Extreme: "não temos expectativas de vender muitos discos"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Fonte: Brave Words
Enviar Correções  

O site MetalShrine.net entrevistou o guitarrista do EXTREME Nuno Bittencourt, e durante a conversa, foi perguntado como ele vê a indústria musical hoje em dia e se a banda acha que pode vender bem seu novo álbum:

Lista: os 25 melhores álbuns de rock lançados em 1990

Metal/Hard: Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais

"Respondendo sua pergunta, não, não temos expectativas de vender muitos discos. Acho que ninguém mais vai vender. Muitas bandas costumavam ganhar milhares de discos de platina e agora você se pega vendo a parada da Rolling Stone e se tiver sorte verá um ou dois discos de platina, conquistados por algum artista de hip hop ou algo parecido. Veja assim, se você não estiver trabalhando com o Timbaland ou com o Justin Timberlake, poucas são suas chances de vender muitos discos. Se eles não estão produzindo uma de suas músicas e se você não está no Top Ten do iTunes, você está ferrado".

"Mas isto é legal. Tira a pressão de todos. Faz com que queiram criar arte e não hits. Faz com que criem álbuns realmente bons mesmo sabendo que as pessoas vão roubá-los, sabendo que vão compartilhá-los de maneira ilegal, e algumas até que vão comprá-los, mas o principal é que traz de volta o foco de se pegar a estrada para excursionar, e com isto é preciso ser uma boa banda. É necessário ser competente para que as pessoas queiram te assistir".

A matéria completa (em inglês) está neste link.


adWhipDin adWhipDin