Ozzy: sobriedade, compras e música em game

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fabio Kuriyama e Fabiano Negri e Nara L. Almeida, Fonte: Brave Words, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

De acordo com a Bang Media, OZZY OSBOURNE, que combateu por anos a dependência de álcool e drogas, disse que conversava com animais. Ozzy afirmou em entrevista à British Magazine: "Eu tive uma grande viagem, a maior que se poderia ter. Eu bebi e me afundei na cocaína, LSD, tudo. Voces não podem me imaginar com LSD. Tinham cavalos no campo. Todos eles conversavam comigo! Eu descobri que estava com problemas quando não tinha mais nenhum tipo de merda [droga] que pudesse me derrubar".

Ozzy Osbourne: No Rock In Rio, má impressão sobre o BrasilAC/DC: Axl conta por que Angus vive correndo no palco

Ozzy, agora com 58 anos, admite que o consumo excessivo de drogas o fez fazer coisas irreversiveis. O cantor explica: "Uma noite em Hamburgo, eu pintei meu rosto de rosa e não percebi que a tinta era permanente. Então eu tive que andar por três dias com a cabeça rosa!"

E Alison Roberts, do Evening Standart, conduziu recentemente uma entrevista com Ozzy. Seguem abaixo alguns trechos:

Sobre estar sóbrio por dois anos: "Eu não gosto de me gabar sobre por quanto tempo eu tenho andado sóbrio, pois posso aparecer na próxima semana perdendo a cabeça em um bar qualquer, e alguém estará lá batendo uma foto, como já aconteceu antes".

Sobre o incidente ocorrido em 1989 quando ele, afetado pelo álcool, tentou estrangular sua mulher, Sharon: "Uma das minhas filhas - Kelly - tem 22 anos, e ela tinha acabado de nascer na primeira vez em que eu precisei de ajuda. O que eu quero dizer é que você pode garantir uma de três coisas, se você beber como eu bebi: a morte, se tiver sorte, insanidade ou cadeia".

"Eu costumave ter muito 'apagões'. O meu maior medo era acordar em uma cela com uma velha senhora dizendo a um policial: 'sim, esse é o cara que matou meu marido' ou 'este é o sujeito que atingiu meu filho na cabeça com um machado'..."

"Eu ficava apavorado... e então aconteceu - aquele dia em que eu acordei em uma pequena cela, com merda nas paredes - e eu pensei: 'o que foi que eu fiz agora? Terá sido uma das minhas brincadeiras de mau gosto??'"

"Então eu perguntei a um policial: 'Por que estou aqui?' Eu não tinha a menor noção. É uma sensação terrível. Ele leu pra mim um pedaço de papel e disse 'Você está preso por tentar assassinar sua esposa, Sra. Sharon Osbourne.' Eu não posso descrever como me senti. Eu fiquei constrangido. Mas mesmo aquilo não me fez parar. Foi somente quando em fiquei enjoado e cansado de me sentir doente que finalmente tomei jeito".

Sobre acompanhar as reuniões do AA: "No início eu pensava, este sou eu, Ozzy, será que eu realmente quero me sentar numa sala com um bando de ex-viciados? E o responsável me disse 'quando você bebia, você não era capaz de encarar qualquer boteco?' e é claro que era, se tinha bebida eu ía até o fim, nada me impedia de ir para qualquer bar".

Sobre como ele descreve esta 'força maior' que o levou a encarar as reuniões do AA: "Eu acredito que seja Deus, por desejar um mundo melhor, mas eu não leio a Bíblia. Você já tentou ler aquilo? Eu não consigo fazer isso, sendo disléxico... no momento em que eu terminasse a primeira página já estaria morto".

No shopping, com a Sharon em Beverly Hills: "Eu odeio isso. Definitivamente odeio! Se eu quero uma camisa preta procuro uma do meu tamanho e compro. A Sharon tem que ver cada camisa da loja, eu não entendo isto. Daí uma assistente chega pra mim e diz 'Mr. Ousbourne, o senhor estaria interessado em um casaco pink?' Eu?? Pink?? O Príncipe das Trevas, vestido de pink????"

Sobre ter crescido em meio a uma classe trabalhadora de Aston, Birmingham, uma de seis crianças cujo pai trabalhava a noite em uma fábrica: "Eu costumava sonhar muito. Eu me juntei a uma banda porque amava os Beatles, e esta era uma maneira de estar com a galera.

Se há previsão de quando vai parar: "Se chegar um tempo em que eu não consiga mais lotar estádios eu passo a tocar em clubes e bares. Quando eu tinha 21 anos achei que estaria morto aos 40 - mas isso não é tão legal quando você já tem 49 e meio. Quando o 'cara' lá de cima quiser que você pare, certamente você parará. E ele ainda não me mandou parar..."

O artigo completo (em inglês) pode ser lido neste link.

E no www.vh1.com estão disponíveis duas músicas da peformance ao vivo de Ozzy no Rock Honors 2007. Basta acessar o site e dar busca por "Rock Honors 2007".

E "I Don't Wanna Stop", primeiro single de seu novo álbum, estará presente no game "Madden NFL 08", produzido pela Electronic Arts, que estará disponível para todas as plataformas a partir do dia 14 de agosto.

O jogo estará disponível para Xbox 360, PlayStation 3, Wii, PC, Xbox, PlayStation 2, GameCube, PlayStation portátil e Nintendo DS.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Ozzy Osbourne"


Don Arden: Os segredos sombrios do pai de Sharon OsbourneDon Arden
Os segredos sombrios do pai de Sharon Osbourne

Ozzy Osbourne: as diferenças entre Blizzard e Diary Of A MadmanOzzy Osbourne
As diferenças entre Blizzard e Diary Of A Madman


Ozzy Osbourne: No Rock In Rio, má impressão sobre o BrasilOzzy Osbourne
No Rock In Rio, má impressão sobre o Brasil

AC/DC: Axl conta por que Angus vive correndo no palcoAC/DC
Axl conta por que Angus vive correndo no palco


Sobre Fabio Kuriyama

Analista de sistemas, 28 anos, carioca nato, rockeiro e headbanger de coração, curte de Carcass a Metallica passando por The Cure a Deftones. Tenta ser um bom Baixista nas horas vagas mas há mais esforço do que talento. :)

Mais matérias de Fabio Kuriyama no Whiplash.Net.

Sobre Fabiano Negri

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Sobre Nara L. Almeida

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClioIL