Testament: músicas do Dark Roots Of Earth soam naturais ao vivo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Metal Assault, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 14/01/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Aniruddh “Andreu” Bansal, do Metal Assault, recentemente conduziu uma entrevista com o vocalista Chuck Billy do TESTAMENT. Alguns trechos desta conversa podem ser lidos abaixo.

418 acessosFrontiers Music: Projeto com Caffery, Owens, Di Giorgio e Zonder5000 acessosPain Of Salvation: Daniel Gildenlöw fala sobre os Mamonas Assassinas

Metal Assault: O que você está fazendo esses dias? Estou certo que você deve estar adorando esse pequeno descanso de todos os compromissos do TESTAMENT que você geralmente tem.

Chuck: “Sim, nós tivemos os feriados e o ano novo de folga e agora temos a turnê com o Overkill chegando em algumas semanas, então estamos só fazendo planejamentos e trabalhando em juntar um setlist para isso. Nós estamos tentando mudar o set, porque fizemos três pernas nos Estados Unidos com o ANTHRAX, então estamos colocando algumas novas músicas em nosso show e estamos nos focando nisso neste momento. Nós vamos fazer turnês nos próximos 5 ou 6 meses. Estamos tentando fazer tudo dar certo.”

Metal Assault: Desta vez a diferença, claro, é que vocês serão a banda principal. Como você disse, vocês fizeram várias viagens com o ANTHRAX, mas como co-principais. Os fãs do TESTAMENT estavam esperando há um bom tempo para ver a banda como o ato principal. Eu acho que a última vez que fizeram isso foi após o lançamento de “The Formation Of Damnation”, certo?

Chuck: “Sim, exatamente. Nós estamos bem felizes com isso e como eu disse, nós estamos trabalhando em novas músicas. A melhor parte de ser o evento principal, é que você tem controle sobre o que você toca e a quantidade de tempo que você pode tocar.”

Metal Assault: Então, após “Dark Roots Of Earth”, vocês fizeram a Terceira perna de turnê com o ANTHRAX. O que vocês acharam das novas músicas no palco, especialmente nos seus vocais?

Chuck: “As novas músicas funcionaram muito bem, na verdade. Normalmente quando nós fazemos um novo disco, nós normalmente colocamos só duas ou três músicas no set, mas assim que demos largada, nós colocamos 4 músicas deste novo disco. Nós realmente queríamos tocar 5, mas nós tínhamos algo em torno de 12 músicas para tocar nesta turnê, então claro que não faríamos tudo ser sobre o novo disco. As músicas do ‘Dark Roots Of Earth’ soam bem naturais ao vivo. Quero dizer, as vezes temos que trabalhar bem as novas músicas até que estejamos confortáveis, até sentir que as possuímos, quando estamos tocando-as com todo o resto do set. Mas essas saíram bem naturais e logo quando começamos a ensaiá-las nós ficamos tipo: ‘Oh, cara, essas vão ser divertidas de se tocar ao vivo’. Foi muito bom e estamos bem animados de tocá-las ao vivo.”

Metal Assault: Como você estava dizendo antes, vocês estão prontos para fazer uns 5 meses de turnê. É isso que vão fazer este ano? Somente viajar e promover o novo álbum em todos os lugares?

Chuck: “Sim, é somente isso por enquanto. Os dias de vender discos há muito já acabaram, e nós temos que cair na estrada para promover o disco. [...] Mas o disco teve uma resposta muito, muito boa ao redor do mundo, então estou certo que vamos tocar em vários lugares para promover o disco. Estamos conversando entre nós e já que o disco teve essas boas análises e coisas do tipo, seria legal montar alguns shows especiais ao redor do mundo para tocar o disco do começo ao fim, todas as músicas ao vivo. Seria uma boa divulgação, além de que todos iriam gostar bastante.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 14 de janeiro de 2013
Post de 15 de janeiro de 2013

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
7 guitarristas que quase entraram para a banda dele

418 acessosFrontiers Music: Projeto com Caffery, Owens, Di Giorgio e Zonder0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Testament"

TestamentTestament
Como era nos primórdios do thrash na Bay Area

Ronnie James DioRonnie James Dio
"Ele era humilde e a pessoa mais doce do mundo!"

TestamentTestament
Guitarrista relembra passagem na banda de Ozzy

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Testament"

Pain Of SalvationPain Of Salvation
Daniel Gildenlöw fala sobre os Mamonas Assassinas

Osama Bin LadenOsama Bin Laden
O que havia na sua coleção de cassetes?

MetromixMetromix
A lista dos vocalistas mais irritantes do rock

5000 acessosGibson: as dez melhores composições épicas do rock5000 acessosBlack Sabbath: Tony Iommi explica como tocar "Paranoid"5000 acessosR.E.M.: banda é dona da faixa que mais faz o homem chorar5000 acessosIron Maiden: Bruce e banda se emocionam em show na Suécia5000 acessosBlur: após cinco horas no palco, Damon Albarn é retirado por seguranças5000 acessosVamos admitir sem hipocrisia: não há banda nova que preste

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online