Anthrax: "meu coração não estava lá", diz Rob Caggiano

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Pro Sound News, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 30/01/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


1829 acessosManowar, Joan Jett e outros: gravando Rap antes do New Metal?5000 acessosDébil Metal: quando os fãs assustam os ídolos

O ex-guitarrista do ANTHRAX, Rob Caggiano, está lidando com uma grande mudança na carreira e parece estar bastante entusiasmado com o futuro. Caggiano contou ao Pro Sound News que ultimamente sua vontade de ter mais envolvimento criativo na música que ele está criando levou à sua partida.

Ele explica: “Se você me pedir para lhe dar a razão principal de eu ter decidido deixar o ANTHRAX, eu vou lhe dizer que eu simplesmente parti porque meu coração não estava mais lá. Sempre me diverti muito tocando com esses caras, e eles sempre serão uma família para mim, mas além dos meus solos de guitarra e do trabalho de produção, o ANTHRAX nunca foi um escape criativo para mim [musicalmente]. Isso não foi uma decisão minha, a propósito, é o modo que as coisas são.”

O guitarrista adiciona: “Eu acho que eu cheguei ao ponto onde comecei a me perguntar: ‘O que diabos eu estou fazendo? Eu sou um músico. Isto é quem eu sou. Ser criativo é alimento para minha alma. Por que estou devotando todo meu tempo e energia em uma banda onde ser criativo é impossível para mim?’ Simplesmente parou de fazer sentido há algum tempo e eu comecei a me sentir muito infeliz e insatisfeito. Eu comecei a sentir que eu estava fazendo tudo por fazer, e isto não é fazer música para mim.”

Nos anos mais recentes, Caggiano viu sua carreira de produção se expandir e ele está explorando isto a fundo também. O guitarrista, que está atualmente produzindo o novo álbum do VOLBEAT, disse: “Fazer discos é um grande trabalho, para ser honesto. Eu normalmente não consigo nem escutar um álbum em que trabalhei assim que ele está pronto. São os sorrisos e a animação das pessoas quando o escutam que faz tudo valer a pena para mim.”

Quanto a trabalhar como um músico de gravação e um artista de turnês, Caggiano diz: “Eu jamais vou abrir mão da minha guitarra. Eu não vou abrir mão de fazer turnês pelo menos por enquanto. Eu amo os palcos, eu amo as turnês. Isto está no meu sangue e isto é quem eu sou. Eu só precisava me afastar um pouco da máquina para reavaliar as cosias. Algumas vezes é bom fazer isto, e com as mudanças vem o crescimento. Eu tenho muito a dizer musicalmente. Eu estou pronto para gritar!”

Para ler a entrevista completa, em inglês, visite o Pro Sound News.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 30 de janeiro de 2013

Manowar, Joan Jett e outrosManowar, Joan Jett e outros
Gravando Rap antes do New Metal?

2065 acessosLoudwire: as 10 melhores bandas americanas de Metal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Anthrax"

Heavy MetalHeavy Metal
Quais as 10 melhores vozes da história?

Dan SpitzDan Spitz
"Ele tem 1,50 de altura e pesa 50 kgs" diz esposa

Judeus no MetalJudeus no Metal
Site elege Top 10 de músicos Judeus

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Anthrax"

Débil MetalDébil Metal
Quando os fãs assustam os ídolos

Capas de álbunsCapas de álbuns
A história das artes de alguns dos maiores clássicos

Zakk Wylde e Dave GrohlZakk Wylde e Dave Grohl
A treta por causa de canções para Ozzy

5000 acessosGibson: as dez melhores composições épicas do rock5000 acessosBlack Sabbath: Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"5000 acessosR.E.M.: banda é dona da faixa que mais faz o homem chorar5000 acessosAnette Olzon: "Às vezes é preciso ser malvada"5000 acessosPantera: ouça canção inédita de "Dimebag" Darrell5000 acessosDuff McKagan: questionando o "estilo de vida Rock and Roll"

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online