Dave Mustaine: ele descobriu AC/DC transando e fumando erva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Fonte: Blabbermouth
Enviar correções  |  Ver Acessos

Dave Mustaine (MEGADETH) participou de matéria da Classic Rock Magazine em 2007, intitulada "Every Home Should Have One - Albums You Should Own" ("algo como "álbuns que todas as casas devem ter"), onde falou sobre o "Let There Be Rock", do AC/DC; seguem abaixo alguns trechos.

Deep Purple: o riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?Slipknot: Corey Taylor não tem a cara limpa por baixo da máscara

"Quando era jovem, morava em Huntington Beach, na Califórnia, e havia uma garota chamada Cindy, que trabalhava numa loja de discos. Eu vendia maconha, e vez por outra trocava por discos. Ela vinha até minha casa para fumar e... (faz um gesto denotando que eles transavam), então foi assim que eu descobri o AC/DC".

"A primeira vez que fui ouvir, olhei a foto da contracapa e fiquei imaginando o que havia de errado com os lábios do cara (Angus Young). Mas quando ouvi a música, minha vida mudou totalmente. Me lembro de cada detalhe, desde o primeiro milissegundo, o breve ruído antes da introdução de 'Go Down', até o último acorde de guitarra de 'Whole Lotta Rosie'".

"Este disco fica em meu carro. Sempre esteve e sempre estará. Sempre que tenho de dirigir de minha casa no Arizona até Los Angeles, é a primeira coisa que coloco para ouvir. Tenho anti radares no carro - espero que nenhum policial leia isto - e quando posso acelero fundo e sempre estou ouvindo este disco".

"Me lembro da primeira vez que ouvi a canção 'Let There Be Rock', não entendia o que significava 'schmaltz' (Nota: no contexto da letra significa 'emoção'), e parecia que aquele cara, Bon Scott, havia mastigado amendoim que perfurara a parte de cima de sua boca. Mas passei a realmente amar esta banda. Comecei a colecionar tudo que caía em minhas mãos".

"Bon era um de meus heróis, foi um dos maiores 'frontman' de todos os tempos, fiquei muito triste quando morreu. Lembro exatamente quando fiquei sabendo (de sua morte). Ainda amo e respeito o AC/DC, e Brian Johnson é muito bom no que faz, porém a coisa nunca mais foi a mesma para mim".

"Quando tocamos juntos há alguns anos, dei um forte abraço em Angus (Young), ele é tão miúdo que foi como se eu estivesse abraçando um pequeno boneco".

"Agradeço a Deus pelo AC/DC. Grande banda!"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Drogas e Álcool"Todas as matérias sobre "AC/DC"Todas as matérias sobre "Megadeth"Todas as matérias sobre "Dave Mustaine"


Megadeth: Dave Mustaine pegou dicas de canto com Bruce Dickinson após câncerMegadeth
Dave Mustaine pegou dicas de canto com Bruce Dickinson após câncer

Dave Mustaine: Risk poderia ter sido o fim da carreiraDave Mustaine
"Risk" poderia ter sido o fim da carreira


Deep Purple: o riff de Smoke on the Water foi criado por Tom Jobim?Deep Purple
O riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?

Slipknot: Corey Taylor não tem a cara limpa por baixo da máscaraSlipknot
Corey Taylor não tem a cara limpa por baixo da máscara


adGooILQ