Metallica: "retomando novamente elementos do Thrash Metal"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Lucas Pinheiro, Fonte: LA Weekly, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 21/03/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Patrick Range McDonald, do LA Weekly, realizou uma entrevista com o baixista do METALLICA, Robert Trujillo na sexta-feira, dia 20 de março, no Four Seasons Hotel em Austin, Texas, antes do show "secreto" da banda no Stubb's Bar-BQ, para promover o "Guitar Hero: Metallica".

3327 acessosBill Ward: os dez discos de metal favoritos do baterista5000 acessosCorey Taylor: Verdades sobre Joey Jordison e Jim Root

Trujillo: "Para mim, o Guitar Hero é uma ótima maneira para as pessoa conhecerem as músicas de uma banda. Não apenas o METALLICA, mas muitas outras bandas", disse ele. "É quase educativo, nesse sentido, onde as pessoas podem aprender sobre bandas que vão desde SANTANA, LYNYRD SKYNYRD ao JOURNEY, seja qual for a banda. Quero dizer, meu filho adora dançar ouvindo 'Paranoid' do BLACK SABBATH, e ele só tem 4 anos de idade. E isso é uma grande maneira de interagir com as outras pessoas. Eu sempre pego um microfone e começo a cantar, eu sou o Ozzy Osbourne e ele é o Tony Iommi. Então, é divertido nesse sentido, também. Esperamos que o 'Guitar Hero: Metallica' incentive os jovens, e todas as outras pessoas, a talvez comprar um instrumento ou ir ver um show de Rock".

Sobre o que o METALLICA está tentando fazer exatamente com a sua música, ele disse: "Do jeito que o Metallica está agora, eu sinto que é um momento muito importante e excitante. Acho que os elementos do Trash Metal estão de volta, e é emocionante para a banda abrir essas portas novamente. Para mim, particularmente, está sendo um momento de grande honra sendo o mais novo membro, e é uma grande honra fazer parte do Metallica. E é divertido para mim sendo baixista, e é também um grande desafio. Também acho que a direção que estamos tomando em termos progressivos é muito excitante. E parece que nossos fãs entraram nessa e eles estão muito excitados em relação aos solos de guitarra estarem novamente na banda. Parece que os solos de guitarra tinham acabado há alguns anos atrás, e agora eles estão de volta para se vingar. Os riffs, na minha opinião, estão de volta de cara nova. E tem sido muito empolgante também trabalhar com Rick Rubin, que abriu definitivamente algumas portas para nós, em termos de criatividade, sobretudo ele pediu pra Lars [Ulrich] e James [Hetfield] acelerarem para voltar ao swing antigo da banda, especialmente, usando elementos old-school".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Bill WardBill Ward
Os dez discos de metal favoritos do baterista

619 acessosMetallica: vídeo oficial de "Fuel" em Orlando3313 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

VideoVideo
Metallica, Slayer, Slipknot, Pantera e A7X sem distorção

Pra discutirPra discutir
Os 100 melhores discos de Heavy Metal de todos os tempos

RockRock
Curiosidades para enriquecer seu conhecimento

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

Corey TaylorCorey Taylor
Verdades sobre Joey Jordison e Jim Root

CoversCovers
Quando bandas de Heavy e Power Metal prestam tributo

VocalistasVocalistas
As vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

5000 acessosSasha Grey: sua real paixão pela música de atitude e sua coleção de vinil5000 acessosNickelback: 11 razões para respeitar - muito - a Chad Kroeger5000 acessosMarcelo Maiden: Uma impressionante coleção de ítens do Iron Maiden5000 acessosAnette Olzon: ela recebeu gestos obscenos e ameaças de morte5000 acessosMTV Unplugged: As 25 melhores apresentações da história5000 acessosNew Metal: as 10 bandas mais influentes do gênero

Sobre Lucas Pinheiro

Da ponta norte do mapa (mais precisamente do Amapá), Lucas descobriu o rock e o metal cedo, influenciado pelo seu pai que é fã de carteirinha do Led Zeppelin. Lucas começou ouvindo clássicos como Led Zeppelin, Dire Straits e foi passado para Queen, Metallica, Iron Maiden, Black Sabbath e Judas Priest. Nos anos 2000, conheceu uma banda pela qual ele se apaixonaria e descobriria outras vertentes do Metal, o System of a Down. Daí conheceu o Black Metal e o Death Metal, começou ouvindo bandas como Cannibal Corpse, Dimmu Borgir e o Venom. As bandas que ele mais gosta são: System of a Down, Metallica, Dire Straits, Led Zeppelin, Cannibal Corpse, Slayer, Iron Maiden, Black Sabbath e Judas Priest.

Mais matérias de Lucas Pinheiro no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online