Musica Diablo: "o metal nunca morreu e nunca vai morrer"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Karina Detrigiachi, Fonte: Rock On Line
Enviar Correções  

O MUSICA DIABLO, projeto de Derrick Green vocalista do SEPULTURA com o guitarrista Andre NM (NITROMINDS), o baterista Marcão (AÇÃO DIRETA, DEAD FISH) e o baixista Ricardo Brigas, concedeu uma entrevista ao site Rock On Line e abaixo podem ser conferidos alguns trechos da conversa:

De onde surgiu o nome Musica Diablo? O que ele significa para vocês?

André: "Eu pensei muito sobre um nome, não tínhamos nem nome e nem vocalista. Diablo significa em algumas culturas um ‘Divisor’, como um divisor de águas e caminhos, achei isso interessante. Juntei os dois nomes, ‘musica’ com ‘diablo’, o que ficou estranho no começo, mas ninguém nunca havia pensado. Passamos a gostar do nome com o tempo".

publicidade

A banda foi anunciada como um projeto para que vocês (Andre e Marcão) descansassem das atividades em suas bandas (NITROMINDS, DEAD FISH e AÇÃO DIRETA). Como é relaxar de uma banda criando outra?

André: "Sim, começou como um ‘tira stress’ e acabou virando banda mesmo, com nome, proposta e tudo mais, acho que o relax já acabou".

publicidade

Marcão: "Na verdade fizemos o MUSICA DIABLO para encarar como mais uma banda e fazer umas músicas bem metal oitentista, manja... Esse lance de descansar só se for longe, tipo uma praia ou no meio do mato".

É verdade que ao ligar para o Derrick Green rolou um pensamento do tipo "Por que não"? Se ele não aceitasse o convite, havia outro vocalista em mente para o Musica Diablo?

André: "Sim, acho que quem não pergunta nunca vai saber o resultado. Eu tinha o telefone dele na minha agenda há um tempo, ele conhece o NITROMINDS. Eu pensei 'e por que não'? Eu gosto da voz dele e achei que daria muito certo, seria bem diferente também pelo fato da nossa música não ter nada com o SEPULTURA. Nós entramos em contato com o Alex, do KRISIUN, mas ele estava enrolado demais para assumir outra banda".

publicidade

Marcão: "Queríamos mostrar o som para o Derrick, aí ele perguntou quem era o vocalista e falamos: 'você!'. E ele disse: 'beleza!' Foi isso mesmo. Passamos algumas músicas para ele da primeira demo, ele colocou voz em duas delas e tudo começou. Sobre haver outro vocalista, fizemos alguns ensaios com uns amigos tentando fazer alguma coisa, mas..."

publicidade

O release diz que todos na banda cresceram na época de ouro do thrash metal - a década de 80 - e que isso é um dos motivos de escolherem o estilo como base da música para a banda. O que é thrash metal atualmente?

André: "É verdade, crescemos ouvindo Thrash Metal e como tocamos HC nas outras bandas foi uma volta ao passado. Bem, as coisas são bem diferentes do que eram antigamente, mas o metal nunca morreu e nunca vai morrer, quanto mais radical, melhor".

publicidade

Para ler a entrevista completa acesse este link.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Exemplos: 10 músicos com deficiências ou problemas de saúdeExemplos
10 músicos com deficiências ou problemas de saúde

Slayer: assista Ivete Sangalo cantando Dead Skin MaskSlayer
Assista Ivete Sangalo cantando "Dead Skin Mask"


Sobre Karina Detrigiachi

Designer, nascida na cidade de São Paulo, Kari como é mais conhecida, cresceu ouvindo Deep Purple, Led Zeppelin, Skid Row e Alice Cooper. É apaixonada por todas as vertentes do Metal, porém ouve de tudo um pouco sem se prender a rótulos.

Mais matérias de Karina Detrigiachi no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin