Janis Joplin: James Gurley morre aos 69 anos de idade

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Daniel Faria, Fonte: Canadian Broadcasting Corporation, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 25/12/09. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Faleceu, aos 69 anos de idade, James Gurley, o guitarrista solo da banda psicodélica BIG BROTHER AND THE HOLDING COMPANY, que teve como frontwoman a cantora JANIS JOPLIN.

1279 acessosWoodstock: local do festival se torna lugar histórico dos EUA5000 acessosBon Jovi: chocando companheiros de banda com confissão

Gurley morreu domingo passado, 19 de dezembro, em um hospital em Palm Springs depois de ter sofrido um ataque cardíaco. Ele é mais conhecido por sua associação com JANIS JOPLIN, que juntou-se à banda em 1966, logo depois de ter emergido na cena musical de San Francisco.

Ele deixou a esposa para ficar com ela, e a banda viveu comunalmente em um casarão em Lagunitas. Joplin chegou ao estrelato com o grupo e continuou em uma curta carreira solo no final da década de 1960.

Gurley, nascido em Detroit, filho de um piloto de carros, aprendeu a tocar guitarra sozinho quando adolescente e experimentou com a guitarra elétrica no começo da década de 1960.

Gurley tocou em uma banda de bluegrass em San Francisco até ter entrado para Big Brother com Sam Andrews, Peter Albin e David Getz em 1965. O promotor de rock Chet Helms trouxe Joplin no ano seguinte.

Albin lembrou de Gurley nesta quinta como um dos músicos mais influentes da era psicodélica que revolucionou o som que veio dos instrumentos elétricos.

"Algumas das inovações foram resultado do fato que ele veio de uma escola musical progressiva de bluegrass onde a estranheza era encorajada", disse Albin.

Gurley modificou guitarras elétricas e amplificadores e desenvolveu um estilo distinto envolvendo solos selvagens em músicas como "Piece of my Heart", "Summertime" e "Ball and Chain". Ele foi um dos poucos guitarristas de rock a usar palhetas de dedo em vez de palhetas simples.

O BIG BROTHER tocou no Monterey Pop Festival em junho de 1967, galvanizando a audiência com a rendição de Joplin para "Ball and Chain". "Cheap Thrills", lançado logo depois do show, é considerado o melhor álbum deles.

Gurley ficou com o Big Brother quando a banda voltou no inicio da década de 1970 com vocalistas diferentes e tocaram esporadicamente até a década de 1990.

Ele também esteve envolvido em um número de projetos independentes, incluindo uma banda de New Wave, RED ROBIN AND THE WORMS e um album solo "Pipe Dreams", lançado em 2000.

A primeira esposa de Gurley, Nancy, morreu em 1970 de uma overdose de heroína e ele chegou a ser acusado de homicídio, mas depois foi absolvido. Ele deixa uma segunda esposa, Margaret, e dois filhos.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

WoodstockWoodstock
Local do festival se torna lugar histórico dos EUA

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Janis Joplin"

Em canaEm cana
Os rockstars em suas fotos mais constrangedoras

IndependênciaIndependência
Os dez melhores discos solo de estreia

GênerosGêneros
O rock se firmou com características machistas

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Janis Joplin"

Bon JoviBon Jovi
Chocando companheiros de banda com confissão

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Gene Simmons, do Kiss, muito antes da fama

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1984

5000 acessosRobert Plant: "quase saí do Led quando meu filho morreu"5000 acessosBlack Sabbath: o dia em que Tony Iommi quase matou Bill Ward5000 acessos"Cê tá de brincadeira, né?": quando grandes nomes vacilam5000 acessosMotorhead: onde todos os bangers concordam com as lendas5000 acessosAs regras do Death Metal5000 acessosSlipknot: "Coldplay faz música para limpar a bunda"

Sobre Daniel Faria

Nascido em 1977, cresceu em um lar onde rock progressivo dominava as ondas do ar. Aos 12 anos, com a compra de "Paranoid" (Black Sabbath) tudo mudou e o metal gradualmente passou a ser o som predominante em casa. Estudou Computer Science / Applied Science pela Concordia University (Montreal, Québec, Canada) e hoje vive em um vilarejo rural em Simcoe County, centro-sul de Ontario, Canada.

Mais matérias de Daniel Faria no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online