Black Sabbath: Geezer Butler fala sobre novo álbum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 25/01/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


0 acessosBlend Guitar: em vídeo, Top 10 Heavy Metal Bands5000 acessosGastão Moreira: A coleção do VJ, apresentador e jornalista musical

Frankie DiVita, personalidade na rádio Californiana 96.7 KCAl Rocks, conduziu uma entrevista com o baixista do BLACK SABBATH, Geezer Butler, durante os shows do NAMM (National Association Of Music Merchants) deste ano. Você pode ver o vídeo desta conversa, em inglês, mais abaixo. Seguem alguns trechos da conversa.

Sobre o tratamento de câncer do guitarrista do BLACK SABBATH, Tony Iommi:

Butler: “Tony está respondendo muito bem. Ele está fazendo seu tratamento há 14 meses já, e ele está respondendo bem a ele. Ele vai ficar bem. Você nunca pode parar Tony.”

Sobre o incidente com a casa de Ozzy Osbourne em Beverly Hills, que resultou em uma queimadura na mão de OZZY:

Butler: “Ele está bem. Ele queimou sua mão enquanto estava tentando apagar o fogo. Ela está imobilizada.” [nota do tradutor: com gesso ou algo do tipo]

Sobre o título do novo álbum do BLACK SABATH, “13”:

Butler: “Bem, este é meio que um nome temporário, para ter algo com o que pudéssemos nos referir ao álbum, e eu acho que ele meio que pegou, mas não sei se vai ser o título final ou não. [Foi nomeado assim principalmente por sair no ano de 2013] E no início nós iríamos colocar 13 faixas no álbum. Nós acabamos fazendo 16 faixas. Então não estou certo sobre o que vai no álbum e o que não vai.”

Sobre o processo de gravação para “13”:

Butler: “Esta é a primeira vez que fizemos algo sóbrios juntos. Nenhum de nós estava bebendo ou usando drogas ou algo do tipo, então foi bem mais profissional desta maneira, e nós mantínhamos o cronograma todos os dias. Nós entrávamos 1 e saíamos às 6 da tarde, só para manter tudo bem fresco. Cinco horas por dias.”

Sobre sua inspiração para o novo álbum do BLACK SABBATH:

Butler: “É mais ou menos o mesmo sentimento dos primeiros três álbuns – de volta às raízes. E as letras são muito... Elas são sobre a vida... vida e morte, destino e todo o resto. [...]”

Sobre os planos de turnê:

Butler: “Nós começamos na Nova Zelândia e na Austrália em Abril e aí vamos para o Japão. Fazemos a promoção do álbum em Junho e então Estados Unidos em Julho e Agosto. Então vamos para América do Sul e Europa... A jornada nos Estados Unidos vai ser restrita ao BLACK SABBATH. [não será relacionada ao Ozzfest].

Sobre ter Brad Wilk, do RAGE AGAINST THE MACHINE, tocando no novo disco do BLACK SABBATH:

Butler: “Foi ideia de Rick Rubin [produtor], porque ele queria ter... Ele não queria ter um típico baterista de heavy metal no álbum, porque não é um álbum de Heavy Metal, é mais pra Rock... Heavy Rock. E Rick Rubin sugeriu termos Brad ‘porque ele tem a pegada parecida com [o baterista original do BLACK SABBATH] Bill ward. Então nós tocamos com ele e tudo soou ótimo, então fomos com isso... É como voltar a forma que éramos nos anos 1970, assim que nos sentimos – algo parecido com um jazz ou blues nele. [...] Foi ótimo trabalhar com ele.”

Sobre quem será o baterista da turnê:

Butler: “Ainda não decidimos.”

O primeiro LP do BLACK SABBATH com OZZY OSBOURNE desde 1978 será lançado em junho pela Vertigo/Universal nos Estados Unidos e somente pela Vertigo no resto do mundo.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

InglaterraInglaterra
Político acusado de ser nazista por causa do Sabbath

0 acessosBlend Guitar: em vídeo, Top 10 Heavy Metal Bands1938 acessosZakk Sabbath: banda de Zakk Wylde lança EP em junho452 acessosArquivo KZG: Gastão Moreira entrevista o Black Sabbath em 1992596 acessosHeavy Lero: Black Sabbath na edição #100, por Gastão e Clemente0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Tony IommiTony Iommi
"Eu não faço música para ofender as pessoas"

Heavy MetalHeavy Metal
Dez discos essenciais dos anos setenta

Black SabbathBlack Sabbath
Não aprovamos as cruzes invertidas, diz Bill Ward

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 25 de janeiro de 2013

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

Collectors RoomCollectors Room
A coleção de Gastão Moreira, ex-VJ do programa Fúria Metal

BurzumBurzum
A polêmica história e filosofia de Varg Vikernes

Sua Banda Favorita Fez Merda?Sua Banda Favorita Fez Merda?
Deixe de ser otário e reconheça

5000 acessosOs Trapalhões: uma homenagem ao Heavy Metal em 19855000 acessosKiss: as 10 músicas mais "demoníacas" da banda5000 acessosSilas Malafaia: pastor manda um stage-dive no meio da plateia5000 acessosPara músicos: dicas para encarar o medo do palco5000 acessosSlayer: assassino do pai culpa a banda e assume morte de Jeff5000 acessosFutebol: conheça os times do coração de alguns rockstars

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online