"Chinese Democracy": jornal chinês chama CD de "venenoso"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Alexandre Israel, Fonte: NME.com, Tradução
Enviar Correções  

O Global Times, jornal publicado pelo Partido Comunista Chinês, descreveu o novo álbum do GUNS N´ ROSES, 'Chinese Democracy', como um "ataque peçonhento" ao país.

A faixa-título, cuja letra faz referência à seita religiosa banida Falun Gong, e diz "If your great wall rocks, blame yourself" ("se sua grande muralha sacudir, culpe a si mesmo"), não aparece nas edições chinesas do disco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

No artigo publicado, o periódico disse também que a banda "aponta sua lança na direção da China".

Além disso, a BBC news reportou que o acesso ao site oficial da banda foi bloqueado no país.

Essa não é a primeira vez que as autoridades chinesas censuram músicos do ocidente. Em março passado, líderes do Ministério da Cultura declararam que enrijeceriam o controle sobre as bandas que se apresentam no lugar, após a cantora Bjork ter declarado apoiar a independência do Tibete, durante um show em Pequim.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Cli336 Cli336