High And Mighty Color: banda fala sobre suas mudanças

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Emanuel Seagal, Fonte: JaMe Brasil
Enviar correções  |  Ver Acessos

O HIGH and MIGHTY COLOR passou por um novo começo. Nesta entrevista, eles discutem suas origens, a nova vocalista, junto com seu novo som.

Loudwire: as dez melhores bandas da era GrungeThin Lizzy, Metallica: A história de "Whiskey in the Jar"

Durante o ano passado, o HIGH and MIGHTY COLOR passou por diversas mudanças, resultando em um novo começo. Apesar delas, eles continuaram fortes e seguiram em frente. Nesta entrevista, a banda discute suas origens, a introdução de sua nova vocalista, junto com seu novo som em seu mais recente álbum swamp man.

Como o nome da banda foi decidido? Por que "HIGH and MIGHTY COLOR"?

YUSUKE: "HIGH and MIGHTY COLOR" -- isso surgiu quando nós procurávamos palavras em inglês em um dicionário. Nós achamos que soava bem. No Japão, nossos fãs nos chamam de "Haikara." Soa o mesmo que uma antiga palavra japonesa que significa "ocidentalizada" ou "legal", então, por favor, nos escutem.

Como o estilo da banda mudou desde que vocês começaram?

YUSUKE: Inicialmente nós realmente gostávamos de um som pesado e isso mudou para um som mais rápido, porém ainda pesado. Nós não começamos com dois vocais, mas quando começamos a fazer isso, aprendemos como deixá-los com a nossa cara.

KAZUTO: Antes de formarmos o HIGH and MIGHTY COLOR, nós [os cinco homens] tínhamos uma banda de hard rock. Nós tocávamos covers de Metallica e System of a Down.

E vocês pensam em tocar estes covers em um show?

SASSY: Uma vez, nós tocamos Enter Sandman em um evento apenas para fãs e KAZUTO cantou. Os fãs ficaram muito animados!

Leia a matéria completa neste link.



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "High And Mighty Color"


Loudwire: as dez melhores bandas da era GrungeLoudwire
As dez melhores bandas da era Grunge

Thin Lizzy, Metallica: A história de Whiskey in the JarThin Lizzy, Metallica
A história de "Whiskey in the Jar"


Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com clássicos como Iron Maiden e Black Sabbath. Hoje em dia, entre outros gêneros musicais, e sem se limitar a rótulos, ouve principalmente doom, viking e folk metal. Sempre que possível está em busca de novas bandas que tenham algo a transmitir alem de clichês, e mesmo em meio a tantas novidades não dispensa pérolas como o bom e velho Candlemass. Acompanha o Whiplash! desde os primórdios, tendo iniciado sua vida de internauta no mesmo ano de criação do site (1996). Há algum tempo está envolvido com metal, seja trabalhando com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa, na tentativa de contribuir de alguma forma para o crescimento desse que é um dos segmentos mais apaixonantes da música, o metal.

Mais informações sobre Emanuel Seagal

Mais matérias de Emanuel Seagal no Whiplash.Net.