Motley Crue: Vince Neil lança sua autobiografia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Amazon.com
Enviar correções  |  Ver Acessos

O vocalista do MÖTLEY CRÜE, Vince Neil Wharton, decidiu seguir as incursões literárias de seus colegas de banda, o baixista Nikki Sixx (autor de "The Heroin Diaries") e o baterista Tommy Lee Bass (autor de "Tommyland") e aumentar ainda mais a bibliografia dedicada aos contos de baixaria da banda (que começou em 2001, com o lançamento de "The Dirt", uma autobiografia da banda co-escrita com o jornalista Neil Strauss), lançando sua própria versão dos fatos. Vince juntou-se ao ghost writer Alan G. Parker e ainda em 2009 lançam "Crüed and Tatöoed: The Real Dirt from the Notorious Rock 'n' Roll Hellraiser".

Kiko Loureiro: ele intimidou Chris Adler quando mostrou CD soloWhiplash.Net: O site publica matérias pagas ou protege quem anuncia?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O livro, que ainda não teve nenhum trecho tornado público, já pode ser encomendado, em esquema de pré-venda, pelo site Amazon.com.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Motley Crue"Todas as matérias sobre "Vince Neil"


Noisecreep: As 10 Melhores músicas de Metal e Hard dos anos 80Noisecreep
As 10 Melhores músicas de Metal e Hard dos anos 80

Mötley Crüe: a reação de Roger Taylor, do Queen, ao filme The DirtMötley Crüe
A reação de Roger Taylor, do Queen, ao filme "The Dirt"


Kiko Loureiro: ele intimidou Chris Adler quando mostrou CD soloKiko Loureiro
Ele intimidou Chris Adler quando mostrou CD solo

Whiplash.Net: O site publica matérias pagas ou protege quem anuncia?Whiplash.Net
O site publica matérias pagas ou protege quem anuncia?


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336