Dokken: "cansei de me defender de George Lynch"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por João Renato Alves, Fonte: Blog Van do Halen
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 20/05/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Em carta aberta aos fãs, Don Dokken abriu o jogo sobre uma possível reunião da formação clássica do Dokken e sua situação em relação ao guitarrista George Lynch.

524 acessosGeorge Lynch: músico relembra quando tocou em colônia nudista5000 acessosMetal/Hard: Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais

Olá a todos, obrigado a todos que conseguem enxergar que sim, Jon Levin é um guitarrista incrível e um grande ser humano. Houve muita conversa em relação a uma reunião. Fiz o meu melhor para que acontecesse, em respeito aos fãs e com a benção de Jon. Mas no fim das contas, Jeff Pilson disse estar muito ocupado com o Foreigner pelos próximos anos.

Quando fui participar do That Metal Show, a idéia era anunciar ali a reunião. Mas Jeff pediu para eu não falar sobre o assunto, pois ele não tinha conversado com Mick Jones (guitarrista e líder do Foreigner). Compreendi, mas esperava que ele tivesse dito antes de eu ter concordado tocar com George Lynch. Os comentários que ele tem feito sobre a minha pessoa falam por si só. Após tantos anos, cansei de me defender.

Me dou muito bem com todos da formação atual e isso é o mais importante para minha vida. Peço desculpas por não ter ficado tão disponível para todos vocês nos últimos tempos, me esforçarei para isso no futuro. George sempre terá seus fãs, mas sempre farei questão de dar crédito aos ótimos guitarristas que vieram depois dele. Reb Beach deu grande contribuição ao Dokken em Erase The Slate, assim como John Norum em Long Way Home. Dysfunctional ainda é um de meus discos favoritos e mesmo George tendo tocado nele, não participou de nenhuma composição. Aquele trabalho é meu, de Jeff e de Mick Brown. George apareceu quando estava tudo pronto e fez os solos, essa é a verdade. E o disco vendeu 400 mil cópias, isso em 1995, quando o Grunge estava no auge e éramos considerados velhos.

Quinze anos mais tarde, ainda estamos aqui, fortes. E isso é graças aos fãs, que nos dão a oportunidade de excursionar. Está completando três décadas que gravei Breaking The Chains, o tempo voa! Vamos começar a escrever outro álbum e acho que vai ser muito legal. Obrigado novamente pelo apoio. E os que só sabem choramingar, vão arrumar o que fazer!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

524 acessosGeorge Lynch: músico relembra quando tocou em colônia nudista0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dokken"

Baladas HardBaladas Hard
Blog elege o Top 20 de todos os tempos

DisneyDisney
Empresa lança disco com clássicos em versão power metal

Anos 90Anos 90
Bandas de hard e metal que decepcionaram

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Dokken"

Metal/HardMetal/Hard
Alguns dos maiores e melhores vocalistas atuais

Rodolfo AbrantesRodolfo Abrantes
"Raimundos como banda não me interessa"

FamaFama
5 bandas que são grandes no exterior e nem tanto no Brasil

5000 acessosAngra: banda errou na escolha de Fabio Lione?5000 acessosSlipknot: Corey Taylor já pagou fã para deixar plateia5000 acessosNirvana: Polícia de Seattle libera novas fotos do corpo de Cobain5000 acessosTankard: "Crystal é uma cerveja tão ruim quanto a Heineken"5000 acessosMegadeth: Dave Mustaine coloca Kiko acima de todos os outros guitarristas5000 acessosBlackmore é removido de camiseta do Purple

Sobre João Renato Alves

27 anos, jornalista formado pela Universidade de Cruz Alta. Kissmaníaco inveterado, um verdadeiro apaixonado pela banda de Gene Simmons e Paul Stanley. Idolatra com quase a mesma paixão Queen, Van Halen e Black Sabbath. Aprecia desde o Rock dos anos 50 (Elvis, Little Richard, Chuck Berry, entre outros) e 60 (Beatles, Rolling Stones, The Who, Led Zeppelin...), Hard Rock dos 70's (AC/DC, Deep Purple, Alice Cooper...) e 80's (Mötley Crüe, Def Leppard, Europe, Talisman...), Metal Tradicional (Judas Priest, Dio, Ozzy...), NWOBHM (Iron Maiden, Saxon, Angel Witch...) e Thrash oitentista (Slayer, Destruction, Kreator...). Já teve um programa de rádio, chamado "Lavagem Cerebral", na Unicruz FM. Solteiro e seguidor das idéias de Gene Simmons em relação ao casamento.

Mais matérias de João Renato Alves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online