Matérias Mais Lidas

Jon Schaffer: nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadoraJon Schaffer
Nomes do Iced Earth e Demons & Wizards somem do site da gravadora

Megadeth: Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia darMegadeth
Dave Lombardo quase entrou pra banda, mas percebeu a merda que ia dar

Joe Lynn Turner: detonando gravadora por continuar projeto Sunstorm sem eleJoe Lynn Turner
Detonando gravadora por continuar projeto Sunstorm sem ele

Nervosa: Banda lança videoclipe de Under RuinsNervosa
Banda lança videoclipe de "Under Ruins"

Pearl Jam: exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processoPearl Jam
Exigindo que banda cover Pearl Jamm mude nome, sob ameaça de processo

Metallica: veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da bandaMetallica
Veja o primeiro (e curioso) cartão de visitas da banda

Greta Van Fleet: Robert Plant odeia aquele vocalistaGreta Van Fleet
Robert Plant "odeia" aquele vocalista

Loudwire: o melhor álbum de thrash metal de cada ano, de 1983 até 2020Loudwire
O melhor álbum de thrash metal de cada ano, de 1983 até 2020

Foo Fighters: Dave Grohl queria que Lemmy estivesse vivo para ouvir músicaFoo Fighters
Dave Grohl queria que Lemmy estivesse vivo para ouvir música

Iron Maiden: As faixas do clássico The Number Of The Beast, da pior para a melhorIron Maiden
As faixas do clássico "The Number Of The Beast", da pior para a melhor

Megadeth: Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiroMegadeth
Dave Mustaine, agora, é faixa roxa em jiu-jitsu brasileiro

Nicko McBrain: pedal duplo é pra caras como Aquiles PriesterNicko McBrain
Pedal duplo é pra caras como Aquiles Priester

Pantera: as cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da RevolverPantera
As cinco melhores músicas da banda, segundo leitores da Revolver

Greta Van Fleet: confira vídeo ao vivo oficial de Age Of MachineGreta Van Fleet
Confira vídeo ao vivo oficial de "Age Of Machine"

Van Halen: Michael Anthony diz que Eddie era uma pessoa muito humildeVan Halen
Michael Anthony diz que Eddie era uma pessoa muito humilde


Matérias Recomendadas

História do Rock
História do Rock

Rolling Stone: as melhores músicas com mais de sete minutosRolling Stone
As melhores músicas com mais de sete minutos

Capas de disco: como seriam se fossem gifs animadosCapas de disco
Como seriam se fossem gifs animados

Rock e metal: o outro lado das capas de discosRock e metal
O outro lado das capas de discos

Iron Maiden: Video mostra erros da banda ao vivoIron Maiden
Video mostra "erros" da banda ao vivo

Malvada
Stamp

Destruction: release do show em Porto Alegre

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rafael Bernardes, Fonte: Abstratti Produtora
Enviar Correções  

Mais uma lenda do thrash metal mundial fará escala em Porto Alegre: é o seminal Destruction, trio alemão com 30 anos de história no segmento da música veloz e pesada. O show ocorrerá dia 27 de janeiro de 2013, às 21h, no Beco (Av. Independência, 936), e faz parte da turnê Spiritual Genocide: 30 Years Of Total Destruction. A apresentação, bem como o giro nacional, divulga o mais recente álbum de inéditas do Destruction, Spiritual Genocide (2012), e celebra suas três décadas de existência. A abertura dessa apresentação destruidora na Capital ficará sob a responsabilidade da banda Carniça, de Novo Hamburgo.

Destruction é uma banda de thrash metal alemã formada em 1982 por Marcel Schmier (voz e baixo), Mike Sifringer (guitarra) e Tommy Sandmann (bateria) em uma pequena cidade chamada Weil am Rhein.

A banda conseguiu êxito no mercado fonográfico logo no início da carreira. Em apenas um ano, tinha um contrato com a gravadora SPV e o primeiro disco, Infernal Overkill, nas lojas. Naquela altura, eles eram considerados um dos maiores grupos de thrash da Europa. Seu segundo álbum consolidou essa posição - Eternal Devastation foi lançado em 1986 e rendeu uma turnê com os alemães do Kreator. Logo depois, a primeira baixa: Tommy saiu e foi substituído por Olly. Apontado como o melhor trabalho até então, Mad Butcher chegou às lojas em 1987. Após uma bem sucedida turnê pelos Estados Unidos e Europa, o grupo começou a mostrar sinais de problemas. O disco seguinte, Release From Agony, ousou ao acrescentar novas influências, o que deixou os fãs insatisfeitos. Apesar das críticas, os admiradores do grupo se acostumaram com o álbum e o consideram como um dos melhores na carreira do Destruction. O grupo ainda lançou um álbum ao vivo, Live Without Sense, gravado durante a turnê de Release From Agony.

Em 1989, Schmier decidiu sair da banda, e Mike resolveu continuar produzindo discos sob a alcunha de ´Neo-Destruction´. Para tal, foram chamados, inicialmente, o vocalista Andre Grieder (ex-Potergeist) e o baixista Christian Englefor. Posteriormente, Thomas Rosenmerkel assumiu os vocais e Michael Piranio juntou-se à banda como guitarrista. Durante o período, foram lançados três álbuns - dentre eles The Least Successful Cannonball -, os quais sequer são considerados como registros.

Por volta de 1999, Schmier achou que era uma boa hora para retornar ao Destruction e levou consigo o baterista Sven Vormann. Em 2000, saiu o tão aguardado disco com parte da formação antiga: All Hell Breaks Loose. O grupo estava oficialmente de volta ao posto de uma das melhores bandas de thrash metal com os álbuns seguintes: The Antichrist (2001) e Metal Discharge (2003).

Em 2005, os thrashers colocaram no mercado o excelente Inventor Of Evil, que foi bastante elogiado pelos fãs. O registro conta com participações de Biff Byford (Saxon), Doro Pesch, Shagrath (Dimmu Borgir), Björn ´Speed´ Strid (Soilwork), Paul Di´Anno, Messiah Marcolin (Candlemass), Mark Osegueda (Death Angel), Peter ´Peavy´ Wagner (Rage) e Peter Tägtgren (Hypocrisy, Pain). Todos os convidados aparecem na faixa ´The Alliance Of Hellhoundz´. Em 2008, foi lançado D.E.V.O.L.U.T.I.O.N, outro trabalho bastante aclamado. Em 2011, o trio liberou o álbum Day Of Reckoning e caiu na estrada pela Europa com a turnê Thrashfest Classics, ao lado de Sepultura, Exodus, Heathen e Mortal Sin.

Em 2012, o Destruction lançou Spiritual Genocide, via Nuclear Blast Records. O petardo traz um Destruction ainda capaz de escrever músicas de alta energia. A atual formação conta com Schmier (baixo e vocal), Mike Sifringer (guitarra) e Vaaver (bateria).

CARNIÇA

Foi sob as influências de Sepultura e Slayer que, em abril de 1991, surgiu o Carniça. Em 1999, a banda lançou seu primeiro CD independente, intitulado Rotten Flesh. Originalmente um quarteto, tornou-se um trio em janeiro de 2002 estabilizando permanentemente sua formação com Mauriano (baixo e vocais), Parahim (guitarra) e Marlo (bateria). Esse time de músicos inaugurou uma fase de mais agressividade sonora. Foi com ele que a banda conseguiu participar do álbum tributo à clássica banda alemã Running Wild com o cover da música ‘Mordor’. Com 12 anos de estrada, o Carniça encerrou suas atividades em 2003. Em 2008, a banda voltou novamente como um trio.

A nova fase trouxe releituras de músicas próprias e alguns covers de bandas como Slayer, além de novas composições presentes no CD Temple’s Fall... Time to Reborn, lançado em 2011. Na turnê de divulgação desse álbum, o trio visitou pela primeira vez a Argentina. O grupo também passou por Brasília, onde tocou ao lado do Ratos de Porão. A passagem pela Capital Federal serviu de inspiração para um álbum temático abordando a corrupção, assunto que é explorado em seu novo disco Nations of Few (2012). O show de lançamento desse trabalho ocorreu no dia 08 de dezembro, na cidade natal da banda, Novo Hamburgo (RS), tendo como convidado especial Claudio David - guitarrista da lendária banda mineira Overdose. O músico participa da faixa ‘Prayers Before the Death’, um dos destaques do álbum. Atualmente, o grupo concentra-se na divulgação de seu trabalho mais recente e no agendamento de shows.

Mais informações no site
http://www.myspace.com/carnicaband.

Onde:
Beco (Av. Independência, 936)

Quando:
27 de janeiro de 2013, domingo, às 21h

Cronograma
19h - abertura da casa
20h – Carniça
21h – Destruction

Ingressos:
Primeiro lote: R$ 70,00
Segundo lote: R$ 80,00
Terceiro lote: R$ 90,00

Pontos de venda:

Online
www.ticketbrasil.com.br (em até 12x no cartão)

Lojas
A Place (Centro Shopping - Rua Voluntários da Pátria, 294, loja 150)
Zeppelin (Galeria Luza - Rua Marechal Floriano, 185, loja 209)
Short Fuse (Galeria Malcom e Shopping Total)

Informações:
(51) 3026-3602


Tunecore
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Destruction: Ingressos já à venda na América Latina para Live Stream Attack 2021

Pabllo Vittar: de Death a Immortal, veja 8 camisetas de metal que a drag já usouPabllo Vittar
De Death a Immortal, veja 8 camisetas de metal que a drag já usou


Destruction: música, religião, sexo, Metal, downloads...Destruction
Música, religião, sexo, Metal, downloads...

Metal Heavy: 10 clássicos para entender o Thrash MetalMetal Heavy
10 clássicos para entender o Thrash Metal


Em vídeo: A diferença entre ser músico e ser rockstarEm vídeo
A diferença entre ser músico e ser rockstar

Slash: Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vícioSlash
Alucinações, sexo, dinheiro e armas de fogo no auge do vício


Sobre Rafael Bernardes

Skatista, pai de família e fã de rock! O skateboard veio primeiro, mas na ordem natural das coisas logo veio a música e hoje os dois tem papel vital na minha vida e da minha família. De muito tempo pra cá dou preferência ao mercado nacional, com ênfase ao Underground. Bandas favoritas: Viper, Korzus e Carniça.

Mais matérias de Rafael Bernardes no Whiplash.Net.