Nada será como antes: internet de 1 GigaBps mudará a música

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Niko Malek para o Digital Music News.

No mês passado, o GOOGLE anunciou o Google Fiber, que oferece velocidades de download e upload de 1 gigabit por segundo. É 100 vezes mais rápido do que a conexão de banda larga comum de hoje, e o começo de um ambiente completamente novo para a inovação e a criatividade musical.

publicidade

Pense nisso: com velocidade de 1 Gbit, uma pessoa poderia baixar um filme em HD em questão de segundos, ou assistir a um stream de televisão em HD sem esforço. A transferência de áudio seria completamente instantânea, o que significa que tecnologias de ponta, baseadas em CPU para colaborações musicais entrarão numa era extasiante. Vamos adicionar como fator a velocidade exponencialmente expansível da banda larga móvel nessa equação, e as possibilidades começam a se multiplicar. Velocidades de Terabit e Petabit estão bem próximas de nós.

publicidade

Imagine um mundo onde DAWs [digital áudio Workstations, como o Pro Tools] poderiam funcionar passando por vários usuários e seus aparelhos móveis na ‘nuvem’. Na verdade, algumas empresas já embarcaram na tendência de software musical baseado em aplicativos para a nuvem, aliando-se ao SoundCloud. Outras como a AudioTool e a Indaba Mantis são ambas as ferramentas para gravar música, mas chamá-las de DAW é forçar a barra. Contudo, com as velocidades de internet disparando para até 100 gigabits, as pessoas poderão trabalhar em música colaborativamente nessas plataformas em tempo real, adicionando trilhas, editando, acrescentando efeitos, etc. Será como o Google Docs, mas para músicos.

publicidade

Outras possibilidades estão sendo esboçadas. Jon Taplin, do Laboratório Annenberg de Inovação da Universidade da Califórnia do Sul expôs uma variedade e aplicativos para música e vídeo na banda de 1.5 a 8 Gbps no US Ignite Gigabit Applications Workshop, como por exemplo:

"Aprendizado Participativo e Você – em parceria com um novo distrito escolar em Los Angeles, composto de eis escolas em uma região de baixa renda que fora construídas em torno de um único laboratório de mídias. O objetivo era construir um sistema de aprendizado participativo multimídia, no qual os jovens poderiam combinar vídeo, áudio, desenhos, etc., de vários locais diferentes e fazer projetos juntos." [...]

publicidade

Leia mais em:
http://playadelnacho.wordpress.com/2012/09/29/nada-sera-como...




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Cults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendasCults
10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas

Fotos: confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1Fotos
Confira 10 das mais curiosas no mundo do Rock - Parte 1


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin