Led Zeppelin: Jason Bonham quase "afinou"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Zé Elias, Fonte: GigWise, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Daniel Melia, do Gigwise.com, informou em matéria de dezembro de 2007 que o show do LED ZEPPELIN levou alguém quase ao seu limite: o filho de John Bonham, Jason.

2048 acessosLed Zeppelin: Dando peso ao trailer de Thor Ragnarok5000 acessosNazareth: 40 anos de rock

Ele esteve presente em homenagem ao pai, que morreu em 1980 e, pouco antes do evento, teve um ataque de nervos. Segundo seu companheiro na banda FOREIGNER, ele não estava com boa aparência e quase passou mal antes de subir ao palco.

Jones disse na hora: ”Está sendo muita emoção para o Jason. Ele esteve OK até 45 minutos antes do show. Mas pelo jeito vai vomitar antes de subir ao palco...”

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Steve VaiSteve Vai
A música que o fez querer ser guitarrista

2048 acessosLed Zeppelin: Dando peso ao trailer de Thor Ragnarok677 acessosEduarda Henklein: tocando e cantando "Immigrant Song" do Led1142 acessosDinamarca: garotinha de 10 anos ganha programa tocando Led e RATM0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Led Zeppelin"

Rock and RollRock and Roll
Brigas internas que serviram como inspiração para clássicos

Solos de guitarraSolos de guitarra
Lista dos 50 melhores segundo a NME

Led ZeppelinLed Zeppelin
A banda não é, nem nunca foi, um "plágio"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 12 de dezembro de 2012
Post de 14 de dezembro de 2012

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"

NazarethNazareth
Muito mais que "Love Hurts" em 40 anos de rock

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
James Hetfield e Mano Menezes

NirvanaNirvana
O bizarro gosto gráfico de Kurt Cobain

5000 acessosMike Portnoy: o cara trabalha pra kct, será que ganha bem?5000 acessosThrash Metal: dicas de dez ótimas bandas underground5000 acessosJohn Lennon: a versão de Marco Feliciano sobre a morte do Beatle5000 acessosFotos de banda: você acha aquela clássica do Manowar esquisita?5000 acessosNapalm Death: "Religião não serve para nada!"5000 acessosNikki Sixx: "transei com a mulher do Bruce Dickinson"

Sobre Zé Elias

José Elias da Silva Neto é paulista, nasceu em 1965. Mora em Göttingen, Alemanha. É formado em Comunicação e Marketing. Baixista e palmeirense. O primeiro rock que ouviu foi com uns 3 anos de idade, "Wooly Booly", de Sam the Sham and the Pharaos (há um clipe desse som no Youtube). Aos 6 anos, em 1972, foi apresentado por um primo 12 anos mais velho ao Machine Head, do Deep Purple, e ao Santana 3, saídos então do forno. Uns três anos depois, conheceu a coletânea 1962-1966 dos Beatles, aquela de capa vermelha. Mas a paixão só engrenou de vez em 1979, quando escutou o álbum No Mean City, do Nazareth. Quem ele escuta: Jethro Tull, Deep Purple, Queen, Led Zeppelin, Van Halen, Nazareth, Genesis, Kansas, Gentle Giant, Dixie Dregs, Emerson Lake & Palmer, Rush, Yes, Focus, Black Sabbath... Quem ele escutou muito, mas deixou de lado: Iron Maiden. Quem nunca lhe fez a cabeça: The Doors, Rolling Stones, U2, thrash metal, power metal, melodic metal, death metal (e quase tudo que leva metal no nome), músicas com improvisos e solos "de dois dias e meio".

Mais matérias de Zé Elias no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online