Jimmy Page, The Edge e Jack White: comentários sobre filme

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ligia Fonseca, Fonte: Brave Words, Tradução
Enviar Correções  

"It Might Get Loud", novo documentário do ganhador do Oscar Davis Guggenheim (de "Uma Verdade Inconveniente"), fez sua estréia mundial no Festival Internacional de Cinema de Toronto 2008 em 5 de setembro e será lançado nos cinemas no ano que vem. O filme conta com Jimmy Page (LED ZEPPELIN), The Edge (U2) e Jack White (WHITE STRIPES).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O moderador da coletiva de imprensa do Festival, George Stromboulopoulos, perguntou a Page como ele se envolveu no projeto. "Fiquei fascinado com a idéia, e quando soube que Jack e The Edge iam participar, fiquei mais fascinado ainda. É claro que conhecia o trabalho de Davis antes disso. Devo dizer que a forma com que Davis apresentou isso a mim foi bem peculiar. Meu ponto forte é tocar música. Eu me sinto mais em casa tocando no palco, gravando ou compondo música do que falando sobre ela. Obviamente ele pensou bastante nisso e disse: 'nossa abordagem será gravar isso como uma entrevista em áudio. Isso nos deu uma chance de nos conhecermos e quebrou o gelo, de alguma forma", disse Page.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Stromboulopoulos: Tenho que falar sobre isso, sobre o elefante na sala. O que está acontecendo com a reunião do Led Zeppelin, você consideraria uma reunião com Jack e The Edge no palco, ou como um álbum?

White: "Bom, eu fico com a bateria!"

Edge: "Eu faria algo se o dinheiro fosse ótimo [risos]. Acho que o que você vê ao longo do filme são três pessoas que têm o mesmo amor pela música e que, no final do filme, gostam mesmo umas das outras. Quem sabe aonde isso pode ir? Não quero falar nada, mas é claro que há respeito ali".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

White: "Era sobre aproveitar aquele momento. Eu me vi no filme assistindo a Jimmy tocar 'Whole Lotta Love', e pensei 'pare de sorrir'. Eu estava com um sorriso tão estúpido".

Leia mais sobre a coletiva de imprensa neste link.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Slash: A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gaySlash
A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gay

Metallica: os motivos da saída de Jason NewstedMetallica
Os motivos da saída de Jason Newsted


Sobre Ligia Fonseca

Tradutora, formada em Jornalismo pela PUC-SP, resolveu mudar de carreira quando percebeu que gostava mais de traduzir do que de escrever textos. Descobriu o rock aos 5 anos, ao assistir o clipe de "I Love it Loud" do Kiss.

Mais matérias de Ligia Fonseca no Whiplash.Net.

CliIL Cli336 Cli336