Motorhead: filme mudará opiniões a respeito de Lemmy?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Josué de Queiroz, Fonte: Noisecreep, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 23/09/10. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


Amy Sciarretto da Noisecreep conduziu recentemente uma entrevista com Greg Olliver e Wes Orshoski - diretores e produtores do esperado documentário, "Lemmy", que analisará a vida e carreira do líder do MOTÖRHEAD e ícone do rock Lemmy Kilmister.
485 acessosSeparados no nascimento: Mikkey Dee e Dru (Meu Malvado Favorito 3)5000 acessosHeavy Metal: estressante, perturbador e faz mal ao coração

Noisecreep: Como vai o desenvolvimento do documentário atualmente?

Wes: Acabamos de completar uma jornada de 32 dias no Centro de Manhattan, onde mixamos o filme e muitos dos materiais bônus em Som Surround 5.1, e inserimos excelentes extras, o que inclui alguns vídeos curiosos e filmagens ao vivo — uma versão do vídeo onde Lemmy tira um som com o METALLICA em Nashville e umas piadas à lá Borat que foram filmadas com o guitarrista do MOTÖRHEAD, Phill Cambell. O material está formidável. O pessoal vai adorar! O documentário estará disponível apenas em DVD. Queriamos oferecer às pessoas todos os motivos possíveis que pudéssemos para que comprem o produto físico. Em tempos como este, de alguma forma, você é obrigado a fazer isso.

Greg: Serão duas horas de um filme surpreendente e quatro horas de um extraordinário material bônus, logo me parece que todo o tempo e esforço foram gratificantes. Depois de três anos e meio [para concluir o filme], agora é hora de relaxar.

Noisecreep: Qual foi a coisa mais surpreendente que vocês aprenderam com Lemmy enquanto gravavam o documentário?

Wes: Eu não sabia o quão fã dos BEATLES ele era. Ele foi ao show deles no Clube Cavern — eu tenho quase certeza de que ele até viu quando John Lennon discutiu com uma pessoa da platéia que estava atrapalhando o show. Durante as primeiras semanas em que estávamos na estrada com o MOTÖRHEAD, Lemmy estava ouvindo os melhores hits de George Harrison antes de subir no palco, o que é excepcional. Eu ficava sentando no camarim ouvindo "My Sweet Lord" e dez minutos depois, ele estava em Glasgow ou Sheffield detonando "Dr. Rock" no palco. Há muita complexidade a respeito de Lem como uma pessoa, como um homem, que realmente você só entenderá anos após quando conhecê-lo melhor e estiver incluindo em seu círculo. De acordo com algumas coisas que ele tem me falado, eu noto que ele se aborrece porque o MOTÖRHEAD não consegue o respeito merecido. Quando a banda estava gravando o injustiçado álbum "Motörizer", eu trouxe uma revista especializada para mostrar a ele um artigo que alguém tinha escrito sobre a razão a qual estávamos fazendo o filme, e ele falou algo como sendo a primeira vez, em 30 anos, que a banda aparecia naquela revista. Não tenho certeza se é verdade — e eu não quero mencionar o nome da revista — mas eu acho que às vezes ele sente que eles são como um Rodney Dangerfield (ator e humorista) do rock. Porém quando eu vejo casas lotadas, na Russia ou em Londres [para ver a banda tocar], com certeza eu não sinto o mesmo. Eu acho que o nosso filme vai mudar muita opinião daqueles que pensam o contrário sobre o MOTÖRHEAD. Exceto os que não gostam do MOTÖRHEAD, bem, eles não prestam, certo? Peraê, cara!? Você realmente gostaria de beber com tal pessoa?

Greg: Eu fiquei surpreso quando ele reclamou porque eu estava bêbado. Estávamos em Las Vegas, e depois de uma longa noite bebendo, voltamos ao cassino do hotel e encontramos Lemmy jogando em uma das máquinas. Eu disse "Hey Lem." E ele respondeu, "Ahh, saiam daqui. Vocês estão bêbados." Eu ri até a minha barriga doer, enquanto voltávamos para o quarto, porque eu tinha acabado de levar uma reclamação de Lemmy pelo fato de que eu estava bebendo."

Confira o trailer do filme (em inglês) a seguir.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Bill WardBill Ward
Os dez discos de metal favoritos do baterista

485 acessosSeparados no nascimento: Mikkey Dee e Dru (Meu Malvado Favorito 3)737 acessosMotorhead: Roger de Souza bate papo com Gastão Moreira, do KZG1728 acessosMotorhead: biografia mostra o quão Lemmy era único1498 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's475 acessosLoudwire: em vídeo, 10 maiores riffs de metal dos anos setenta0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

MotorheadMotorhead
"É assim que me mantenho em forma, estrada e sexo!"

MascotesMascotes
Blog elege o top 10 dos mais imponentes do Metal

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1980

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"

Heavy MetalHeavy Metal
Estressante, perturbador e faz mal ao coração

Pink FloydPink Floyd
O maior concerto de rock já produzido

A década perdida?A década perdida?
Rock Brasileiro da Década de 70

5000 acessosCornos do Rock: a dor e o peso do chifre em três belas canções5000 acessosRodolfo: 100% arrependido das letras dos Raimundos5000 acessosMamonas Assassinas: músicos já sabiam que iam morrer?5000 acessosTesla: o Guns N' Roses teria roubado Patience?5000 acessosDee Snider: Frontman rebate Paul Stanley e o desafia para duelo5000 acessosKerry King: pensou em abandonar tudo por causa do Limp Bizkit

Sobre Josué de Queiroz

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online