Jimi Hendrix: O boato do assassinato pelo empresário inglês

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Otávio Fernandes, Fonte: Music Radar
Enviar Correções  

Em 2009, o antigo roadie de JIMI HENDRIX - James "Tappy" Wright - causou alvoroço com o lançamento do livro "Rock Roadie", em que sustentou a tese de que HENDRIX teria sido assassinado por Michael Jeffrey, o empresário do guitarrista no Reino Unido.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Segundo o livro, Jeffrey - que morreu num acidente de avião em 1973 – teria levado HENDRIX a ingerir grande quantidade de comprimidos e álcool de maneira proposital, com o objetivo de beneficiar-se com o valor que receberia de uma companhia seguradora. Supostamente, a confissão do crime teria sido feito por Jeffrey em 1971, no meio de uma bebedeira.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em matéria do site Music Radar de 2011, o empresário de HENDRIX nos Estados Unidos, Bob Levine, veio a público para contestar a versão de Tappy: "Eu costumava falar com Tappy todos os dias. Eu o conheço desde o início dos anos 60. Ele me disse que estava escrevendo um livro sobre os anos dele no mundo do rock. Isso é bom – todo mundo tem o direito de fazer um livro se for capaz. Mas ele me disse, 'Bob, eu preciso de um gancho pro livro. Eu preciso de algo que o alavanque.' Ele precisava de algo que fosse um chamariz. Bem, dizer que Jimi foi assassinado é um chamariz; dizer que Jimi foi assassinado por seu empresário é um chamariz maior ainda. Mas, certamente, não é a verdade."

Bob Levine, atualmente aposentado e morando na Flórida, acredita que HENDRIX morreu de maneira acidental e diz ainda mais sobre o polêmico livro: "Eu disse pra Tappy, 'O que você está fazendo, inventando essa estória? Então você quer vender livros - mas por que você precisa imprimir tais mentiras?' E ele me falou, 'bem, quem vai me desafiar? Todos estão mortos, todos se foram. Chas Chandler, Michael Jeffrey, Mitch Mitchell, Noel Redding...todos eles se foram. Ninguém pode contestar aquilo que eu escrevo."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Wonder Years: O soundtrack do grande sucesso de público e críticaWonder Years
O soundtrack do grande sucesso de público e crítica

Led Zeppelin: por que Robert Plant não gosta de cantar Stairway to Heaven?Led Zeppelin
Por que Robert Plant não gosta de cantar "Stairway to Heaven"?


Sobre Otávio Fernandes

Paulistano, trinta e tantos anos, formado em dramaturgia com especialização em documentário. Burocrata de profissão, já foi um pouco de tudo: de diretor de curta-metragens a barqueiro no rio Amazonas. Particularmente interessado no blues-rock do final dos anos 60 e no hard rock do início dos 70.

Mais matérias de Otávio Fernandes no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336 CliIL Goo336