Beady Eye: "seremos maiores que o Oasis", diz Liam

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Francisco Silva Júnior, Fonte: Sí!
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 07/03/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O Caderno "Sí!", do jornal argentino "Clarín", fez uma entrevista com Liam Gallagher e Chris Sharrock, vocalista e baterista da banda BEADY EYE, respectivamente.

798 acessosU2: banda toca "Don't Look Back In Anger" com Noel Gallagher5000 acessosRolling Stone: as melhores músicas com mais de sete minutos

Na entrevista, Liam disse que sua banda não deixará o continente fora da rota da turnê da banda. "Vamos para a América do Sul, sem dúvidas. Vamos botar pra foder", animou-se.

A conversa era sobre os shows que a banda vai fazer em locais menores durante a turnê. De acordo com Liam, a sensação é de uma banda que está começando. "Buscamos algo mais roqueiro. Mas isso não me importa também. Vamos fazer uma turnê em locais menores, mas é momentâneo. Você tem que se preparar antes de correr. Mas tocamos em qualquer lugar. Não temos medo de estádios. Já o fizemos durante muitos anos e não vamos demorar a voltar a fazer", completou o vocalista.

Chris Sharrock lembrou da última passagem do Oasis por Buenos Aires. "Me lembro da Argentina. No River Plate, todos estavam doidões".

A publicação abordou outros fatos como a "mudança" do nome OASIS para BEADY EYE, já que as comparações serão inevitáveis. "O nome pra mim não significa nada. É simplesmente um nome qualquer que nos caiu bem. Não dou a mínima. Fazemos a música do jeito que gostamos, BEADY EYE será mais rock clássico. Seremos maiores que o OASIS", enfatizou Liam, que ainda completou dizendo que sempre achou e ainda acha que o OASIS foi a melhor banda do mundo.

Chris foi além e disse que essa era uma tendência natural. "Por uma questão de respeito, creio que foi melhor mudar de nome. Sabemos que vão existir comparações, mas com o tempo espero que o foco fique só na gente", disse o baterista.

De acordo com Liam, o fato da banda seguir praticamente a mesma ajuda no entrosamento e na sonoridade. "Se nada tivesse acontecido, seguiríamos com a mesma formação. Não havia motivos para mudar, por mais que o Noel tenha ido. Se ele tivesse continuado, seríamos a mesma banda". Chris completou: "tanto que nem nos procuramos. Já estávamos lá".

O repórter perguntou também se hoje a banda é mais "democrática" e se antes era uma "tirania". "Que porra é essa? Essa (tirania) não é uma palavra que falamos. Odeio essa palavra. Algum jornalista maldito deve ter inventado essa merda. Estamos apenas contentes e ponto. Sempre nos perguntam se vamos voltar com o Noel ou se acreditamos que um dia voltemos. A verdade é que isso não me interessa que aconteça, não interessa que me chamem. Agora somos nós mesmos e soamos muito mais rock. 70% das canções foram feitas depois do OASIS e são melhores. OASIS é coisa do passado", avisou.

Perguntado se a relação com Noel está na mesma, Liam foi enfático: "Não há relação. Ponto!".

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Liam GallagherLiam Gallagher
Ele prefere comer fezes a ouvir U2

798 acessosU2: banda toca "Don't Look Back In Anger" com Noel Gallagher1813 acessosGallagher: "bandas atuais só guitarra porque combina com os sapatos"837 acessosAlta Fidelidade: A volta de Liam Gallagher e outras notícias0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Oasis"

ListedListed
TV americana elege os maiores bad boys da música

John LennonJohn Lennon
O maior ícone dos últimos 60 anos, segundo NME

MetallicaMetallica
Lars Ulrich monta time de futebol fictício apenas com músicos

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Beady Eye"0 acessosTodas as matérias sobre "Oasis"

Rolling StoneRolling Stone
Revista elege os melhores rocks com mais de sete minutos

Sgt. PeppersSgt. Peppers
Quem são as pessoas e quais os objetos da capa?

CuriosidadesCuriosidades
10 músicas que foram "tomadas" emprestadas

5000 acessosWest Ham: o time do coração de Steve Harris5000 acessosCinema: 60 filmes pra quem ama Rock e Metal5000 acessosMTV Unplugged: As 25 melhores apresentações da história5000 acessosGuns N' Roses: o brasileiro que registrou o primeiro 3D da banda5000 acessosRock in Rio: brasileiro é o artista que mais tocou no evento2900 acessosHunger: uma versão bem mais pesada de "Another Brick In The Wall"

Sobre Francisco Silva Júnior

Francisco nasceu e mora em Natal/RN. Escuta rock desde 1996, quando ouviu o disco “Dois” da Legião Urbana. A partir daí, não parou mais. Ouvia bastante Nirvana, Pearl Jam, Alice In Chains, Silverchair e outras, quando mais jovem. É engenheiro de computação e trabalha como professor do serviço público federal. Atualmente, dedica algumas horas de seu tempo como vocalista e guitarrista de uma banda. Curte todos os estilos e sub-estilos do rock e do metal, mas hoje em dia, tem preferência por jovens bandas britânicas como Oasis, Radiohead, Muse, Keane e Arctic Monkeys.

Mais matérias de Francisco Silva Júnior no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online