Nikki Sixx: fuzil AK-47 e jiboia são exigências para turnê

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 22/02/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


A mais tradicional revista – e única semanal do mundo – de metal do Reino Unido, a KERRANG!, conduziu recentemente uma entrevista com o baixista do MÖTLEY CRÜE, NIKKI SIXX, na qual ele compartilha como gasta seu dinheiro, suas exigências para camarins em shows, como é a dinâmica entre os membros de sua banda, e seus problemas com a lei.
3502 acessosMötley Crüe: Nikki Sixx anuncia aposentadoria5000 acessosChris Cornell: relatório policial descreve últimas horas e morte

O que segue abaixo é a tradução de alguns dos trechos da entrevista:

[…] Você já derramou sangue em nome do rock?

“Tantas vezes. No palco, eu já me cortei em coisas, caí de e em cima de coisas, e houve muitas mordidas humanas. O que posso dizer, o Mötley Crüe, costumava ter esse hábito de morder tudo, incluindo a nós mesmo. O lance de estar em uma gangue é que você se sente seguro,meio que numa matilha de cães, mas o Mötley sempre teve o costume de se voltar contra nós mesmos, mediante oportunidade.”

Qual o pior estado no qual você já deixou um quarto de hotel?

“Houve muitas TV jogadas pela janela, mas o maior estrago que já fizemos foi na verdade fora do hotel. Estávamos ficando em um hotel cinco estrelas em Paris, e chegamos muito tarde e tinha essas portas de vidro de 4 metros por 4, com essas enormes maçanetas de bronze trancadas. Vince [Neil] gritou, ‘Abre a porra da porta! ’ e as chutou – e o vidro inteiro se estilhaçou! Ele só ficou com uma maçaneta na mão dele! Ele foi direto até o balcão da recepção, colocou a maçaneta em cima, e disse, ‘Eu não tenho chave pro meu quarto’, como se nada tivesse ocorrido. Isso custou 24 mil dólares.”

Você já teve algum problema com a lei?

“Levando-se em conta o comportamento de nossa banda, tivemos muita sorte. Eu na maioria das vezes fui preso por coisas como passar do limite de velocidade, e algumas vezes por incitar um tumulto. Eu parei de beber e dirigir muito cedo, e eu nunca fui preso por drogas. Eu ainda fico impressionado que não tenhamos sido presos por isso porque nós CONTÁVAMOS PAPO sobre quanta cocaína e heroína e pílulas usávamos. Mas ninguém jamais se incomodou e bateu à porta.!” […]

[…] Qual a coisa mais extravagante que você já comprou?

“Carros esporte são minha fraqueza, e eu comprei uma Ferrari Testarossa por cerca de 250 mil dólares. Como foi isso? Nem um pouco ruim! A casa em que cresci em Idaho com meus avós custou 13 mil dólares. Quando você olha por esse ângulo, eu acho que é tipo, ‘o caipira se deu bem! ’” […]

[…] Qual sua exigência mais louca já feita pra um show?

“Quando eu parei de beber, minha lista de exigências ficou tão chata que eu tinha vergonha dela. Então, até hoje, ela inclui um fuzil de assalto AK-47 e uma jiboia constritora. De vez em quando um promotor com senso de humor aparece com um ou outro. Eu não os levo pra casa, mas é sempre divertido.” […]

Entrevista completa – em inglês – clicando aqui.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 22 de fevereiro de 2013

Mötley CrüeMötley Crüe
Nikki Sixx anuncia aposentadoria

1967 acessosMötley Crüe: John Corabi explica fiasco comercial do disco de 19940 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motley Crue"

Carreira soloCarreira solo
7 músicos que nunca lançaram projetos paralelos

Mötley CrüeMötley Crüe
"Ninguém consegue tocar como eu", diz Mick Mars

Sixx & McKaganSixx & McKagan
Nada podia deter o Guns N' Roses nos primórdios

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Motley Crue"

Chris CornellChris Cornell
Relatório policial descreve últimas horas e morte

Heavy MetalHeavy Metal
Pesquisa indica que gênero é apreciado por alunos brilhantes

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1981

5000 acessosCristina Scabbia: cantora fala sobre seus seios e Playboy5000 acessosOzzy Osbourne: comendo oferenda de macumba no Rock in Rio5000 acessosBlack Metal: o cotidiano fascinante dos fãs adolescentes5000 acessosSolos de guitarra: os 100 melhores segundo a Classic Rock Magazine5000 acessosRaul Seixas: contando sobre tortura durante a ditadura militar4520 acessosJoão Gordo: "Você não pode peidar na Olimpíada que te prendem"

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online