Evanescence: Amy Lee rasgando elogios a Lzzy Hale

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

O EVANESCENCE subiu ao estrelato bem no começo da carreira, mas com o lançamento de seu último álbum, a fundadora AMY LEE considera que sua banda tenha mais sucesso no underground. Enquanto a banda começa a turnê ‘Carnival of Madness’, Lee sentou-se com o site estadunidense FYSE para falar sobre excursionar com o HALESTORM, o processo de composição da banda e o porquê dela achar que o Evanescence não se encaixa em rótulo algum.

publicidade

Quando perguntada sobre onde a banda dela se encaixa, Lee respondeu rapidamente, apenas afirmando, "Eu não acho que nos encaixemos. Eu não acho que jamais tenhamos nos encaixado, e gosto disso." Ela ainda falou sobre a eternamente mutante cena musical, explicando, "o rock está ficando underground de novo, em vários aspectos. Há muitas coisas que são fabulosas que as pessoas estão ouvindo e que são underground por causa do jeito que as coisas funcionam e a internet, tudo gira em torno de achar aquela coisa em específico que você adora." Contudo, ela é grata pelo sucesso da banda desde o começo, admitindo, "Fico feliz que estejamos nesse ponto da carreira agora depois de termos criado a loucura de sucesso do mercado principal que tivemos e termos desenvolvido aquele séquito de fãs porque eles estão conosco, mas é como se tivéssemos um segredo. É como se fosse uma comunidade underground que é maior do que você pensa."

publicidade

Quando o assunto é dividir o palco da ‘Carnival Of Madness’ com o Halestorm e sua vocalista LZZY HALE, Lee não poderia estar mais feliz. "Tocamos com o Halestorm, eu fui pro lado do palco apenas para ouvi-la cantar e ela foi incrível, surreal, como uma daquelas vozes clássicas do rock e eu pensava, ‘wow, ela é ótima’" disse Lee. Claro, não que essa seja a única razão. "´é legal ter outra mulher na turnê", disse Lee. "Não só porque isso me inspira musicalmente – porque inspira sim – mas me faz sentir esse tipo de orgulho e ‘sim, manda ver’ quando eu vejo uma moça arrebentando. Além disso, ela é bem humilde. Espero ansiosamente por poder conhecê-la melhor e passar um tempo com ela."

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bruce Dickinson: Use Your Illusions? Aquele formato é uma bosta!Bruce Dickinson
Use Your Illusions? Aquele formato é uma bosta!

Sign of the horns: o sinal do DemônioSign of the horns
O sinal do Demônio


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin