "Asshole"?

Paul Stanley: "Não é algo que eu faria, e não é o tipo de álbum que eu esperava que ele fizesse, mas só posso me responsabilizar pelo que eu faço".

Herald Sun: Você sofreu uma cirurgia nos quadris há algum tempo. Já se recuperou totalmente?

Paul Stanley: "Tudo que posso dizer é que estou 'batendo recordes' todas às noites".

Herald Sun: É verdade que antes da cirurgia durante muitos anos você tocou com o Kiss mesmo sentindo fortes dores?

Paul Stanley: "Penso que quando uma pessoa compra um ingresso, não estão interessadas em ouvir alguém no palco reclamando de seus problemas de saúde. Se você tem de fazer isso, é melhor devolver o dinheiro, as pessoas não vem para desculpas ou para escutar sobre seus problemas. Eu senti dores por muitos anos e chegou a um ponto em que era literalmente doloroso subir as escadas para o palco".

Confira a entrevista na íntegra (em inglês) no link abaixo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 02 de fevereiro de 2013

Paul StanleyPaul Stanley
"Guitarristas não aprendem a fazer base"

411 acessosMarcos de Ros: Gene Simmons, o Capitalista Malvadão483 acessosAce Frehley: "Anomaly" ganha versão deluxe; ouça música inédita762 acessosKiss: bicicleta de triathlon em edição limitada0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Kiss"

KissKiss
"Lady Gaga é a unica estrela atual do rock", diz Gene Simmons

KissKiss
"Gene é viciado em sexo", diz Ace Frehley

Capas de álbunsCapas de álbuns
Agora com gatos em discos clássicos

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Kiss"

Rock brasileiroRock brasileiro
Em 24 de outubro de 1955 a vida dos jovens mudou

Rock And RollRock And Roll
Últimas fotos em vida de músicos famosos

Heavy MetalHeavy Metal
5 músicos que não são metaleiros mas amam o estilo

5000 acessosAC/DC: a história do nome e a idéia do uniforme de Angus5000 acessosMMA: os lutadores que curtem Rock e Heavy Metal5000 acessosRockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus5000 acessosJanick Gers: "Nunca pensei no Iron Maiden como Heavy Metal"1350 acessosBeatles: John Lennon homenageado com cratera em Mercúrio5000 acessosExportando metal: músicos brasileiros que atuam ou já atuaram em bandas gringas

Sobre Rafael Alexandre Tamanini

Vulgo Tamanini. Catarinense, administrador, chefe escoteiro, futuro historiador e ainda fã de rock and roll. Depois de comprar o disco "Powerslave" do Iron, nunca mais foi o mesmo. Já teve a oportunidade de ver ao vivo Helloween, Iron Maiden, Sepultura, Stratovarius, Ramones, e muitos outros. Além dessas bandas também é fã de carteirinha de Rhapsody of Fire, Black Sabbath, Angra, Blind Guardian e muitas outras. Está aguardando o dia em que o metal nacional irá tomar conta do mundo.

Mais matérias de Rafael Alexandre Tamanini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online