Eddie Van Halen: sou apenas o guitarrista de uma banda foda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

Na edição de agosto de 2012 da revista Guitar World, o lendário guitarrista do VAN HALEN, Eddie Van Halen, falou sobre o futuro do grupo em termos animadores e afastou rumores de que ele e seus colegas de banda estivessem tendo problemas de relacionamento durante a turnê.

publicidade

"Nós somos uma banda de verdade; não é uma coisa passageira", disse ele. "Não quero falar que é um processo de reconstrução. É no mínimo uma continuação. A coisa nunca foi tão familiar, e não é porque três quartos da banda é da família".

Ele acrescentou, "Trabalhar com o Dave [Lee Roth, vocal] foi muito produtivo. Todos temos opinião própria sobre as coisas, mas é tudo pro benefício da música. Estamos trabalhando juntos melhor do que nunca. Posso nos ver fazendo isso por muito, muito tempo. Quando as coisas parecem estar certas, por que diabos não continuar fazendo?"

publicidade

"Não consigo imaginar ninguém mais sortudo e abençoado nesse planeta. Eu não só estou tocando com o meu irmão como também estou tocando com o meu filho. Se meu pai ainda estivesse aqui agora, isso tornaria as coisas incríveis. Eu tenho uma esposa maravilhosa, amigos maravilhosos e um filho que não fuma, não bebe nem usa drogas. Sou apenas um guitarrista numa banda foda de rock and roll. O que mais poderia querer?"

publicidade

O filho de Eddie, Wolfgang, entrou para o VAN HALEN em 2007 aos 16 anos de idade, substituindo o baixista original Michael Anthony.

O VAN HALEN está em turnê pelo "A Different Kind Of Truth", seu primeiro álbum em 14 anos e o primeiro com Roth desde 1984.



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Discórdia: alguns dos maiores insultos entre artistasDiscórdia
Alguns dos maiores insultos entre artistas

Jared Leto: a reação ao se ver no papel do CoringaJared Leto
A reação ao se ver no papel do Coringa


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin