Metallica: o video game da banda que nunca foi lançado

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Site do LoKaos Rock Show
Enviar correções  |  Comentários  | 


365 acessosMetallica: Cartazes edição limitada serão vendidos nessa quinta5000 acessosLemmy: "as pessoas se tornam melhores quando morrem"

Por volta de 2003, a (empresa) BLACK ROCK GAMES (que infelizmente já faliu) estava trabalhando em algo único: um game do METALLICA que não envolvia instrumentos de plástico.

Ao invés disso, era um game ‘pós-apocalíptico de carros/ aventura’ no qual os membros da banda eram cascas-grossas e abriam fogo.

Destinado para a plataforma PS2, nada vingou da empreitada. Ela nunca foi nem formalmente anunciada pela Black Rock além de um trailer bem rudimentar nas cópias de ‘St. Anger’, então só o que restou para mostrar são imagens de arte conceitual com a visão do estúdio para o jogo, e a informação de que, claro, o jogo teria músicas da banda.

O curto trailer do jogo pode ser visto abaixo.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

A arte é de impressionar. Os sketches relevados foram todos feitos pelo artista inglês Calum Alexander Watt, muito conceituado dentro da indústria dos jogos eletrônicos.

Os desenhos seguem um estilo ‘Borderlands’ com ‘Akira’, e são uma abordagem inovadora de projetar músicos famosos em um vídeo-game.

Interessantemente, algumas das gravuras foram arquivadas como ‘Damage Inc’, mostrando que pelo menos o artista sabia em quais das muitas encarnações do Metallica buscar inspiração.

Mais exemplos da arte concebida para o jogo podem ser vistos no link abaixo.

http://lokaos.net/metallica-o-video-game-da-banda-que-nunca-...

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 10 de setembro de 2011
Post de 01 de abril de 2013
Post de 06 de janeiro de 2015
Post de 19 de julho de 2016
Post de 26 de março de 2017

MetallicaMetallica
James explica como ele cria os títulos das músicas

365 acessosMetallica: Cartazes edição limitada serão vendidos nessa quinta1255 acessosMetallica: Lars queria ver Phil Rudd tocando Enter Sandman0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Metallica"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
James Hetfield e Miguel Falabella

MetallicaMetallica
Lars Ulrich não quer esconder o fato de ser rico

MetallicaMetallica
"Hesher", filme inspirado em Cliff Burton

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Metallica"

MotorheadMotorhead
Lemmy fala sobre Metallica, Ozzy, Randy Rhoads e mulheres

New MetalNew Metal
Raiva, calças folgadas, problemas na infância...

HeadbangersHeadbangers
O preconceito mostrado em vídeo bem-humorado

5000 acessosEm 21/08/1989: Morre Raul Seixas, que seria encontrado morto no dia seguinte5000 acessosJames Hetfield: "Você não iria gostar de mim se soubesse minha história"5000 acessosSepultura: Andreas Kisser explica por que nunca rolará reunião5000 acessosMax Cavalera sobre o Sepultura: "O vocalista deles não estava lá no começo, né?"5000 acessosGrunge: as 10 melhores músicas do movimento5000 acessosHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1984

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online