Kiss: mais detalhes do Destroyer Resurrected

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

O KISS é reconhecido como uma das bandas de rock and roll mais influentes de todos os tempos e tem a honra de ocupar o posto de uma das campeãs em discos de ouros nos Estados Unidos.

Kiss: Confira Cronologia da banda tocada no Baixo.

Guns N' Roses: Axl desafina guitarra de Slash e pede desculpas

Em 21 de agosto, a Universal Music Enterprises (UMe) irá lançar o álbum de 1976 "Destroyer: Resurrected", ganhador de vários discos de platina e que marcou a carreira do KISS, remixado a partir das fitas originais pelo produtor original do álbum, Bob Ezrin. Ezrin tirou as fitas dos cofres e remixou meticulosamente todo o álbum, realçando o som e destacando suas ricas texturas e vibração, mantendo, ao mesmo tempo, intacta a integridade da gravação original. O "Destroyer: Resurrected" também incluirá raras gravações inéditas redescobertas durante o processo de remixagem, além da arte da capa inicialmente pretendida.

No embalo de seu sucesso arrebatador com o álbum "Alive!", o KISS lançou seu quarto álbum de estúdio, "Destroyer", que é considerada a gravação de estúdio mais ambiciosa do catálogo setentista do KISS. Bob Ezrin, que havia trabalhando antes com Alice Cooper, foi trazido para produzir o álbum e dentre os toques especiais de produção que Ezrin apresentou ao KISS estavam efeitos sonoros, cordas, um coral infantil, drum reverse, e os sons misteriosos de gritos de crianças ecoando ao fundo dos vocais de Gene Simmons na "God Of Thunder". Com o lançamento, o "Destroyer" alcançou a posição No. 11 na Billboard Top 200 e, com ajuda do sucesso supresa top-10 "Beth", foi o primeiro álbum deles a ganhar disco de platina.

Lançada originalmente como lado-B do single "Detroit Rock City", "Beth" — a balada de partir o coração co-escrita e apresentada pelo baterista Peter Criss — foi rapidamente escolhida pelas rádios em todo o país e tornou-se a primeira top 10 do KISS, alcançando a posição No. 7 na Billboard Hot 100. Enquanto revia as fitas originais, uma peça vocal que foi originalmente retirada na edição da mixagem final da "Beth" foi descoberta e agora, pela primeira vez, a gravação vocal original completa foi restaurada e está incluída na mixagem final. Outras jóias redescobertas incluem um solo completo alternativo da faixa "Sweet Pain", agora ouvido pela primeira vez desde que foi gravado originalmente. A remixada "Sweet Pain" com o solo de guitarra original será incluída como uma faixa bônus. Além dos tesouros encontrados enterrados, clássicos do KISS como "Detroit Rock City", "Shout It Out Loud", "Do You Love Me?" e "God Of Thunder" foram meticulosamente remixados por Ezrin enquanto ele destrinchou as baterias e guitarras, destacando o baixo, tornando suas mixagens firmes e intensas.

Além disso, o "Destroyer: Resurrected" será lançado agora com a arte de capa originalmente pretendida, considerada controversa demais para a época. Criada pelo artista Ken Kelly, a capa "marrom" retrata o KISS vestido com seus trajes do "Alive!" e de pé diante dos destroços de uma cidade em chamas arruinada. Na época, a gravadora achou que era violento demais e deixou ficar a versão "azul" conhecida atualmente. Esse lançamento também marcou a primeira vez que uma ilustração de quadrinhos da banda aparecesse na capa, confirmando que a banda estava se transformando de roqueiros da pesada em super-heróis.

Até hoje o "Destroyer" continua sendo uma das gravações mais ambiciosas e bem sucedidas do grupo. Está listada tanto na revista Kerrang! como na Guitar World como um dos "100 maiores álbuns de Heavy Metal de todos os tempos" e em 2003 foi incluída na lista da revista Rolling Stone dos "500 maiores álbuns de todos os tempos". Agora, com a tecnologia de ponta atual, esse marco pode ser ouvido da forma como o KISS pretendeu.

O legado do KISS continua a crescer, geração pós outra, transcendendo idade, raça e credo. O KISS lançará seu 20º álbum de estúdio, "Monster", internacionalmente no dia 15 de outubro e em 16 de outubro na América do Norte.

Track list do "Destroyer: Resurrected":

01. Detroit Rock City
02. King Of The Night Time World
03. God Of Thunder
04. Great Expectations
05. Flaming Youth
06. Sweet Pain
07. Shout It Out Loud
08. Beth
09. Do You Love Me?
10. Sweet Pain (original guitar solo) (bonus track)

Lançado em março de 1976, o "Destroyer" foi o segundo álbum consecutivo do KISS a alcançar os Top 20 nos E.U.A. O LP recebeu disco de ouro pela RIAA em 22 de abril de 1976. Recebeu disco de platina em 11 de novembro de 1976, o primeiro álbum do KISS a alcançar esse feito.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Kiss: Confira Cronologia da banda tocada no Baixo.Kiss
Confira Cronologia da banda tocada no Baixo.

Kiss: Bruce Kulick só soube de demissão e reunião após gravar 3/4 de CarnivalKiss
Bruce Kulick só soube de demissão e reunião após gravar 3/4 de Carnival

Rodrigo Flausino: Como as bandas te enganam (vídeo)Rodrigo Flausino
Como as bandas te enganam (vídeo)

Kiss: banda pretende voltar ao Brasil em maio de 2021, diz jornalistaKiss
Banda pretende voltar ao Brasil em maio de 2021, diz jornalista

Mike Portnoy: ele explica (de forma incrível) por que adora Ringo e Peter CrissMike Portnoy
Ele explica (de forma incrível) por que adora Ringo e Peter Criss

Kiss: turnê pela América do Norte é remarcada para 2021Kiss
Turnê pela América do Norte é remarcada para 2021

Mike Portnoy: Kiss foi o Beatles da sua geração, as bandas eram muito parecidasMike Portnoy
Kiss foi o Beatles da sua geração, as bandas eram muito parecidas

Bella Utopia: Lançado clipe com versão de "Rock'n Roll All Night" do Kiss

Download Festival: Kiss, SOAD e mais de 70 bandas anunciadas como atrações de 2021Download Festival
Kiss, SOAD e mais de 70 bandas anunciadas como atrações de 2021

Ace Frehley: guitarrista divulga cover de Space Truckin', do Deep PurpleAce Frehley
Guitarrista divulga cover de "Space Truckin'", do Deep Purple


Listed: TV americana elege os maiores bad boys da músicaListed
TV americana elege os maiores bad boys da música

Rockstars: veja algumas fotos antes da fama - parte 2Rockstars
Veja algumas fotos antes da fama - parte 2


Guns N' Roses: Axl desafina guitarra de Slash e pede desculpasGuns N' Roses
Axl desafina guitarra de Slash e pede desculpas

Esquisitices: algumas exigências bizarras para showsEsquisitices
Algumas exigências bizarras para shows


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin